• Buscar
Publicidad

Um bebé pode comer bolachas Maria?

Um bebé pode comer bolachas Maria?

A alimentação infantil é muito importante para o crescimento e desenvolvimento das crianças e cada vez mais pais estão preocupados em evitar alimentos pouco saudáveis para eles que contenham açúcares em excesso ou gorduras saturadas, tais como ocorre com os alimentos ultra-processados ou a pastelaria industrial. Por esta razão, há muitas famílias que têm dúvidas sobre se as bolachas Maria, tão comuns na dieta dos bebés a partir dos 6 meses de idade, são saudáveis ou não.

Publicidade

Índice

 

O papel das bolachas Maria na alimentação do bebé

As bolachas Maria são um tipo de biscoitos amplamente consumido em muitos países da Europa, América Latina e Ásia. Foram inventados em Londres em 1874 por uma companhia de bolachas para comemorar o casamento entre a Duquesa Consorte Maria Alexandrovna da Rússia e o Príncipe Alfredo I de Saxe-Coburgo-Gota, filho da Rainha Vitória. São redondas e podem comer-se sozinhas, mergulhadas em leite ou em sobremesas e doches.

São bolachas baratas, por isso são muito comuns na maioria das casas. Além disso, têm um teor mais baixo de gordura e açúcar do que outras, razão pela qual são escolhidas como as primeiras bolachas para bebés. No entanto, existem muitas marcas deste tipo de bolachas, e a maioria delas contém muitas calorias, farinhas refinadas, óleos vegetais refinados, aditivos e açúcar, pelo que não devem ser consumidas em excesso.

Quanto à introdução destes biscoitos na dieta do bebé, até aos 6 meses a alimentação do bebé deve ser exclusivamente de leite, seja materno ou em pó, pelo que não deve oferecer nada mais do que este alimento. Mas, após os 6 meses, o leite não é suficiente para o bebé e, além disso, o seu sistema digestivo amadureceu o suficiente para aceitar outros alimentos, pelo que se começa com os alimentos sólidos.

Quanto aos cereais, são introduzidos primeiro os cereais sem glúten (milho, arroz, etc.), entre os 4 e 7 meses de idade. Após alguns dias, os cereais com glúten podem ser oferecidos, mas nem antes dos 6 meses, nem depois dos 7 meses. Estes devem ser introduzidos na sua dieta com alguns dias de intervalo para verificar se o bebé não sofre de alguma alergia ou intolerância ao glúten, o que é bastante comum hoje em dia.

É normal introduzir cereais na dieta através de cereais hidrolisados que são misturados com leite (leite materno ou em pó), mas também pode ser feito oferecendo ao bebé um pedaço de pão, massa cozida ou um biscoito para que possa morder e saborear. De facto, as bolachas são um dos primeiros alimentos a serem oferecidos inteiros, pois são fáceis de sugar e mastigar graças à sua composição, pelo que são ideais para que os bebés se habituem a alimentos sólidos sem engasgar.

Além disso, é comum introduzir estes biscoitos em puré de fruta para que a criança coma cereais e adquira mais energia e calorias no lanche. Além disso, as bolachas podem fornecer ao bebé fibras, ferro, zinco, vitaminas do complexo B... e outros nutrientes que favorecem o seu crescimento e desenvolvimento e ajudam a evitar problemas como a obstipação, que é muito comum em bebés. No entanto, tem de ter cuidado com as bolachas que oferece ao seu bebé.

Articulo relacionado: Um bebé pode ter olheiras?

 

Que bolachas são as melhores para os bebés?

Nos últimos anos as bolachas têm sido demonizadas e há muitos pais que as eliminaram completamente da dieta dos seus filhos, mas não é necessário exagerar porque, como acontece com quase todos os alimentos, podem ser saudáveis se se escolher bolachas de qualidade e não são consumidas em excesso.

Para começar, as bolachas caseiras serão sempre melhores, pois poderá controlar todos os ingredientes que usa e escolher açúcar mascavado, ficar menos açúcar ou não usá-la, usar azeite de oliva e ficar con a segurança de que não contêm nem aditivos nem conservantes. Portanto, se gosta de cozinhar, não hesite em fazer bolachas caseiras para os seus filhos. Pode fazer bolachas tipo Maria ou com farinha de aveia, chocolate, fruta, etc.

Se a cozinha não é o seu ponto forte ou nem sempre tem tempo para cozinhar, pode comprar bolachas no supermercado, mas procure as que não tenham açúcar (certifique-se também de que não têm substitutos de açúcar ou adoçantes, apenas o açúcar naturalmente presente nos ingredientes), sem chocolate até aos 12 meses de idade e sem óleos refinados, tais como óleo de palma.

Como dissemos, as bolachas Maria têm normalmente menos gordura e açúcar, mas verifique sempre antes de comprá-las que são feitas com azeite de oliva ou de girassol e que não contêm muitos aditivos ou açúcares. Nos últimos tempos, muitas marcas melhoraram a produção das suas bolachas, incluindo as bolachas Maria, e as fizeram sem açúcar, portanto procure aquelas mais saudáveis para o seu filho e lembre-se que, por muito boas que sejam, não devem comer mais de 2 ou 3 por dia entre o pequeno-almoço e o lanche.

Inclua também outros alimentos saudáveis na sua alimentação para completar a sua dieta, tais como fruta ou produtos lácteos, e não recorram sempre a biscoitos para acalmar a sua fome.


González, Carlos (2012), Meu filho não come!, Ed. TImo.

Fecha de actualización: 17-03-2021

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×