• Buscar
Publicidad

Com que idade pode um bebé comer carne de porco?

Com que idade pode um bebé comer carne de porco?

A carne de porco é uma carne branca, mas com mais gordura do que outras carnes como o frango, o peru ou o coelho, pelo que se recomenda introduzi-la na dieta do bebé um pouco mais tarde para que possa ser melhor diegerida pela criança.

Publicidade

Índice

 

Com que idade pode um bebé começar a comer carne de porco?

A dieta de um bebé até aos 6 meses de idade baseia-se unicamente no leite, seja leite materno ou de fórmula. No entanto, nesta idade, o leite já não satisfaz todas as necessidades nutricionais de um bebé, especialmente no que diz respeito ao ferro. E, além disso, o bebé já está preparado para digerir e consumir outros alimentos, e é por isso que começa a alimentação complementar.

A Associação Espanhola de Pediatria recomenda começar com a introdução gradual dos principais alimentos, deixando sempre pelo menos 3 dias entre cada um para verificar a existência de quaisquer alergias ou intolerâncias.

Embora se possa começar com qualquer grupo, é habitual começar com cereais (arroz e milho) sem glúten, frutas e legumes, evitando vegetais de folhas verdes que contêm muitos nitritos.

Depois disso, é geralmente oferecido ao bebé cereais com glúten e carnes brancas, começando com frango, peru e coelho. A carne de porco será introduzida um pouco mais tarde, de preferência com as partes do porco baixas em gordura. Não há nenhuma recomendação específica de idade, embora seja normalmente entre os 8 e 9 meses.

Finalmente, a carne vermelha, como a carne de vaca, não é recomendada até aos 12 meses de idade.

 

A carne de porco é mesmo carne branca?

Ao contrário das carnes vermelhas, como a carne de vaca, a carne de porco é constituída principalmente por fibras brancas, razão pela qual é agrupada como carne branca. As suas fibras têm menos gordura, embora seja verdade que são mais gordas do que as de outras carnes brancas, como o frango ou o peru.

Cerca de 70% da gordura é subcutânea, pelo que pode ser facilmente extraída. Além disso, existem partes da carne de porco, como o lombo, em que o teor de gordura é inferior a 2%. É por isso que pode ser introduzido na dieta do bebé antes da carne vermelha.

 

Vantagens da carne de porco

A carne de porco é rica em vitamina B, uma vitamina essencial que ajuda o metabolismo energético e está envolvida no funcionamento do sistema nervoso. Contém especialmente vitamina B12, de facto, a necessidade diária de vitamina B12 é coberta com uma única porção de carne de porco. É também rica em vitamina B1 ou tiamina, o que contribui para o crescimento e desenvolvimento da pele e em vitamina D.

Além disso, é uma fonte de proteínas e minerais essenciais como o cálcio (que ajuda ao desenvolvimento ósseo), ferro, potássio, zinco, fósforo e magnésio.

Contém ácidos gordos saturados, mas a sua proporção de ácidos gordos monoinsaturados (boa gordura) é superior à de outras carnes.

 

Como preparar carne de porco?

Dependendo do corte de carne escolhido, terá mais ou menos gordura. É por isso que, no caso de comida para bebé, só devem ser consumidas as partes magras, como o lombo ou o lombinho.  Por outro lado, é melhor não lhes oferecer partes com mais gordura, tais como costeletas ou bacon, até mais tarde. Nem embutidos ou charcutaria porque são ricos em gordura, sal e conservantes.

O lombo de porco marinado contém orégãos, alho, colorau e outras especiarias, bem como sal, pelo que é melhor não o oferecer até mais tarde, a menos que a marinada seja caseira e sem sal.

É aconselhável escolher peças da parte de trás do porco, uma vez que estas contêm proteínas de melhor qualidade.

Além disso, pode cozinhá-lo grelhado, assado ou cozido, evitando que seja panado e frito até mais tarde.

Pode cozinhar cerca de 20 gramas e começar com puré de batata ou, se não lhe der purés, corte pequenas tiras para que chupe e possa mastigar.

Com o passar dos meses, pode introduzir mais partes da carne de porco e fazer pratos mais elaborados.

Lembre-se que a carne de porco é muito saudável e pode ser consumida cerca de duas vezes por semana, de preferência escolhendo as partes menos gordas e preparando-a cozida, fervida, assada, grelhada, etc. 

E, para que a dieta do seu bebé seja saudável, deve tentar assegurar uma dieta equilibrada com 5 porções por dia de fruta e vegetais, cereais, peixe e ovos. Evite sal, açúcar e gorduras saturadas e certifique-se de que o seu filho se habitua a comer tudo desde cedo e a fazer exercício todos os dias, quer se trate de actividades dirigidas ou sair para o parque para brincar e correr.


Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×