Sabe o que são as fontanelas do seu bebé?

Sabe o que são as fontanelas do seu bebé?
Partillhar

Embora possa não ter qualquer ideia do que são as fontanelas que se encontram na cabeça do seu bebé, é certo que depois do parto e no primeiro ano de vida da criança ouvirá falar delas imensas vezes. Descubra o que são!

O que são as fontanelas?

O crânio do bebé é formado por vários ossos separados que, posteriormente, se irão unir. Isto permite que a cabeça do bebé se molde ligeiramente para passar pelo canal do parto sem provocar danos no pequeno nem na mãe. Quando falamos de fontanelas referimo-nos às separações existentes entre os ossos do crânio do bebé. Para além de facilitar o parto, estas permitem que o cérebro tenha espaço suficiente para poder desenvolver-se.

Onde se encontram?

Encontramos as fontanelas claramente visíveis e palpáveis na cabeça da criança. A fontanela posterior está situada, como o seu nome indica, na parte traseira da cabeça, no cimo da nuca. Tem uma forma triangular e pode fechar-se aos 2 meses de idade. A outra fontanela, mais perceptível, é a anterior que se encontra na parte de cima da cabeça com uma forma de diamante. Esta pode fechar-se por volta dos 18 meses, embora seja certo que isso acontece mais cedo em algumas crianças.

As fontanelas permitem que a cabeça do bebé se molde ao canal do parto, facilitando assim a saída da criança sem provocar danos na sua cabeça nem na recente mamã.     

No te puedes perder ...

Aulas de Risoterapia: descubra o poder do riso

Aulas de Risoterapia: descubra o poder do riso

Embora para alguns seja um conto de fadas, o certo é que para a maioria dos médicos o estado de ânimo influencia muito na evolução de uma doença. Desta maneira, a risoterapia baseia-se no facto de o riso estimular o sistema nervoso libertando endorfinas que actuam sobre o sistema imunitário e o endócrino acelerando a recuperação em processos patológicos. A risoterapia ajuda a combater o stress causado pelo parto, a depressão, as insónias, a ansiedade... Aprender a rir prolonga a vida

Que problemas podem apresentar?

As fontanelas são importantes para conhecer o estado da pressão intracraneal através da palpação, pelo que nunca se devem pressionar. Para além disso, permitem comprovar o crescimento do crânio e, dependendo de como se encontram, podem indicar a presença de determinados problemas no bebé.

Devem mostrar-se firmes e ligeiramente concavas, com curvatura para dentro. Desta forma, se pelo contrário se encontrarem fundas pode ser um sintoma de desnutrição ou de desidratação, pelo que deve ir ao pediatra para que este avalie pessoalmente a criança.

Se não se encontrarem as fontanelas, devido ao fechamento prematuro das suturas que separam os ossos do crânio, pode ser sintoma de craniossinostose que pode provocar desde um problema estético até um atraso mental. Quando as fontanelas têm um tamanho maior ao normal, ou seja existe um fechamento tardio, isto pode ser causado por acondroplasia, síndrome de Down, hidrocefalia, prematuridade ou atraso no crescimento intra-uterino. Apesar de estas situações poderem ser reconhecidas no primeiro exame médico da criança, será necessário ir ao pediatra se a mãe notar que o seu bebé pode padecer de alguma delas.

Quando o bebé está a chorar, deitado ou a vomitar, as fontanelas podem tornar-se avultadas, devendo voltar à normalidade quando a criança estiver calma e com a cabeça erguida. Se, pelo contrário, as fontanelas continuam avultadas depois de a criança estar calma, deverá ir imediatamente ao hospital já que pode ser causado por hidrocefalia ou por um aumento da pressão intracraneal, sobretudo se o seu bebé tem febre ou sonolência excessiva.
 



Fecha de actualización: 15-09-2008

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>