Um bom relacionamento entre irmãos: saiba o que fazer quando os seus filhos brigam

Um bom relacionamento entre irmãos: saiba o que fazer quando os seus filhos brigam
Partillhar

As brigas entre irmãos são um problema muito comum que afecta todas as idades e todas as famílias. No entanto, às vezes estas brigas podem ser mais graves e frequentes do que o habitual, por isso, é necessário que ensine os seus filhos a darem-se bem uns com os outros desde muito pequenos.

Porque é que as crianças brigam?

Os conflitos entre irmãos são habituais desde os primeiros anos de vida. Nesta idade as crianças são muito egocêntricas e, para além disso, querem chamar à atenção dos seus pais. Desta forma, qualquer momento é bom para discutir pelos jogos, pelo quarto, pela comida, pela roupa, pela televisão, etc.

A rivalidade pode surgir quando os mais pequenos percebem que nem tudo é suficiente para todos os irmãos, por isso, é necessário competirem entre eles para obterem a atenção, o carinho e o tempo dos seus pais. As crianças também tendem a ficar com ciúmes ao verem a sua posição familiar ameaçada por “outro”, o que aumenta a intensidade das brigas. Contudo, esta rivalidade é necessária para que as crianças estruturem a sua personalidade e socializem com outras pessoas. As crianças não têm o amadurecimento suficiente para resolverem os seus próprios problemas sozinhas e, dessa forma, os pais devem ter paciência e saber como actuar para que estas pequenas brigas não se convertam em pegas constantes.

No te puedes perder ...

Como deve actuar?

-Para prevenir estas brigas tente manter os seus filhos ocupados o maior tempo possível, sobretudo, quando se aperceber de que pode haver uma pega.

- Se a discussão for leve, o melhor é não intervir já que assim os seus filhos começam a aprender a solucionar os seus problemas.

- Preste atenção e brinque com as crianças mostrando-lhes que se estão a portar muito bem quando estão tranquilas.

- Quando um dos seus filhos se queixar dos privilégios do outro, explique-lhe que cada um tem o que pode dependendo da idade.

- Evite comparar um filho com o outro. Se o fizer só vai aumentar a rivalidade e os ciúmes entre eles.

- Tente perceber o que necessitam os seus filhos para solucionar da melhor maneira possível, por exemplo, se um dos seus filhos pensa que o irmão tem mais carinho, que passa mais tempo com o irmão do que com ele.

- Não castigue apenas um dos seus filhos, já que dois não discutem se um não quiser. Se houver um castigo deve ser o mesmo para ambos.

- Não proteja sempre o mais pequeno nem o que considere mais fraco. Dessa forma, não aprenderá a defender-se por sim mesmo.

- Em muitas ocasiões o objectivo das brigas é chamar a atenção dos pais, pelo que a melhor opção é, se a zanga for demasiado forte, mandar as crianças para o mesmo quarto. Sem os pais presentes de certeza que irão preferir não discutir.

- No entanto, não deve tomar partido de nenhum dos seus filhos nem tentar encontrar um culpado. Apenas deve intervir se vir que um deles é sempre a vitima injustamente.


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×
*/?>