› 
Cor dos olhos dos bebés, saiba quais os factores que influênciam!

Cor dos olhos dos bebés, saiba quais os factores que influênciam!

Cor dos olhos dos bebés, saiba quais os factores que influênciam!
comentarios0 comentarios
comparte
Muitos pais desejam que os seus filhos nasçam com os olhos azuis ou verdes. A verdade é apesar de muitas crianças nascerem mesmo com uma cor azul acinzentada indefinida, nem todas a conservam ao crescer. De que depende a cor dos olhos de uma pessoa? O meu filho pode ter os olhos claros e os meus são castanhos?
 
Do que depende?
 
A cor dos olhos varia de pessoa para pessoa. Isto obedece à informação genética que os pais e os avós transmitem através dos cromossomas 15 1 19. Dessa forma, a cor dos olhos é um traço poligénico que está determinado pela quantidade e pelo tipo de pigmentos presentes na íris dos olhos.
 
Embora normalmente se fale apenas de três tipos de cor (Castanho, verde e azul), os humanos têm muitas variações fenotípicas na cor dos olhos. É um processo complexo no qual intervêm vários genes no resultado final e, dessa forma, temos casos como olhos violeta ou pessoas com um olho de cada cor.
 
Para que se dê uma cor pura todos os genes têm que ser iguais. Se assim não for aparecerá uma cor mista. Para além disso, há que ter em conta que a cor castanha é dominante sobre o verde ou o azul, por isso em países como Portugal a maioria das crianças nascem com os olhos escuros.
Entre um pai de olhos castanhos e uma com olhos verdes, é muito pouco provável uma cor mista porque a cor castanha aporta uma grande quantidade de melanina e a verde muito pouca (apenas cerca de 2% da população mundial tem os olhos verdes). A quantidade maior de melanina é a que, no final, determina a cor dos olhos.
 
E o que é a melanina? É a molécula do pigmento castanho ou preto que dá cor à pele, ao cabelo e aos olhos. É uma proteína e o seu tipo e quantidade estão codificados nos nossos genes. A cor do olho depende, dessa forma,   da transparência do estroma da íris e da quantidade de pigmento que contém. A íris é a parte colorida do olho que controla a quantidade de luz que entra no mesmo. As íris que contêm muita melanina são as castanhas ou pretas. Menos melanina dá lugar a íris azuis, verdes, cinzentas e de cor castanha clara.
 
Tipos de olhos
 
Olhos Castanhos: Contêm grandes quantidades de melanina dentro da íris que servem para absorver a luz. Uma pessoa com os olhos castanhos tem pelo menos um alelo castanho no cromossoma 15 (alelos azuis e castanhos) e pode ter qualquer combinação no 19 (alelos azuis e verdes). A maioria dos habitantes originais da África, Ásia e América tem olhos castanhos. Esta cor também se encontra com frequência na Europa, Oceânia e América do Norte, embora destro das populações europeias são sejam predominantes na mesma extensão. Nesta população os olhos castanhos são vinculados geneticamente ao cabelo castanho ou preto. Considera-se os olhos castanhos os mais dominantes de mundo inteiro.
 
Olhos azuis: Uma pessoa com os olhos azuis tem o par aa em ambos os cromossomas (o 15 e o 19). Os olhos azuis são relativamente comuns em muitas zonas da Europa e fora deste continente em áreas com populações de ascendência europeia, como o Canadá, Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia. No resto do mundo são raros, a população mundial com olhos azuis não supera os 150 milhões. Os olhos azuis contêm baixas quantidades de melanina dentro da íris. Esta cor apareceu por uma mutação genética de um só indivíduo à cerca de seis mil anos.
 
Os países nórdicos contam com uma grande percentagem dos olhos azuis, cerca de 80% na Suécia, Finlândia ou Dinamarca. As ilhas britânicas também contam com altas percentagens de olhos azuis, cerca de 50% no Reino Unido e 60% na Irlanda. Na França cerca de 40%, enquanto na Espanha, nos Balcãs e no norte da Itália a percentagem é de 20%. Na Rússia, Alemanha, França, Holanda e outros países do centro e este da Europa, como a República Checa, Eslováquia, Estónia, Letónia e Lituânia, os olhos azuis estão presentes em grande parte da população. As pessoas com este tipo de cor estão mais propensas a contraírem doenças oftalmológicas.
 
Olhos verdes: São o produto de moderadas quantidades de melanina, pode produzir-se pela mistura de melanina dos pais se um possuir olhos azuis e o outro castanhos ou cor de avelã. Uma pessoa com olhos verdes tem o par aa no cromossoma 15 (alelos castanho e azul) e pode ter qualquer combinação no 19 (alelos azul e verde) que inclua pelo menos um alelo verde.
 
Na Europa estão presentes em menor quantidade que os azuis e castanhos, excepto na Hungria onde os olhos verdes formam cerca de 20% da população devido à raça ugrofinesa (89,9%) e alemã (2,6%) na população. São mais comuns em pessoas com raízes europeias e célticas irlandesas (geralmente ligados a um cabelo ruivo arenoso), germânicas (geralmente ligados a um cabelo ruivo dourado), eslavas (geralmente ligados a um cabelo loiro) e mediterrâneas atlânticas (geralmente ligados a um cabelo entre ruivo e castanho). Aparecem, em menor quantidade, em vários países da Europa do Sul (Portugal, Grécia, Itália, Espanha e sul de França). Com menos frequência todavia é possível encontrar olhos verdes em populações do Afeganistão e Irão e em algumas áreas do Médio Oriente, principalmente Israel e Líbano.
 
Olhos cor de mel ou avelã: Descreve olhos que contêm elementos de olhos verdes, acinzentados e castanhos-claros, algumas vezes passando do verde ao castanho cinza à volta da pupila em cores bem definidas. Não devem confundir-se com aqueles que mostram um claro anel de cor castanha, amarelo ou cobre à volta da pupila, conhecidos como castanhos-claros.
 
Normalmente são encontrados em países europeus como a Roménia, França, Espanha, Suíça, Itália, Eslovénia, Canadá e Estados Unidos, entre outros. Também se encontram presentes, embora em menor quantidade, em algumas áreas do Médio Oriente, norte de África e América Latina, com uma certa frequência em países como a Argentina, Uruguai, Chile e Brasil.
 
Olhos cinzentos: Contêm a menor quantidade de melanina que qualquer outro tipo. Um exemplo de olhos cinzentos pode ser o caso de uma pessoa albina. OCA1A é a forma mais complexa do albinismo e a maioria dos que pertencem a este grupo têm olhos cinzentos, enquanto o grupo OCA1B (a forma seguinte menos severa) tem olhos azuis-claros. Este tipo de olhos apresenta uma menor percentagem de amarelo e castanho na íris, estas cores misturadas são as que dão como resultado os olhos verdes ou azuis. São comuns na Rússia Europeia, Escandinávia e nos países bálticos.
 
Olhos pretos: São muito pouco frequentes já que surgem por uma anomalia chamada anirídica (uma doença que provoca a ausência total da íris). Não devem confundir-se com os olhos castanhos-escuros.
 
Olhos de várias cores: Surgem por diferenças acusadas de melanina em determinadas zonas da íris. Apresenta assim um aspecto heterogéneo no qual se vêem cores por separado sem se misturarem entre elas.
 
Olhos vermelhos: Os olhos de uma pessoa com albinismo podem aparecer de cor vermelha perante certas condições de iluminação devido à muita pequena quantidade de melanina. Verdadeiros olhos vermelhos também existem em populações albinas, mas são extremamente raros.
 
Olhos violeta: O aparecimento de olhos cor violeta deve-se à combinação de iluminações vermelhas e azuis. Os olhos violeta são uma forma de olhos azuis. Alguns albinos têm olhos que parecem violeta.
 
Quando é que a cor dos olhos é definitiva?
 
Muitos bebés nascem com os olhos claros, de uma cor não definida que tanto parece azul como cinzento. No entanto esta cor pode não ser a definitiva. Muitos recém-nascidos têm os olhos azuis porque a melanina não se depositou por completo na íris ou porque não escureceu pela exposição à luz ultravioleta.
 
Pensa-se que a exposição ao sol depois do nascimento activa a produção de melanina na íris do olho. Até aos 3 anos de idade os olhos produzem e guardam bastante melanina para modificarem a sua cor inicial. As alterações na cor dos olhos das crianças são comuns. Esta alteração pode mesmo produzir-se nos adultos como resultado da exposição reiterada ao sol, visto que a luz do sol activa a produção de melanina no olho (como faz com a pele).
 
A cor definitiva pode formar-se por volta dos 6 meses, embora se determine melhor aos 12 meses de idade. Aos 6 meses já se tem uma ideia melhor da cor definitiva porque a pigmentação começa a formar-se e aparecem mais bebés com olhos castanhos ou mais escuros. Algumas pessoas chegam mesmo a sofrer alterações na idade adulta. Quando os olhos são escuros desde os primeiros meses a cor é definitiva, já os de cor clara podem persistir ou alterar-se.
 
Sabia que...?
 
- A cor mais comum é o castanho e, em menor quantidade,  o verde. De facto, menos de 2% da população têm os olhos verdes. A Turquia é o país com maior percentagem de população com olhos verdes, cerca de 20%. Por outro lado, existem países na Ásia e no Sul da América onde não há sequer uma pessoa com este tipo de cor nos olhos.
 
- Há pessoas que têm um olho de cada cor. Esta raridade chama-se Heterocromia Iridium e pode ser congénita ou adquirida. No primeiro caso aparece desde o nascimento e pode estar associada a uma doença congénita estranha (como o Síndrome de Claude-Bernard-Horne ou o Síndrome de Warrdenburg), ser hereditária ou aparecer por uma alteração na expressão dos genes involucrados na cor dos olhos. Se for adquirida pode aparecer como resultado de uma pancada forte no olho, um melanoma, um colírio ou alguma outra doença.
 
- O exemplo mais famoso de heterocromia adquirida é o do cantor David Bowie que tem o olho esquerdo castanho esverdeado e o direito azul. Bowie nasceu com ambos os olhos azuis mas numa briga no recreio da escola um aluno cravou-lhe um bússola no olho. Trata-se de uma heterocromia por depósito de ferro secundária a um traumatismo.
 
Se que saber de que cor o seu filho pode vir a ter os olhos entre em www.todopapas.com/calculadoras e averigúe.

Depois de ler este texto, outras pessoas leram:

  • Fiebre en bebés, ¿Como tratarla?

    Febre em bebês, como tratá-la?

    Ao contrário do quevocê poderia acreditar, a febre não é algo negativo, não é uma doença em si, mas um sintoma que acompanha muitas doenças. É um sistema de defesa, através da qual o corpo tenta alcançar... (cor dos olhos do bebe)

  • secciones salud bebé Las infecciones respiratorias se han triplicado respecto al pasado año.

    O frio aumenta os casos de bronquiolites nas urgências

    As infecções respiratórias têm aumentado cada vez mais. De acordo com os serviços de saúde nacionais, as bronquiolites aumentaram consideravelmente nos últimos... (cor olhos bebe)

  • secciones salud bebe La congestión nasal es muy frecuente en los niños y, aunque las mucosidades no representan ningún riesgo para su salud (al contrario, ayudan a combatir las infecciones)

    Mãma tenho mucosidades

    O congestionamento nasal é muito frequente nas crianças e, embora as mucosidades não representem nenhum risco para a sua saúde (bem pelo contrário, ajudam a combater... (cor dos olhos bebe)

0 Comentarios

Anônimo
Entrar na sua conta ou registre-se para comentar este artigo.