Como celebrar o Halloween: Ideias e truques para uma festa de medo

Como celebrar o Halloween: Ideias e truques para uma festa de medo
Partillhar

Celebrar uma festa é sempre um motivo de alegria e de ilusão para os mais pequenos. Seja qual for o tema, as festas são benéficas para as crianças ao mesmo tempo que se reforçam os laços afectivos. A internacionalização desta festa tipicamente americana é cada fez mais frequente em Portugal.

Com a ajuda de alguns especialistas em organizações de festas, dizemos-lhe tudo o que tem de fazer para celebrar um Halloween … Horroroso!

O que não deve faltar …

Convites: pode comprá-los ou fazê-los você mesma.

- Propomos-lhe que recorte cartolinas de diferentes cores em forma de abóbora, fantasma, aranha, morcegos ou bruxa, por exemplo. Utilize confetis de figuras alusivas ao Halloween para colá-las no convite e surpreender os seus convidados.

- Outra ideia muito doce e original: escreva os dados da festa no bordo de um quadrado de papel branco ou de um bocado de tecido branco que tenha aproximadamente 20x20 cm. Cubra chupa-chupas com quadrado (se utiliza papel delicada, recomenda-se que use dois quadrados), ate com um cordão ao “pé” do chupa e desenhe uns olhos ao fantasma. Entregue um chupa/fantasma/convite a cada convidado e recorde-lhe que não deve perder a informação!

Decoração: todas as festas devem ter um cenário próprio. Para isso, aponte estes truques para criar um ambiente digno de uma casa de bruxas.

- Balões: decore a sala com balões de cores de Halloween – negros, laranja e metalizados. Encha a casa de fantasmas flutuantes. Prenda os balões ao tecto e na zona onde ata o balão prenda também umas fitas de papel ou de pano brancas. Com um marcador preto desenhe os olhos do fantasma. Vão ter um efeito simples mas com muito impacto e divertido.

No te puedes perder ...

Bonecos de Neve

Bonecos de Neve

Os bonecos de neve são uma das figuras mais marcantes do Natal. Se na sua cidade não neva o suficiente para poder fazer um boneco de neve no jardim da sua casa, experimente a fazer um bem mais pequeno para colocar na árvore de Natal.

- Mesa temática: existem toalhas, partos, taças, copos e todo o tipo de material desejável com desenhos de Halloween, com os quais os convidados ficarão de boca aberta. Não se esqueça de preparar um saco com rebuçados para dar às crianças que toquem à sua campainha!

- Móveis. Está preocupada e não sabe como proteger os móveis dos pequenos monstros que irão invadir a sua casa? Recomendamos-lhe uma solução: cubra os móveis que não vai utilizar com lençóis brancos e folhas, assim o espaço terá um misterioso ar de fantasma e de casa abandonada. O que dará lugar a um sem fim de jogos terroríficos e os seus móveis estarão a salvo de manchas inoportunas.

- Abóboras: compre abóboras de plástico para enfeitar toda a casa. Irá encontrá-las de vários tamanhos e com ou sem luz (ideias para o caso de os seus convidados serem muito pequenos). No entanto, se preferir seguir o método tradicional e comprar uma abóbora verdadeira, existem utensílios próprios que lhe facilitam o trabalho.

- Paredes e tectos: recorte figuras de morcegos, fantasmas e bruxas em cartolina e pendure-as no tecto e nas paredes. Decore as janelas com as mesmas figuras e acrescente teias de aranhas, quantas mais melhor. Coloque-as também nas portas, nos móveis e nas esquinas.

- Iluminação: substitua o efeito da luz das velas por outros menos perigosos para as crianças. Procure lâmpadas negras para o candeeiro que proporcionem um efeito fantasmagórico.

Menu: mostramos-lhe alguns pratos arrepiantes.

- Tarte teia de aranha: faça um bolo numa forma circular e cubra-o com uma cobertura branca. Derreta chocolate negro em banho-maria e utilize uma chávena para deixá-lo cair em espiral em cima da cobertura branca. Com um palito, começando no centro, desenhe uma linha até ao bordo e repita, como se fossem os raios de uma roda.

- Poção de bruxa: esta poção é na realidade sumo de maçã quente com um pau de canela. Sirva a poção num caldeirão de bruxa.

- Sumo de sangue: utilize sumos vermelhos que servirá numa taça grande. Encha uma luva fina (não de látex) com água e coloque-a no congelador. Quando esta estiver congelada, retire-a do congelador e coloque a “mão de gelo” dentro da taça do sumo vermelho.

- Gelados de vermes: Introduza, por exemplo, uma mosca de borracha em recipientes para gelados caseiros. Depois encha-os com sumos de fruta e coloque-os no congelador.

- Bombons de aranha: derreta chocolate negro em banho-maria. Coloque-o num saco de pasteleiro e crie forma de aranhas em cima de um tabuleiro forrado com papel de alumínio. Coloque no congelador até que se endureçam. Faça os olhos com chocolate branco derretido.

Mais ideias para uma festa terrorífica:

- Peça aos convidados que venham disfarçados. Para que não gastem muito, especifique que sejam disfarces caseiros.

- Se não lhes apetecer virem totalmente disfarçados, peça-lhes apenas que se enfeitem dos ombros para cima: que pintem a cara e que usem algum tipo de acessório, como chapéus pró exemplo.

- Se a festa é de disfarces, tire uma foto a cada convidado assim que chegar. Faça-o perante um cenário preparado para a ocasião e depois envie a foto para o convidado como uma recordação.

- Se não é de disfarces, conte com alguém para pintar as caras das crianças com maquilhagens coloridas. Maquilhem as crianças de monstros, bruxas, fantasmas, abóboras, etc.

- Utilize luvas descartáveis de plásticos (não de látex que têm pó talco) para os sacos de recordação. Encha-as com prendas, guloseimas, etc. Fica mais engraçado se colocar uma goma de cor em cada dedo, a fazer de unha.

- Recorte a imagem de um morcego ou de um fantasma de cartolina e cole-a numa lanterna acesa. Coloque-a sobre um móvel. Esta iluminará a figura na parede oposta.

- Crie a banda sonora para a festa. Grave sons atmosféricos: gritos, a queda de coisas de metal, risos, etc. Uma actividade muito divertida que as crianças irão gostar.

Um pouco de história …

O Halloween é uma festa proveniente da cultura céltica que se celebra principalmente na noite de dia 31 de Outubro. As crianças disfarçam-se para a ocasião e passeiam pelas ruas pedindo doces de porta em porta. Depois de tocarem à campainha as crianças pronunciam a frase “Doce ou truque” (proveniente da expressão inglesa “trick or treat”). Se os adultos lhes dão rebuçados, dinheiro ou qualquer outro tipo de recompensa, interpreta-se que aceitaram o trato. Se pelo contrário as pessoas negam, as crianças preparam uma pequena partida, sendo a mais comum mandar ovos contra a porta.

A história do Halloween remonta a mais de 2500 anos atrás, quando o ano celta terminava no fim do Verão, precisamente no dia 31 de Outubro. Nesse último dia supunha-se que os espíritos podiam sair dos cemitérios e apoderar-se dos corpos dos vivos para ressuscitarem. Para evitá-lo, os povos celtas “decoravam” as suas casas com ossos, caveiras e outras coisas desagradáveis, para que os mortos se assustassem. Daí vem a tradição de hoje se decorar as casas com motivos sinistros na véspera de todos os santos.



Fecha de actualización: 27-10-2006

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>