O frio aumenta os casos de bronquiolites nas urgências

O frio aumenta os casos de bronquiolites nas urgências
Partillhar

As infecções respiratórias têm aumentado cada vez mais. De acordo com os serviços de saúde nacionais, as bronquiolites aumentaram consideravelmente nos últimos anos. 

Os episódios de bronquiolites podem surgir durante o ano inteiro, mas o registo de consultas nas urgências começa a ascender em Dezembro, coincidindo com a chegada do frio. As medidas de prevenção devem ser claras, começando pela importância de uma boa higiene em casa porque o vírus é de fácil contágio entre as crianças. Aproximadamente dois em cada três bebés são afectados por este vírus antes de completarem o primeiro ano de vida. Os bebés prematuros apresentam um risco muito maior se forem infectados.

Os sintomas mais habituais são as dificuldades respiratórias e a respiração rápida e agitada. Este vírus afecta a parte baixa do sistema respiratório e, inicialmente, manifesta-se com renites e algumas situações de febres baixas. Posteriormente, aparecem os sintomas clássicos de bronquiolites devido à obstrução das vias respiratórias. As medidas preventivas consistem em lavar-se bem as mãos antes de tocar no bebé, evitar que a criança esteja exposta ao fumo do tabaco, evitar locais fechados, evitar o contacto físico do bebé com outros menores ou familiares doentes, usar lenços de papel e deitar imediatamente fora os usados, limpar bem os brinquedos da criança e não utilizar aqueles que foram tocados por outros bebés ou adultos doentes.

Higiene bucal: cuidados a ter com os dentes de leite!

Higiene bucal: cuidados a ter com os dentes de leite!

Apesar do que a maioria dos pais pensa, os dentes de leite também podem sofrer cáries e outras doenças dentais. Por isso, uma higiene adequada é fundamental desde que nascem os primeiros dentes. Assim, é importante incutir o hábito de lavar os dentes nos seus filhos.

Prematuros

Estas crianças precisam de cuidados especiais durante os primeiros anos de vida e são especialmente vulneráveis a este tipo de infecções, isto devido à anatomia das suas vias respiratórias (menos desenvolvidas e sem anticorpos). As bronquiolites não podem ser tratadas através da administração de uma vacina. Dessa forma, vários especialistas recomendam um tratamento preventivo, que inclua várias defensas, para proteger os mais vulneráveis, como os bebés prematuros ou aquelas crianças com cardiopatías congénitas.
 

0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×