› 
Hipotermia nas crianças: causas, sintomas e tratamento

Hipotermia nas crianças: causas, sintomas e tratamento

Hipotermia nas crianças: causas, sintomas e tratamento
comentarios0 comentarios
comparte

Os banhos em água fria ou a exposição a temperaturas baixas sem o adequado abrigo podem provocar hipotermia nos nossos filhos. Nestes casos devemos recorrer ao termómetro para o seu diagnóstico e seguir simples regras de actuação até à avaliação de um pediatra.

A hipotermia é a descida da temperatura corporal abaixo dos limites normais, ou seja, abaixo dos 35 graus. Pode ser consequência da exposição a temperaturas frias durante um tempo prolongado, quer seja na água, num ambiente frio, etc.

Tremores, libertação de hormonas para gerar calor … são mecanismos do sistema de defesa do organismo para impedir mais perda de temperatura.

Os mais propensos a padecer deste problema são os bebés, pois a capacidade do seu organismo para regular a temperatura ainda não está totalmente desenvolvida.

No caso das crianças, em algumas ocasiões, são os próprios pais ou mães que lhes provocam a hipotermia. Muitos são os que, de forma errónea, quando o pequeno tem febre tratam de baixar-lhes a temperatura expondo as crianças a focos de ar intensos ou dando-lhes um banho de água fria. Nestes casos, a criança pode chegar a sofrer um choque por termo regulação – alteração brusca de temperatura.

Como detectá-la?

Os sintomas da hipotermia podem ser muito variados segundo a gravidade. Tremores, extremidades frias, respiração e pulso lentos, dificuldade de atenção, rigidez muscular, confusão, sonolência … podem ser os mais habituais.

Nos bebés temos que centrar a nossa atenção na pele para ver se esta está fria, se estão mais calados ou menos atentos ou se lhes falta o apetite.

Como preveni-la?

Temos de evitar ambientes frios. Se isto não é possível, devemos abrigar bem a criança, com várias capas finas de roupa não demasiado justa, já que pode impedir a circulação. É muito importante cobrir a cabeça do bebé – cerca de 20% da temperatura corporal pode perder-se por esta parte do corpo.

Também devemos lembrar-nos de que as crianças comem e bebem regularmente, já que a ingestão de alimentos e líquidos lhes proporcionará energia mantendo-os quentes.

O que devemos fazer se isto acontecer?

Se suspeitar de hipotermia no seu filho, deve tirar-lhe a temperatura com precisão em intervalos frequentes.

Esta medição deve ser realizada no recto ou na axila. A temperatura axilar é pouco fiável, já que o valor registado dependerá da humidade da pele, do tempo da toma da temperatura, etc. Para além disso, temos de ter em conta que existem crianças com temperaturas axilares abaixo dos 36 graus, consideradas hipotermias fisiológicas.

Outra nota importante a ter em conta é que as crianças não têm a mesma temperatura nas 24 horas do dia, pelo que deve registar as temperaturas máximas durante o dia e as mínimas durante a noite.

Não obstante, toda a temperatura registada abaixo dos 35 graus deve ser avaliada por um médico. Até que isso aconteça devemos:

- Aumentar a temperatura corporal da criança começando pela parte central do corpo (peito, cara, pescoço, etc.). Para isso utilize mantas ou roupas quentes. Em último caso utilize o seu próprio corpo para aquecer a criança.

- Se a hipotermia é devido à imersão em água fria, retire imediatamente a criança da água e envolva-a em toalhas ou roupas quentes.

- Mantenha quente a temperatura da habitação onde a criança está.

- Se está consciente, dê-lhe doces e bebidas quentes, evitando a cafeína, já que o seu poder diurético contribuirá para a perda de líquidos.

Depois de ler este texto, outras pessoas leram:

  • ¿Qué hacer cuando un niño se traga una moneda?

    Que fazer quando uma criança engole uma moeda?

    Moedas são os objetos ingeridos por crianças de 1 a 3 anos com mais frequência. Guiados por sua curiosidade ou pelo reflexo de colocar tudo na boca, é comum que elas engulam moedas ou outros corpos... (hipotermia em crianças)

0 Comentarios

Anônimo
Entrar na sua conta ou registre-se para comentar este artigo.