×
  • Buscar
Publicidad

Bebés saudáveis e sem cólicas!

Bebés saudáveis e sem cólicas!

Ao longo do primeiro ano de vida o sistema digestivo do bebé sofre muitas alterações, já que aprende a digerir, a absorver e a excretar. São processos complexos para o bebé, mas necessários para um crescimento saudável e para um bom desenvolvimento. Muitos bebés passam por mal-estar e dores abdominais durante este tempo, o que pode provocar o seu choro.

Publicidade

Durante os primeiros meses os bebés estão a aprender a comunicar e o choro é a maneira de se expressar. É parte da sua adaptação ao novo ambiente e ao seu crescimento. No entanto, alguns bebés podem chorar durante longos períodos de tempo sem responderem aos métodos habituais de os acalmar. Isto conhece-se como cólicas.

O que são as cólicas?

As cólicas infantis definem-se como episódios de choro intenso e vigoroso durante pelo menos 3 horas por dia, 3 dias por semana durante mais de uma semana. Aparecem desde as primeiras semanas e são mais frequentes até ao 4º ou 5º mês de vida.

Quais são as causas?

As causas das cólicas são de origem multifuncional, principalmente de origem gastrointestinal, psicológica ou alérgica. Cerca de 40% das crianças sofrem de cólicas, tanto os alimentados com leite materno como os com leites infantis.

Dormir é fundamental para o bebé e para si

Dormir é um bem fundamental para um bebé feliz e para uma família feliz. No entanto, os bebés que sofrem de cólicas frequentemente sofrem de alterações no sono, o que afecta também os pais e o resto da família. Isto é uma situação que pode chegar a ser muito frustrante e stressante.

No te puedes perder ...

Alimentação de Verão

Alimentação de Verão

O verão traz consigo alterações na rotina das crianças e estas mudanças repercutem inevitavelmente na nutrição infantil, seja pela desordem do novo horário, seja pelas novas apetências dos mais pequenos. Embora exista a ideia de que as férias de Verão são um período para a liberdade alimentar e estão associadas a um certo descontrolo e permissividade, as crianças necessitam continuar com uma alimentação equilibrada. O facto de nesta época o organismo necessitar de menos aporte calórico, não significa que se deva comer menos, mas significa sim seguir uma dieta distinta.

 

Y tambien:

A curto prazo são um motivo de ansiedade para os pais e a longo prazo podem produzir transtornos do sono e problemas de conduta.

Como se podem solucionar as cólicas?

Perante estas situações, em primeiro lugar é muito importante não ficar nervosa e tentar acalmar o bebé. Depois pode experimentar outros remédios, como por exemplo dar umas massagens ao bebé para ajudá-lo com as dores.

Se o bebé está a tomar uma fórmula infantil, o pediatra pode recomendar-lhe uma fórmula especial para estas situações. Se está a tomar leite materno, continuará com o mesmo.

O leite materno é uma fonte natural de probióticos, principalmente lactobacilos e bifidobacterias que se consideram muito importantes para a colonização bacteriana do intestino do bebé e que têm uma influência positiva na função digestiva.

O que são os probióticos?

Os probióticos são umas bactérias benéficas que exercem um efeito positivo sobre a saúde e bem-estar das pessoas ao melhorar o equilíbrio da flora intestinal.

O que é o L. reuteri?

O L. reuteri é um probiótico que se encontra de maneira natural no leite materno e que se tem vindo a demonstrar eficaz na redução do choro e das cólicas.

Promove o desenvolvimento de uma flora intestinal saudável que ajudará nos processos de amadurecimento e de adaptação do sistema digestivo do bebé.


Fecha de actualización: 20-05-2010

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.