• Buscar
Publicidad

Características das crianças com altas capacidades

Características das crianças com altas capacidades

Segundo a OMS, uma criança tem altas capacidades quando o seu QI é superior a 130, mas as altas capacidades não só se referem à um QI elevado, também têm em conta outras capacidades como a criatividade, potencial de aprendizagem, etc.

Publicidade

Índice

 

O que significa ter altas capacidades?

Até alguns anos atrás, as crianças com um QI superior a 130 eram consideradas superdotadas. Mas há alguns anos esta classificação foi alterada para crianças com altas capacidades, a fim de ter em conta não só o QI, mas também outras capacidades que estas crianças têm.

Assim, num documento do Governo Basco de Espanha, este tipo de estudantes é definido como "um grupo amplo e heterogéneo de estudantes que apresentam uma inteligência geral acima da média, altos níveis de criatividade, bom potencial de aprendizagem, bom ou mau desempenho académico e geralmente com uma clara motivação para a aprendizagem e/ou os seus interesses. Além disso, podem mostrar a sua criatividade na expressão do pensamento, na facilidade de aplicar o conhecimento, na originalidade, na imaginação e fantasia na utilização de materiais comuns, e na capacidade de auto-aprendizagem".

 

Será que o meu filho tem altas capacidades?

São várias as características comuns nestas crianças (embora cada criança seja diferente):

- Aprendizagem rápida

- Alta energia vital

- Alerta incomum desde a infância

- Boa memória e retenção

- Vocabulário muito grande e complexo para a sua idade

- Compreensão avançada de metáforas e ideias abstractas

- Pensamento complexo, lógico e intuitivo

- Com preocupações das pessoas adultas

- Idealismo e sentido de justiça

- Gostam de problemas numéricos e puzzles

- Parcialmente autodidactas

- Muito sensíveis e intensos a nível emocional

- Preocupados desde a infância com questões sociais e políticas

- Prestam atenção durante mais tempo

- Sonham acordados

- Impacientes com a lentidão dos outros

- Curiosos, querem ir além do que lhes é ensinado

- Muitos interesses diferentes

- Interesse em experimentar

- Sentido de humor aguçado e fino

- Altamente críticos de si mesmos

- Desenvolvem actividades originais e pouco comuns

Em suma, são crianças com uma inteligência acima da média, um elevado nível de talento criativo e de motivação e empenho nas tarefas.

Se se suspeitar que uma criança tem capacidades elevadas, um psicólogo deve fazer uma avaliação personalizada para lhe dar a atenção necessária, caso seja confirmada.

 

Possíveis dificuldades destas crianças

Estas crianças têm necessidades especiais e se não forem identificadas a tempo e forem promovidas, isto pode levar a uma deterioração do seu desenvolvimento e a uma diminuição da sua felicidade. Se não receberem o estímulo intelectual de que necessitam, pode causar-lhes numerosos problemas: ansiedade, nervosismo, depressão, sensação de solidão, etc. Podem até obter más notas na escola e repetir o ano, apesar da sua inteligência.

É claro que também não devem ser excessivamente estimulados. Devem ser-lhes oferecidas actividades alternativas que cubram os seus interesses, programas de apoio, extensão de conteúdos... A coordenação entre a família e a escola é muito importante. Não é necessário levá-lo a um centro para crianças com altas capacidades, apenas será necessário canalizar a sua motivação e desejo de aprender. E, se precissar, dirigir-se a um psicólogo ou pedagogo especializado neste tipo de crianças.


Organização Mundial da Saúde. 

Fecha de actualización: 25-02-2021

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×