×
  • Buscar
Publicidad

O tempo dos descobrimentos dos bebés, aprenda alguns jogos para brincar com o seu filho

O tempo dos descobrimentos dos bebés, aprenda alguns jogos para brincar com o seu filho

Durante o sexto mês de vida as crianças adquirem uma notável inteligência sensoriomotora ao mesmo tempo que enfrentam grandes alterações, tanto físicas como neurológicas. A coordenação e os agentes da postura e do equilíbrio conseguem um grande desenvolvimento, o que lhes permitirá realizar um sem fim de novas e atractivas actividades.

Publicidade

Quando o bebé alcança os seis meses a sua memória já é notável, pelo que poderá realizar operações cada vez mais complexas ao mesmo tempo que desfruta das mesmas. Para além disso, entre os 6 e os 12 meses o seu filho irá converter-se num campeão a gatinhar, capacidade que deve aproveitar para ensiná-lo a conhecer o que o rodeia e a desfrutar assim ao máximo das suas novas aptidões. A criança brinca, experimenta, imita, diverte-se e o seu movimento corporal equilibrado e harmónico, o bom enfoque visual e o correcto funcionamento da coordenação motora irão ajudar na manipulação dos objectos com os quais quer brincar.

Neste segundo semestre deve ter em conta, na hora de brincar com a criança, a coordenação, acomodação e a assimilação. Os seguintes jogos destacam-se como os mais recomendados para realizar com o seu filhote:

- Jogo do “cu-cu”, tapando e destapando objectos e pessoas.

- Jogo do baloiço, aproximando-o e afastando-o de objectos e pessoas.

- Jogo de gatinhar com os pais, pegando objectos, rindo e fomentando o bom humor.

No te puedes perder ...

Tudo preparado para a chegada do bebé

Tudo preparado para a chegada do bebé

Até ao sétimo mês de gravidez deveria começar a preparar tudo o que é necessário para a chegada do seu bebé. Não se deve esquecer que os partos não são pontuais e podem adiantar-se ou atrasar-se e, desta forma, nunca é de mais precaver-se para evitar o stress de última hora.

Y tambien:

- Jogos musicais, já que o período de grande sensibilidade musical é por volta dos oito meses.

- Jogos de imitação e localização, com contos coloridos e textos muito simples.

Para ensinar a criança a gatinhar

- A bóia. Coloque a bóia, daquelas redondas que se usam na piscina, pelas pernas do seu bebé para que fique à altura da barriguinha. Uma vez colocada deve tentar, segurando a bóia, colocar o seu filho de gatas e elevar a sua barriga. É conveniente que o adulto esteja de pé e atrás da criança para poder segurar com os seus pés os joelhos desta e guiá-la na sua marcha para dar-lhe segurança. Para além disso, se à frente da criança colocarmos algum brinquedo colorido e sonoro irá motivá-la ainda mais a gatinhar.

Para desfrutar

- A cama de rede. Dobre uma manta resistente ao meio, para que aguente o peso da criança. Coloque-a no chão e sente o bebé lá em cima. Levante a manta com cuidado, segurando cada pessoa um dos extremos e balançando suavemente, de lado a lado, baixando ao chão de novo. Volte a fazer o mesmo.

- O cavalinho! Sente-se numa cadeira com as pernas cruzadas e sente o bebé no pé que fica suspenso, segurando-o com as mãos. Suba e baixe a perna, deixando que os pés da criança rocem ligeiramente o chão em cada movimento.

Para aprender diferentes texturas e sons

- A bandeja de farinha. No chão coloque uma bandeja com bastante farinha. Coloque a criança, de barriga para baixo, com metade do corpo dentro da bandeja para que possa experimentar com o tacto a farinha. Não se preocupe, pois não existe nenhum perigo se o seu bebé levar farinha à boca. O melhor é deixar o bebé apenas com a fralda, já para além de ser bom para a sua pele poderá limpá-lo facilmente.

- Música! Ouvir música clássica é benéfico para as crianças manterem a sua concentração. Com este exercício queremos que a criança aguce o ouvido e o afine, pelo que é melhor que esteja sozinho quando for ouvi-la. Para além disso, são melhores aqueles momentos nos quais a criança não esteja muito activa, mas que também não esteja a dormir, como os trajectos curtos no carro ou antes de dormir.

Para aprender a partilhar

- A nossa bola. Sentados no chão, com as pernas abertas um em frente ao outro, faça rodar uma bola para ele enquanto lhe diz que agora tem de atirá-la para si, assinalando-lhe também com o dedo para que o compreenda melhor. Ao princípio pode custar um pouco à criança a perceber o jogo, dessa forma deve ter paciência e, inclusive, dar-lhe a bola praticamente na mão. Quando o seu filho dominar a brincadeira poderá jogar com mais uma pessoa, mas sempre assinalando-lhe com a mãe quem terá de receber a bola “Para a mamã, para o papá…”.

Para despertar a sua curiosidade e a sua vontade de aprender

- Espelhinho, espelhinho. Ofereça ao seu filho um pequeno espelho. Quando a criança pegar no espelho irá olhar e observar até que encontre a sua cara reflectida nele, abrindo os olhos e surpreendendo-se. Movimente suavemente o espelho de um lado para o outro para que a criança o siga com o seu olhar.

- A procura dos brinquedos. Senados, frente um ao outro, tape um dos seus brinquedos com um lenço para que o seu filho possa ver onde está escondido. Pergunte-lhe pelo seu brinquedo e ele tentará destapá-lo para consegui-lo. Posteriormente tape o brinquedo mas desta vez sem que a criança veja e pergunte-lhe por ele. Se o destapar, alegre-se e dê-lhe os parabéns. Se isso não acontecer, volte a fazer o mesmo até que consiga. Com este jogo o seu filho aprenderá a antecipar-se, pelo que é recomendável que brinquem desta forma o mais frequentemente possível.

- A essência da linguagem. Sente-se em frente à criança e pegue nuns sinos ou num instrumento que faça um ruído semelhante. Comece a partir de baixo fazendo-os soar e vá subindo a pouco e pouco para que a criança os siga com os olhos. Enquanto isso, emita um som continuado com o fonema “a“. Quando chegar cá acima, pare, espere uns segundos e volte a baixar. Verá como o seu filho tenta imitar os seus sons e gestos. Pode realizá-lo com diversos sons e instrumentos.

- Atravesse a grande montanha. Sente-se no chão, com as pernas esticadas e ligeiramente abertas. Coloque a criança deitada sobre uma delas e chame a sua atenção com algum dos seus brinquedos para que “trepe” até à outra perna. Faça o mesmo para o outro lado. Este jogo também é possível de se realizar colocando algumas almofadas no chão, mas de maneira a que não ultrapassem uma altura aproximada de 25 centímetros. 

- O que está aqui? Sente o seu filho no chão e coloque-se atrás dele com um brinquedo sonoro. Faça-o soar, primeiro em cima da sua cabeça, depois à altura desta e finalmente próximo do chão. Verá como a criança se movimenta atrás do som na tentativa de apanhar o objecto.

- A terceira dimensão. Na parte de cima de uma caixa de cartão recorte vários buracos e introduza lá dentro vários objectos. Dê a caixa à criança para que possa explorar com os seus dedinhos pelos buracos, descobrindo assim o espaço.

 

 

 

 

Fonte “ Todo um Mundo por descobrir” de Elizabeth Fodor e Montserrat Morán.




 

Fecha de actualización: 24-03-2009

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.