A construção de um brinquedo: cor, tamanho, material, idade da criança ...

A construção de um brinquedo: cor, tamanho, material, idade da criança ...
Partillhar

O Natal está perto e você já começa a pensar nas prendas para o seu filho. Que passos deve levar a cabo desde que tem a ideia de um brinquedo até que este chegue às mãos das crianças? O que deve ter em conta na hora de escolher as melhores prendas para os seus filhos?

O Pai Natal já começou a preparar a equipa para repartir as imensas surpresas deste Natal. Por isso, nas fábricas de brinquedos as máquinas não param de trabalhar para que este Natal as crianças tenham as suas merecidas recompensas. Ora bem, o processo de criação de um brinquedo não é tão simples como parece, trata-se de uma atividade que dá trabalho direto a um grande número de pessoas e que segue toda uma série de processos com o fim de conseguir um brinquedo seguro e de qualidade. Para isso, a indústria dos brinquedos aposta num consumo responsável e trabalha continuamente na melhoria da normativa onde a segurança é uma das prioridades do sector dos brinquedos. Para além disso, o sector aposta na inovação e na tecnologia oferecendo produtos cada vez mais renovados e adaptados à nossa sociedade.

Donde vêm os brinquedos? Que passos se seguem para a sua criação? Quantas pessoas trabalham no sector? O que se deve ter em conta na hora de comprar um brinquedo?

No te puedes perder ...

O que acontece se em vez de um filho tenho dois, três ou até mesmo quatro?

O que acontece se em vez de um filho tenho dois, três ou até mesmo quatro?

Se o facto de estar grávida resulta numa grande responsabilidade por ter de cuidar de uma criança, imagine quando o médico lhe anuncia que não está à espera de um bebé, mas sim de gémeos, trigémeos ou mais. A loucura e os problemas multiplicam-se por 2, 3 ou 4. Apesar disto, tudo vale a pena porque a alegria e a felicidade também se multiplicam.

Um novo brinquedo em marcha

“O processo inicia-se – explica Joan Ferrer, Diretor Geral de Diset – com uma série de reuniões internas nas quais, baseando-se em dados de estudos de mercado de marketing, desenhadores e Product Managers colocam diversas ideias em cima da mesa. Nestas reuniões admitem-se todo o tipo de ideias, sugestões … para a partir daí se ir construindo a pouco e pouco uma lista de novidades a desenvolver.

Para criar um novo brinquedo tem-se em conta a competência, as tendências do mercado, as necessidades dos mais novos e dos seus pais para inovar e colocar à sua disposição jogos que para além de serem divertidos solucionam algum problema.

O processo inclui os seguintes passos:

- Desenho e desenvolvimento do brinquedo. Ter uma ideia e transformá-la num desenho que posteriormente representará o brinquedo perante os distribuidores.

- Início da planificação da atividade produtiva. Leva-se a cabo durante o período das férias do sector, a nível internacional, entre os meses de Janeiro e Março.

-Aprovisionamento de matérias-primas.

- Processo produtivo. Durante o processo de produção leva-se a cabo um exaustivo controlo da qualidade e segurança do brinquedo.

- Logística. Uma vez finalizado o processo de produção, há que fazer chegar o brinquedo aos pontos de venda.

- Marketing. Durante a campanha entre Novembro e Janeiro é realizado um grande esforço no marketing através da publicidade, relações públicas e catálogos com o fim de apoiar a presença dos produtos no mercado.

- Venda. A venda de brinquedos concentra-se em grandes superfícies e hipermercados, grandes armazéns e cadeias especializadas.

“Por suposto – explica Joan Ferrer- cada parte do brinquedo deve estar muito bem pensada: cor, material, forma … e testada. A idade é um fator muito importante na hora de pensar num novo brinquedo, já que em cada etapa as crianças aprendem coisas diferentes e têm habilidades distintas. O sexo cada vez influência menos, pois a cada ano se criam mais jogos e brinquedos que podem utilizar tanto meninos como meninas”.

Para além disso, cada vez se potencia e vigia mais a segurança dos brinquedos e de todas as suas partes.

Como acertar?

Cada criança é um mundo e os brinquedos têm algo em comum para todas as crianças já que a sua função primordial é diverti-las, no entanto, devemos ter em conta as seguintes considerações segundo a criança e a finalidade do brinquedo:

- As necessidades e preferências que a criança transmite.

- O nível de evolução de cada criança em particular.

- A própria capacidade do pequeno, ou seja, o seu amadurecimento intelectual, a sua força física ou a sua habilidade manual.

- As características próprias dos jogos, ou seja, se são para utilizar em solitário ou em grupo, se servem para fomentar o sentido da competência, da interação ou da solidariedade do brinquedo, etc.

- As capacidades específicas que se desejam potenciar na criança.

- O desenvolvimento de diferentes funções na criança através de um número e variedade de adequados brinquedos.

Qual é o brinquedo adequado para cada idade?

- Dos 0 aos 6 meses: esta é uma etapa na qual o bebé necessita descobrir, estimular os seus movimentos e sentidos, e favorecer as primeiras manipulações e pressões de objetos, descobrindo as sensações que estes produzem, como diferentes texturas, um apito, um botão, etc., sendo melhores os brinquedos que contribuem para tudo isso.

- De 6 a 12 meses: O bebé necessita conhecer tudo o que o rodeia, já que os seus movimentos começam a ser mais amplos, controlando cada vez mais o seu corpo. Por isso, os brinquedos mais adequados para esta idade são aqueles que permitem explorar à sua volta e que o pequeno possa arrastar, tirar, atirar, etc.

- De 1 a 2 anos: nestas idades as crianças encantam-se por aqueles brinquedos que lhes permitem ampliar os seus movimentos e sentirem-se independentes e autónomas. A música também é muito importante nesta idade.

- De 2 a 3 anos: os brinquedos mais apropriados são os que contribuem para que o pequeno aprenda a linguagem e imite a vida adulta.

- De 3 a 5 anos: as crianças necessitam de desenvolver a sua imaginação e aprenderem novos conhecimentos. Gostam de se relacionar com outros a brincar.

- A partir dos 5 anos. Os brinquedos adequados são os que possibilitam colaborar com outros e realizar tarefas em grupo e favorecem o desenvolvimento de habilidades, manualidades ou certas destrezas como jogos de mesa.



Fecha de actualización: 10-12-2009

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>