• Buscar
Publicidad

Com que frequência se deve pesar ao bebé?

Com que frequência se deve pesar ao bebé?

O peso de um bebé, especialmente durante os primeiros meses de vida, é muitas vezes uma preocupação para os pais. Embora, geralmente, a maioria dos recém-nascidos não tenha problemas de peso, é importante saber com que frequência deve pesar ao seu bebé.

Publicidade

Índice

 

Com que frequência pesar ao seu bebé

Durante a sua estadia na planta de maternidade, o seu bebé será submetido a um controlo pediátrico diário durante o qual, entre outros testes, será pesado e medido. O peso à nascença de um bebé normal é entre 3 e 3,8 kg, embora um bebé fora desta média possa estar perfeitamente saudável.

Depois de sair do hospital, o bebé será novamente pesado após 15 dias ou um mês, coincidindo com a primeira visita ao pediatra. A partir daí, será feito todos os meses ou a cada dois meses, também nas consultas do pediatra ou da enfermeira. Até o bebé ter um ano de idade será assim, depois as visitas ao médico serão mais espaçadas.

Não é necessário pesar o bebé com muita frequência ou ficar obcecada com o número de gramas que tenha ganhado. O seu médico ou enfermeiro marcará quando é que é necessário pesá-lo.   

Pesá-los diariamente ou semanalmente pode ser enganador e alarmar-nos desnecessariamente com perdas de peso irrelevantes ou pequenos ganhos. O crescimento das crianças não é constante, não ganham as mesmas gramas todas as semanas, e o seu peso pode variar em função de vários factores: a hora do dia em que são pesados, a quantidade de leite previamente ingerido, a sua idade, o tipo de comida que comem, se fizeram chichi ou cocó antes de serem pesados, o tipo de balança utilizada, etc.

 

Como pesar ao seu bebé?

A Associação Espanhola de Pediatria recomenda confiar esta tarefa à equipa pediátrica que acompanhará o bebé durante os seus primeiros meses. Serão eles a indicar com que frequência pesar e medir o bebé e quem avaliará quaisquer outras necessidades de acordo com o desenvolvimento do bebé.

Idealmente, a criança deveria ser pesada deitada e nua, de preferência à mesma hora e na mesma balança.

 

Condições a ter em conta

É normal que um recém-nascido perca peso durante a primeira semana. Nestes 5 ou 7 dias, pode perder 10% do que pesava à nascença. Estas gramas serão recuperadas à medida que os dias forem passando. Esta perda fisiológica é produzida pela expulsão do mecónio e pela eliminação dos líquidos acumulados durante a gestação.

Se um bebé está a ser amamentado a pedido e molha a fralda diariamente, entre 4 e 7 vezes, significa que está a comer bem e não tem de ter qualquer problema de crescimento.

Os gráficos, percentis e estatísticas são directrizes, não regras que tem de seguir-se rigorosamente. Cada criança é diferente e cada uma tem uma taxa de crescimento diferente.

A avaliação geral da criança (aspecto físico, tónus muscular, presença de sintomas ou patologias, etc.) pelo pessoal médico é mais importante do que o peso num dado momento ou a taxa de ganho de peso. O mais importante, portanto, é o controlo da evolução ao longo dos meses, o que confirma que a criança segue um aumento normal de altura e peso ou, pelo contrário, os dados que fazem suspeitar a existência de alguma doença.


Fecha de actualización: 23-02-2021

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×