Infecções urinárias nos bebés, saiba o que fazer para evitá-las!

Infecções urinárias nos bebés, saiba o que fazer para evitá-las!
Partillhar

A sintomatologia destas infecções varia com a idade. Num recém-nascido apresenta-se com sintomas inespecíficos, baixo ganho de peso, temperatura baixa ou com leve aumento, ausência de movimento ou de reacção, perda parcial de apetite ou icterícia. Quando existe uma má formação congénita do aparelho urinário apresenta-se complicada com sepsis ou meningite. As crianças pequenas com infecções urinárias podem ter apenas febre, inapetência, vómitos ou não terem sintomas em absoluto.

As infecções urinárias devem tratar-se rapidamente com antibióticos para proteger os rins em desenvolvimento. Qualquer menor de 6 meses ou que tenha outras complicações deve ser visto por um especialista imediatamente.

Os bebés mais pequenos normalmente permanecem hospitalizados e são lhes administrados antibióticos através de uma veia. Os bebés maiores e as crianças tratam-se com antibióticos por via oral. É muito importante que o doente beba muitos líquidos durante o tempo em que tenha a infecção.

Para prevenir esta patologia, bastante comum entre os mais pequenos, convém:

- Evitar os banhos demorados de espuma.

- Procure que a criança use roupas largas.

- Aumentar a ingestão de líquidos.

- Manter a área genital da criança limpa para impedir que as bactérias se introduzam através da uretra. Deve trocar de fralda com frequência.

- Ensinar a criança a ir à casa de banho quando tiver vontade.

Saiba o que fazer para ajudar o seu filho a deixar as fraldas!

Saiba o que fazer para ajudar o seu filho a deixar as fraldas!

Imagine que tem muita comichão no braço e dizem-lhe que não se pode coçar até chegar a casa, já que só ali o pode fazer. Agora multiplique isto por 4 ou 5 vezes durante o dia. Assim é como se sentem as crianças quando têm vontade de urinar e devem aguentar até chegarem à casa de banho. É normal que ao princípio não entendam porque não o podem fazer no momento em que queiram.
 

- Ensine o seu filho a limpar a área genital da frente para trás para reduzir a possibilidade de propagar bactérias desde o ânus até à uretra.


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×
Cerrar