Problemas auditivos, será que o meu filho ouve bem?

Problemas auditivos, será que o meu filho ouve bem?
Partillhar

Umas das grandes preocupações quando uma criança nasce é confirmar que todos os seus sentidos funcionam correctamente, sobretudo se vê e ouve perfeitamente. O ouvido dos recém-nascidos está totalmente desenvolvido, pelo que é fácil comprovar, com uma série de exames, se existe algum problema com o seu aparelho auditivo.

Como saber se ouve bem?

Os bebés nascem com o sentido da audição completamente desenvolvido. Um recém-nascido sem problemas auditivos reage ao ouvir um ruido forte, presta atenção à voz da sua mãe e reconhece-a perfeitamente. Também é capaz de identificar sons fortes se os ouve várias vezes.

Assim que nascem serão feitos vários exames ao bebé para comprovar que tudo funciona correctamente no seu órgão auditivo. Se existir suspeita de que pode sofrer de hipoacusia (perda de audição num ou em ambos os ouvidos) realizam-se vários exames:

- Exames de emissões otacústicas: Durante este exame, um audiofone feito de esponja é colocado no ouvido. Este é estimulado e mede-se o eco, que se encontra em todas aquelas pessoas que ouvem normalmente. A ausência de eco poderá indicar uma perda de audição.

- Exame de resposta auditivas tronco encefálica: Avalia como o tronco encefálico (a parte do nervo que leva o som ao cérebro) e o cérebro respondem perante um som. Durante este exame colocam-se os audiofones nos ouvidos da criança e electrodos na cabeça e nas orelhas. Através destes aparelhos enviam-se sons e mede-se a actividade eléctrica no cérebro.

Praia, o que fazer se o meu filho se perder?

Praia, o que fazer se o meu filho se perder?

Nesta idade é muito fácil que as crianças se percam, especialmente em sítios como a praia ou a piscina. Quem é que já não ouviu, até mais do que uma vez, os nadadores-salvadores anunciarem que uma criança está perdida? Antes que o seu filho também se perca aprenda a evitá-lo e, principalmente, a agir se ele se perder.

O tratamento precoce é fundamental, por isso é essencial que os bebés sejam examinados convenientemente por um audiólogo antes dos 6 meses. O tempo mais importante para uma criança para estar exposta ao idioma e aprendê-lo é durante os 3 primeiros anos de vida. Embora nestas primeiras revisões tudo esteja bem, recomenda-se que continue a vigiar o seu filho já que algumas vezes as doenças não se manifestam ao nascer mas sim ao perder-se a capacidade auditiva com o tempo.

Desta forma, durante o primeiro ano comprove que o seu bebé reage aos ruídos fortes, imita sons e começa a responder ao seu nome. Aos 2 anos deverá reproduzir palavras simples e aos 3 compreender ordens simples.

Estimule o seu ouvido

- Fale próximo do ouvido do bebé e pronuncie docemente o seu nome em ambos os ouvidos;

- Coloque o seu filho deitado de barriga para baixo e chame-o pelo seu nome enquanto se aproxima dele para que lhe preste atenção.

- Fale e cante para o seu bebé quando estiver acordado, usando sempre vários tons de voz.

- Imite o seu choro;

- Faça soar uma campainha no seu angulo visual para se mexa para observá-la.


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×