Daniel Nesquens - Escritor de contos infantis

Daniel Nesquens - Escritor de contos infantis

Comentarios0 comentarios
Comparte
Daniel Nesquens - Escritor de contos infantis

Escritor de muitos livros infantis, mas acima de tudo um escritor humorista. As suas raízes estão baseadas no humor defendido por Enrique Jardiel Poncela, Miguel Mihuro, Tono, os irmãos Marx, Chaplin e Woody Allen. Começou a publicar na revista “Cuadernos de humor” e colabora com “La Codorniz”, “Sapoconcho”, “Pienso Compuesto”, “El Cochinillo feroz” e “Tridente”. Os seus últimos livros publicados são “Marcos Mostaza uno” e “Marcos Mostaza dos”, duas histórias sobre um menino bastante normal com uma família normal.

“Quantas menos palavras têm as histórias, mais difíceis são de escrever”

TodoPapas: Como é que começou a escrever livros infantis?

Daniel Nesquens: Primeiro aprendi a escrever vogais, mais tarde consoantes. Depois só foi preciso ter muita paciência.

TPP: Já escreveu livros para crianças muito pequenas e também para os mais crescidos. Quais são os mais difíceis de escrever?

DN: Quantas menos palavras têm as histórias, mais difíceis são de escrever.

TPP: Como é que se consegue captar a atenção de uma criança através de um livro? Que elementos deve conter o livro?

DN: Um livro deve conter uma história e algumas ilustrações próximas ao leitor. E para captar a atenção de uma criança deve ter algo dentro dela que incentive a passar de página.

TPP: De todos os livros que já escreveu, qual é o seu favorito?

DN: “Kangu va de excursión”.

TPP: E a sua personagem preferida?

DN: Kangu, embora não vá de excursão.

TPP: Nesta época em que parece que as crianças cada vez leem menos, como é que se consegue gostem da leitura? Que conselhos daria a uma mãe desesperada para que o seu filho leia?

DN: O gosto pela leitura consegue-se com boas histórias. Aos pais desesperados, recomendo-lhes um fim-de-semana em “Sos del Rey Católico”. Um povo muito bonito.

TPP: Muitos dos seus livros têm como protagonistas animais, acredita que os animais interessam mais às crianças nesta idade?

DN: Sim, os animais fazem parte de um universo muito próximo. Para além disso não têm copyright na hora de criar uma história.

TPP: As ilustrações dos seus livros também têm uma especial importância, sobretudo porque alguns dos seus leitores ainda não sabem ler …

DN: Sobretudo porque o livro lhes entra pelos olhos. O importante é que existem melhores ilustradores que escritores de livros infantis e juvenis.

TPP: Os seus últimos livros publicados (“Marcos Mostaza uno” e “Marcos Mostaza dos”) são dirigidos a crianças entre os 8 e os 10 anos. O que é que nos pode contar sobre Marcos Mostaza?

DN: Que é uma criança bastante normal com uma família normal, com uns amigos normais, com uma vida normal. Tudo muito normal. Excepto os livros, que são extraordinários. Até parece mal ser eu a dizer isto, mas…

TPP: Até ao momento já escreveu dois livros sobre esta personagem. Pensa continuar?

DN: A editora Anaya quer que eu escreva mais um livro. Mais dois, mais três, mais quatro, mais cinco, mais seis …

TPP: Quais são os seus próximos projectos?

DN: Esta tarde fique com a minha amiga Ana. Conhecem-na? Faz uma tarte de maçã fantástica. As maçãs são de uma macieira que tem no jardim. No jardim também tem um par de moscas. No entanto não coloca as moscas no forno.

Alguns livros de Daniel Nesquens

“Después de merendar”: Ricardo quer conduzir vir um dia a conduzir um carro, como a mamã e o papá, para viajar até à Lua. A sua mãe diz-lhe: “A Lua fica muito longe”. No entanto para Ricardo as distâncias não importam, tem um capacete, um carro e, depois de jantar, tudo é possível.

“Kangu va de excursión”: Kangu, o canguru quer ir numa excursão e prepara cuidadosamente tudo o que é necessário: uma sandes, um copo, um livro de histórias, um rádio … mas parece que falta alguma coisa … e convida a sua amiga tartaruga para lhe fazer companhia.

“Mermelada de fresa”: Todos os ratos gostam de queijo, menos o Papas Fritas que partilha grandes bocados com o seu dono e tem um gosto especial. Prefere marmelada de fresa, que reconhece mesmo antes do frasco estar aberto.

“Una nube”: Uma gota de água cai de uma nuvem e assusta um cão, que assusta um gato, que assusta um rato … e tudo por causa de uma gota.

“Marcos Mostaza uno”: Marcos Mostaza tem quase dez anos e com ele vamos partilhar aventuras, ilusões, amores, fantasias e segredos. Histórias da vida quotidiana envoltas de humor, contadas através do olhar de uma criança com a qual o leitor se identificará. Sem dúvida Marcos Mostaza, a sua família, os amigos e os seus colegas de aula farão com que passemos um bom bocado.

“Marcos Mostaza dos”: Marcos Mostaza e os seus amigos têm que tomar uma decisão muito importante: precisam de uma prenda especial para Lorena, uma colega da sala de aula. Para além disso, o avô de Marcos volta a estar em apuros, desta vez com fantasmas.

0 Comentarios

Anônimo
Entrar na sua conta ou registre-se para comentar este artigo.

Ingresa con tu cuenta de TodoPapás

Recordar Contra-senha

Inscrever-se em TodoPapás

¿Te has registrado anteriormente?
Ingresa con tu cuenta