› 
Praia, quando posso levar o meu filho pela primeira vez?

Praia, quando posso levar o meu filho pela primeira vez?

Praia, quando posso levar o meu filho pela primeira vez?
comentarios0 comentarios
comparte

A partir de que idade é que um bebé pode ir à praia? O que tenho de levar? Como protejo o meu filho do sol? E se ele se perde no meio de tanta gente? O facto de serem pais acarta muitas dúvidas. Dessa forma, resolvemos ajudar os papás mais recentes.

Posso levar um recém-nascido à praia?

Se o seu filho tiver menos de 6 meses pode levá-lo à praia se o mantiver sempre na sombra, vestido e bem hidratado. Deve ter muito cuidado porque, embora o seu filho esteja à sombra, o reflexo do sol pode provocar queimaduras no bebé já que a sua pele é muito sensível.

Para evitar as horas de maior perigo solar, o melhor é ir à praia antes do meio-dia ou depois das 5 horas da tarde. Nunca nas horas centrais do dia, que é quando os raios solares mais queimam.

Vista a criança com uma roupa que a proteja do sol. Lembre-se que uma camisola branca de algodão tem um Factor de Protecção Ultravioleta entre 5 e 7, mas se se molhar o FPU baixa geralmente para menos de 3. Isto significa que se a sua pele normalmente começa a queimar em cinco minutos sem protecção, a pele debaixo de uma camisola branca começaria a queimar depois de 15 a 35 minutos debaixo do sol. E, inclusivo, se não se queima ao usar a camisola ainda corre o risco de sofrer danos.

A cor do tecido, a sua construção, o conteúdo de fibra, o tipo de tecido e factores como se o tecido foi especialmente concebido para proteger do sol servem para determinar o eficaz que é uma roupa ao bloquear os nocivos raios UV. As cores escuras funcionam melhor. Uma camisola de algodão verde, por exemplo, protege quase 50% mais que uma branca. No entanto, uma camisola de cor escura tem um FPU de apenas 10.

Por isso, são muitas as marcas têxteis que criaram uma linha especial de roupa de Verão feita com um tecido que protege dos raios de sol. Algumas têm mesmo um factor de protecção solar de 50. Este tecido dispersa os raios de sol de maneira a que não penetrem na matéria têxtil e, desta forma, a pele não entra em contacto com eles.

Depois de fazer 8 ou 10 meses a criança deve ir sempre protegida com um chapéu, roupa e creme e pode, inclusivo, experimentar a colocar-lhe os pezinhos na água, embora o mais provável é que a sensação de frio e as ondas ainda lhe provoquem medo e choro.

Já tem um ano …

A partir desta idade é quando as crianças começam a desfrutar verdadeiramente da praia. Tem que continuar a proteger o seu filho do sol de forma consciente, já que cerca de 80% da exposição solar que recebemos ao longo da nossa vida se produz nos primeiros 18 anos e os seus efeitos acumulam-se devido à memória solar da pele, o que pode gerar problemas na idade adulta.

No entanto, já pode passear com o seu filho à beira-mar, brincar com a areia, metê-lo na água … Verá como já adora chapinhar com os seus pais no meio das ondas. Outra coisa que as crianças adoram é jogar à bola na praia, fazer castelos …

Deve manter a criança sempre bem hidratada e, para isso, leve água e abundância e alimentos ricos em água, como a fruta. Não deixe que esteja muito tempo ao sol, mesmo que esteja bem protegido.

E se o meu filho se perde …

Durante a infância todos nós já nos perdemos pelo menos uma vez: no supermercado, na praia, na rua, … mas, felizmente, os nossos pais encontraram-nos rapidamente. Mesmo que seja apenas cinco minutos, para as crianças parece uma eternidade.

É quase impossível que não perca o seu filho de vista por breves momentos. Por isso, sempre que sair à rua ou a qualquer lugar público recorde a criança de que não se deve afastar de si. Insista na seguinte ideia “Se te vais embora, fico triste e não sei onde encontrar-te”.

Quando estiverem na praia mantenha o seu filho ocupado perto de si para que ele não tenha a tentação de se afastar. Leve brinquedos que mantenham a criança entretida (baldes, pás, etc.).

A melhor altura para ir com uma criança à praia é ao início da manhã ou ao fim da tarde. Nestas horas o sol é menos perigoso e pode desfrutar melhor da areia e da água. Para além disso, há menos gente na praia e, dessa forma, será mais difícil perder a criança de visão.

Vista o seu filho com roupas coloridas (fato-de-banho, chapéus, etc.) para que seja mais facilmente identificado no meio da multidão. As crianças devem andar sempre com um papel que diga o seu nome, a morada e o número de telefone. No entanto, como a praia é um sítio complicado para que uma criança tenha um papel consigo terá de optar por ensinar-lhe, muito bem, a dizer o seu nome completo.

Uma ideia útil pode ser ficar perto do posto de socorro ou colocar um balão preso ao chapéu-de-sol para que a criança possa vê-lo quando se afastar.

Como agir se o seu filho se perder?

Apesar de todos os esforços para impedir que uma criança se perca é normal que isso aconteça. Por vezes basta virar-se para tirar o creme da mala e quando se volta já a criança desapareceu. Por muito que procure imediatamente, o facto de a praia estar cheia de gente torna quase impossível encontrar uma criança que nem um metro mede. Nesse momento, por muito que custe, tente sempre manter a calma:

- Primeiro que tudo acalme-se. Depois vá ao posto de vigilância mais próximo e diga aos socorristas o que aconteceu. Eles irão encarregar-se de anunciar com um altifalante que uma criança está perdida.

- Coloque todas as pessoas que foram consigo à praia a procurar a criança. O mais provável é que ela esteja por perto pois, normalmente, quando as crianças percebem que estão perdidas ficam quietas e a chorar.

- Quando encontrar o seu filho não ralhe com ele porque ainda não tem consciência daquilo que fez. Pelo contrário reconforte a criança pois de certeza que passou um mau bocado.

- Já em casa, e mais tranquilos, explique-lhe que não deve afastar-se porque pode voltar a perder-se. Contudo, não lhe meta medo dizendo que alguém o pode levar. A criança ainda é muito pequena e necessita de confiar nos adultos para que se sinta segura e feliz.

O que levar?

- Protector solar (de factor alto, especial para crianças)

- Fraldas

- Toalhitas húmidas

- Creme hidratante

- Roupa para trocar

- Chapéu

- Água

- Chucha

- Brinquedos próprios para usar na praia (balde, pá, moldes, etc.)

- Comida (biberão de leite ou fruta se já for mais crescido)

- Uma pequena piscina de encher

- Toalha

- Cama de viagem para que possa descansar

Depois de ler este texto, outras pessoas leram:

  • ¿Cuándo puede salir el bebé recién nacido de paseo?

    Quando pode sair o bebê recém-nascido de caminhada?

    Depois de 5 ou 7 dias, você pode passear o bebê. Embora sejam curtos períodos de tempo. (recem nascido pode ir a praia)

  • ¡Sólo quiere que le coja en brazos!

    O meu filho só quer que o pegue ao colo!

    Quando deixa o seu filho na cama ou no parque ele começa a chorar? Nem sequer consegue fazer as camas sem que ele chore e chame pela sua atenção? Existem muitas crianças... (com quantos meses posso levar meu bebe a praia)

  • ¿Cómo cambiarle el pañal?

    Como trocar a fralda a um bebé?

    Os recém-nascidos precisam que lhes troquem a fralda frequentemente. O número de vezes depende da criança, mas deve estar atenta para mudar a fralda ao seu filho sempre que este esteja molhado ou sujo.... (bébés e a praia)

0 Comentarios

Anônimo
Entrar na sua conta ou registre-se para comentar este artigo.