Dar peito ou biberão? Saiba as vantagens e desvantagens ...

Dar peito ou biberão? Saiba as vantagens e desvantagens ...
Partillhar

Esta é uma das mil decisões que tem de tomar antes do bebé nascer. Se ainda não sabe se dar de mamar ou dar o biberão, aqui tem uma lista com todas as vantagens e inconvenientes de cada uma das opções. Tome nota.

Vantagens da amamentação para a criança

Leite melhor e mais digerível

A Organização Mundial de Saúde afirma que o leite materno cobre todas as necessidades de alimentação durante os primeiros seis meses de vida do bebé. Os pediatras coincidem: o leite materno é o melhor. Por muito que avance a tecnologia, vai sempre haver coisas que a natureza sabe fazer melhor.

A amamentação proporciona ao bebé as quantidades certas de açúcar, proteínas, vitaminas e até mais ingredientes que o leite de vaca. Tudo isto faz com que seja mais fácil o bebé digerir o leite.

Por outro lado, as possibilidades de ter situações de gases, de prisão de ventre e diarreia vêem-se significativamente reduzidas graças ao efeito laxante natural do leite materno.

Menor risco de alergias e doenças infecciosas

Os efeitos preventivos da amamentação natural contra as alergias foram comprovados por numerosos estudos. Geralmente, os recém-nascidos não apresentam alergia ao leite materno, enquanto cerca de 10% das crianças têm efeitos alérgicos ao leite de vaca.

Internet e as novas tecnologias

Internet e as novas tecnologias

Hoje em dia, as crianças passam mais tempo em frente à televisão, ao computador ou ao celular do que na escola. Novas tecnologias invadiram a vida da nova geração desde a mais tenra infância. Assim, a relação estabelecida entre eles e a mídia, especialmente a Internet, está se tornando cada vez mais importante e gerando um debate entre pais, educadores e instituições administrativas sobre a segurança da navegação infantil.

 

Cada vez que a criança é amamentada chega-lhe uma abundante dose de anticorpos que ajudam na protecção de doenças infecciosas.

Menor risco de obesidade

Os bebés amamentados têm um risco muito menor de padecerem de obesidade numa etapa posterior da sua vida. Para além disso a amamentação favorece o desenvolvimento do metabolismo mais eficaz contra os níveis excessivos de colesterol.

Vantagens da amamentação para a mãe

Possível redução do risco de cancro

Alguns especialistas asseguram que amamentar o seu filho durante doze meses reduz em cerca de 30% o risco de padecer de cancro da mama durante o período pré-menopáusico. Dessa forma, dar de mamar durante menos de doze meses reduz cerca de 25% o risco de cancro nos ovários.

Comodidade

O leite materno está sempre preparado para tomar em qualquer hora e em qualquer sítio. Como alimento cómodo e barato não tem comparação.

Recuperação mais rápida da mãe

A amamentação contribui para que a matriz da mãe recupere o seu tamanho normal que tinha antes da gravidez. Também ajuda a perder os quilos ganhos durante o período de gestação, queimando umas 500 calorias por dia de amamentação.

Vantagens do biberão para a criança

Satisfação mais duradoura

A criança digere tão rápido o leite materno que muitos lactentes subsistem permanentemente no peito materno. Pelo contrário, os preparados de leite de vaca permanecem mais tempo no estômago do bebé, o que faz com que mantenha a sensação de saciedade durante três ou quatro horas aproximadamente.

Maior controlo da quantidade de alimento

Com o biberão a mãe pode controlar perfeitamente que quantidade de leite o bebé está a tomar. Tarefa que se complica com a amamentação natural, pois para isso terá de se pesar a criança antes de depois de cada toma.

Vantagens do biberão para a mãe

Maior liberdade

Um dos motivos mais habituais para usar-se o biberão é a liberdade que este dá à mãe, desde ausentar-se uma noite para sair até ao facto de voltar ao trabalho. Para além disso, com o biberão pode amamentar o bebé em qualquer sítio.

Maior participação do resto da família

Existem muitos pais que querem participar mais activamente na vida do bebé e dar-lhe biberão é uma boa maneira de reforçar o vínculo de união pai-filho. Assim, tanto para o pai como para o resto dos irmãos, podem dar de biberão ao bebé.

Dieta e costumes

A mãe que dá peito tem que seguir um especial cuidado com a alimentação, comendo as quantidades exactas necessárias de cálcio, proteínas e vitaminas, não pode fumar nem beber bebidas alcoólicas. Enquanto a mãe que dá biberão pode voltar à dieta do costume, como tomar um, copo de vinho nas refeições ou uma aspirina quando lhe dói a cabeça.

Relações de casal

Depois do período de gestação, a maioria dos casais desejam retomar a vida sexual que tinha antes da gravidez. Ao dar de biberão não têm restrições no que diz respeito ao uso de métodos conceptivos e a normalidade sexual só se vê interrompida quando o bebé chora metade da noite.


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×