Gastroenterite: algumas receitas para ajudar a tratar

Gastroenterite: algumas receitas para ajudar a tratar
Partillhar

As intoxicações alimentares por consumir alimentos em mau estado ou por beber águas não potáveis são alguns dos principais motivos das gastroenterites nos meses de calor. Por isso, o Dr. Santiago Rosales, membro fundador da Associação Espanhola de Redactores de textos Médicos, oferece-nos alguns conselhos e receitas para tratar e combater as gastroenterites em lactentes e pré-escolares, os mais susceptíveis a sofrerem desidratações severas por causa desta doença.

Deixando de parte o incómodo que causam, a primeira consequência das gastroenterites é a desidratação. Com os vómitos e a diarreia perde-se água e também as substâncias que nela vão diluídas. A maioria das gastroenterites cura-se em poucos dias só com o facto de se seguir uma dieta suave que permita o descanso do intestino e sem necessidade de antibióticos nem de outras medicinas.

Receitas para combater as gastroenterites

ÁGUA DE ARROZ

Utilidade:

Diarreias de lactente. Com esta água preparam-se os biberões no caso de o lactente não tomar peito.

Ingredientes:

- 150 Gramas de arroz (não integral).

- Um litro de água.

Preparação:

Ferver o arroz em lume brando e com o tacho tapado (para evitar a perda excessiva de água por evaporação) até que os grãos de arroz se comecem a desfazer (têm que ficar passados). Uma vez bem fervido, espapaça-se os grãos com um garfo e recolhe-se a água. Utilize esta água para preparar biberões, papas, etc.

No te puedes perder ...

Música e yoga para relaxar as crianças

Música e yoga para relaxar as crianças

Uma combinação acertada de música e yoga pode ser a chave perfeita para relaxar pais e filhos. Umas peças de música clássica, com sons e melodias suaves que chamem o descanso e a tranquilidade e unas simples exercícios de respiração e alongamento servirão tanto para a criança como para si, para aliviar as tensões e os nervos do dia.

DOCE DE MAÇÃ

Utilidade:

Agradável doce em casos de diarreia. A maçã contém pectina, uma substância adstringente que é mais eficaz quanto mais oxidada está a polpa. A “oxidação” da polpa da maçã manifesta-se porque se escurece e contacto com o ar: quanto mais escura está a fruta, mais eficaz é como antidiarreico.

Ingredientes:

- Iogurte natural

- 2 Maçãs

- Açúcar

- Canela em pó

Preparação:

Juntar uma colher de açúcar (pode por mais se desejar) ao iogurte e mexer até que fique bem homogéneo. Colocar num prato fundo ou numa taça. Descascar as maçãs e ralá-las com um ralador. Quando o resultante adquirir uma coloração mais escura, misture-o no prato com o iogurte. Pulverize com um pouco de canela.

ARROZ COM CENOURA

Utilidade:

Adequado para casos de gastroenterites agudas em pré-escolares.

Ingredientes:

- Meio copo de arroz

- Uma cenoura média

- Uma folha de louro

- Sumo de um limão

Preparação:

Lavar a cenoura, cortá-la aos bocados pequenos e passá-la brevemente pela picadora. Colocar o arroz ao lume com uma folha de louro e quando começar a ferver junte os bocados de cenoura passados. Deixe ferver novamente o tempo suficiente para que o arroz cozinhe, mas não o deixe ficar pastoso. Quando o arroz estiver pronto, escorra bem a água, tire a folha de louro e regue-o com o sumo de meio limão. Junte uma pitada de sal se for preciso.

SUMO DE MAÇÃ

Utilidade:

Os líquidos são essenciais para o tratamento das diarreias e uma agradável forma de administrá-los é em forma de sumos. O mais apropriado é o de maçã. Os sumos comerciais são mais cómodos porque já vêm preparados, mas muitos deles têm uma concentração demasiado alta. Dessa forma e embora a etiqueta diga que se trata de sumo de maçã, é preferível utilizar sumos feitos em casa.

Ingredientes:

- Duas ou três maçãs

- Açúcar

Preparação:

Lavar as maçãs e tirar-lhes os caroços. Descascá-las e cortá-las em quatro. Passar pela liquidificadora. Diluir com água se preferir. Também pode juntar açúcar. Deixar repousar até que adquira uma coloração mais escura: o sumo não fica tão vistoso mas a maçã escurecida está oxidada e, dessa forma, é mais eficaz como adstringente.

IOGURTE COM FRUTAS OU DOCE DE MARMELO

Utilidade:

O iogurte, sobretudo se contém probióticos, é um alimento benéfico em caso de gastroenterites. Aconselha-se o iogurte natural, com probióticos se for possível, mas sem colorantes nem substâncias adicionais de fábrica.

Ingredientes:

- Iogurte natural com probióticos

- Frutas adstringentes (maçã, banana) ou doce de marmelo.

Preparação:

Cortar uma maçã (ou ralá-la segundo seja a preferência do paciente) e misturá-la com o iogurte natural depois de a ter deixado em contacto com o ar para escurecer. No caso de juntar banana, esta deve estar madura. Corte-a aos bocados e deixe-a ao ar uns minutos para que escureça. Depois é só misturar com o iogurte natural. O doce de marmelo deve ser de primeira qualidade, pode misturá-lo com o iogurte sem necessidade de esperar que mude de cor.

MARMELO COM QUEIJO

Utilidade:

O doce de marmelo é muito adstringente e um dos componentes básicos da dieta em caso de gastroenterites.

Ingredientes:

- 50 Gramas de doce de marmelo de boa qualidade

- Uma porção pequena de queijo fresco não gordo

Preparação:

Mexer bem a marmelada com uma batedeira até reduzi-la numa pasta solta. Misturá-la com o queijo fresco até que a mistura fique o mais homogénea possível.

PURÉ DE BATATA COM FIAMBRE

Utilidade:

O puré de batata é um alimento suave e muito digerível, tal como o frango ou o fiambre. Embora o puré de batata normalmente se faça com manteiga e leite, em casos de gastroenterite aconselha-se que elimine o leite e substitua a manteiga por azeite.

Ingredientes:

- 2 ou 3 batatas

- 100 Gramas de fiambre

- Azeite

- Sal

- Caldo de verduras com frango

Preparação:

Preparar um caldo de verduras com frango (cenoura, alho francês, nabo, cebola, louro, tomilho, etc.). Descascar, lavar e cortar as batatas. Fervê-las no caldo (para que tenha maior sabor) durante uns 30 minutos e juntar sal a gosto.

Uma vez fervidas, passá-las pelo passador e juntar uma colher de chá de azeite virgem. Cortar o fiambre numa trituradora e misturar com o puré.

Advertências

A prudência recomenda consultar o pediatra sempre que um lactente tenha vómitos repetidos, sobretudo se vêm acompanhados de febre. Se o lactente está a ser alimentado exclusivamente de peito, recomenda-se que continue a dar-lhe peito.


 



Fecha de actualización: 27-08-2009

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×
*/?>