Frio, como proteger o meu filho?

Frio, como proteger o meu filho?
Partillhar
O Outono e o Inverno são estações particularmente complicadas p">

O Outono e o Inverno são estações particularmente complicadas para o cuidado dos bebés. É importante estar preparada para a chegada do frio e, dessa forma, evitar os inconvenientes que podem afectar o recém-nascido.

De acordo com Belén Benito, farmacêutica do laboratório Suavinex, vários estudos indicam que nos meses de frio existe um aumento do número de mortes súbitas de lactentes (SMSL). A farmacêutica acrescenta que ‘’é preciso evitar o excesso de abrigo do bebé. Isso vai provocar um grande aquecimento no recém-nascido e essa é uma das principais razões do aumento de casos de SMSL’’.

Desta forma, é importante referir que o frio não é o principal inimigo do bebé mas sim as mudanças bruscas de temperatura.

Cuidados especiais com o bebé

‘’Devem ter cuidado com os contrastes de temperatura resultantes das saídas para lugares frios; mantenha o bebé em ambientes quentes; use roupas leves e não muito justas no recém-nascido’’, afirma a Dra. Benito.

Outra questão importante diz respeito aos cuidados específicos que a pele do bebé requer durante as estações mais frias ‘’Para evitar as constipações não deve frequentar ambientes secos e deve manter uma correcta higiene. Para além disso, tem de se cuidar de uma maneira muito especial da pele delicada do bebé que se vê exposta à fricção provocada pela roupa de Inverno’’ adianta a Dra. Benito.

Como ensinar o meu filho a dormir a sesta?

Como ensinar o meu filho a dormir a sesta?

A sesta é muito recomendável, tanto para as crianças como para os adultos, já que ajuda a aguentar a jornada, a recuperar as forças perdidas e a estarmos menos irritáveis e cansados ao fim do dia. Se não consegue fazer com que o seu filho durma a sesta despois de comer, planifique uma rotina para que tudo fique mais fácil.

Apesar disto tudo é ainda importante que se tenha um cuidado extremo com a alimentação do bebé. É preciso dar ao recém-nascido os nutrientes suficientes que ajudem a reforçar o sistema imunitário ‘’Devemos assegurar-nos que tomamos as medidas higiénicas certas na alimentação da criança. No caso do biberão devemos ter em atenção a esterilização, já no caso da amamentação não podemos esquecer a correcta limpeza do peito’’ conclui a farmacêutica do Laboratório Suavinex.

Recomendações úteis para preparar o bebé para a chegada do frio

- Durante os meses mais frios evite o abrigo excessivo do bebé e não mantenha a criança em espaços com meios de aquecimento muito quentes pois podem causar um sobreaquecimento corporal. Estudos médicos relacionam directamente estes factores com o aumento do Síndrome de morte súbita de lactentes nos meses frios.

- É importante que não exponha o bebé a mudanças bruscas de temperatura. Saía com a criança à rua apenas nas horas centrais do dia uma vez que a variação de temperaturas é menor.

- Mantenha o bebé num ambiente com a temperatura constante de 20 graus e um nível de humidade mínimo de 50%.

- A temperatura do corpo do bebé deve ser controlada na cabeça e no pescoço. O mecanismo regulador da temperatura do recém-nascido não está totalmente desenvolvido e, assim, alguns sinais (cor da pele, suor, mãos frias ou quentes) podem induzir em erro.

- Um ambiente demasiado seco pode impedir que o organismo do bebé expulse correctamente as impurezas. Por exemplo, se o nariz estiver obstruído pode provocar dores de garganta e tosse.

- Durante as estações mais frias é normal que o nível de mucosidade aumente. Por isso, tenha um cuidado especial com a higiene das mucosas do bebé através do uso de soro fisiológico e de um aspirador nasal.

- Quando o tempo estiver mais frio é importante que vista roupas suaves e largas ao bebé para que a pele possa respirar correctamente.

- É necessário que hidrate a pele com cremes apropriados para o frio. Se possível use produtos de origem vegetal assim como pomadas para a zona dos lábios que podem ser especialmente afectados com o frio.

- Como o sistema imunitário do recém-nascido ainda é bastante fraco deve tomar medidas especiais com a higiene na alimentação tanto com biberão como com a amamentação.

- Nunca dê medicamentos ao bebé sem a recomendação de um médico. É ainda importante que siga as regras recomendadas pelo pediatra (doses, intervalos entre tomas, duração do tratamento, etc.)

 

 

 

Fonte: Belén Benito, Suavinex laboratórios farmacêuticos


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×
Cerrar