Desenvolvimento da gravidez a partir do primeiro mês – Parte I

Desenvolvimento da gravidez a partir do primeiro mês – Parte I

Comentarios0 comentarios
Comparte
Desenvolvimento da gravidez a partir do primeiro mês – Parte I

A partir do momento em que fica grávida, o seu corpo começa a passar por uma imensidão de mudanças físicas e psicológicas. Em simultâneo, o seu bebé desenvolve-se dentro de si preparando-se para vir ao mundo. Conhecer todas estas mudanças ajuda a aproveitar mais este período da sua vida e a ter uma gravidez o melhor possível

 

Primeiro trimestre de gravidez
O médico confirmou a feliz notícia: está à espera de um bebé! A partir da segunda semana de gravidez começa a notar mudanças no seu corpo: um dos primeiros sintomas é o aumento do peito, que costuma inchar como nos dias prévios à menstruação e, em muitos casos, torna-se muito sensível. É muito importante mudar o tamanho de sutiã de acordo com o que necessite, para que a pele mantenha a sua elasticidade. Também a sensação de cansaço aparece nas primeiras semanas de gravidez.
As náuseas costumam aparecer no segundo mês e desaparecem ao chegar ao segundo trimestre. Outro dos sintomas deste período é a hipersensibilidade e a irracionalidade, motivadas pela alteração de harmónios que se sofre na gravidez.
Ao começar o terceiro mês, algumas grávidas têm mais dificuldade em abotoar as calças mas, a maioria já engordou 3 ou 4 quilos. Pouco a pouco, as náuseas e as tonturas vão desaparecendo, bem como a vontade típica e quase permanente dos 2 primeiros meses de gravidez, de fazer xixi
O coração do seu bebé já bate ao finalizar o primeiro mês de gestação, e isto que apenas mede 1,5 mm. Ao finalizar o segundo mês mede uns 3 cm e pesa 3 gramas. Apesar de ser tão pequenino, a maioria dos seus órgãos já estão praticamente formados, a cabeça ainda é muito comprida em proporção ao corpo.
No terceiro mês, o coração do seu bebé já bate a um ritmo bem diferente do seu e, mesmo que não note, ele começa a mover-se de um lado para o outro: braços, pernas, cabeça… Inclusive às vezes tem soluços! Os seus músculos vão crescendo e tornando-se mais fortes. As células do seu cérebro multiplicam-se dia após dia; o seu nariz e o seu queixo vão ganhando forma e os olhos, estão já no seu lugar definitivo… Abre e fecha as mãos, os seus dedinhos estão definidos e visíveis e a boca começa a sugar líquido amniótico, rico em minerais. Entre a semana 11º e 12º, passa de embrião a feto. Alguns órgãos, como o pâncreas e o fígado, começam a desempenhar as suas funções.
Segundo trimestre de gravidez

Este é o melhor trimestre da gravidez: os primeiros mal-estares já passaram e ainda não engordou o suficiente para ter dificuldades em mover-se. Tente fazer exercício para manter-se em forma: nadar, passear, fazer yoga… exercícios adequados ao seu estado. A partir da semana 17º já notará os movimentos do bebé.
A partir do 6º mês o seu volume sanguíneo aumentou 40% para poder alimentar o feto através da placenta, a tiróide está mais activa, o que aumenta a sua temperatura corporal e os níveis de suor. Além disso, o peso da sua barriga faz com que se incline para trás, por isso para evitar dores lombares, tenha especial cuidado ao sentar-se. A partir deste mês pode ser que lhe saiam pequenas manchas escuras na pele da cara. Estes problemas são causados pelas mudanças hormonais.
Dentro de si, o bebé cresce e desenvolve-se muito depressa. A sua cara vai ganhando expressão e inclusive começa a fazer caretas, que são apenas um movimento muscular e não têm nada que ver com o seu estado de ânimo. Ao terminar o 4º mês mede 19 cm, pesa uns 200 gamas e a sua pele é praticamente da cor com que nascerá. Durante a semana 18º nascem as unhas e as impressões digitais definem-se. Ao final do 5º mês mede 26 cm de comprimento e pesa 500 gramas.
Em torno da semana 20º o ginecologista realizará a segunda ecografia e já vos poderá dizer o sexo do bebé. Será o momento de começar a pensar em nomes. Durante a semana 24º, os pulmões do bebé estão a preparar-se para respirar, os seus lábios e os nervos da boca estão cada vez mais capacitados para sugar o leite do seu peito, de facto: não pára de treinar chupando o dedito! A sua pele torna-se cada vez mais gorda e rosada, os seus olhos já têm pestanas… como vê, já é uma pessoa pequenina.
O mais significativo durante este segundo trimestre de gravidez é o desenvolvimento dos sentidos do bebé; a vista, o gosto e inclusive o ouvido. No final do 6º mês, o bebé mede, em média, uns 33 cm e pesa uns 870 gramas.

 

0 Comentarios

Anônimo
Entrar na sua conta ou registre-se para comentar este artigo.

Ingresa con tu cuenta de TodoPapás

Recordar Contra-senha

Inscrever-se em TodoPapás

¿Te has registrado anteriormente?
Ingresa con tu cuenta