Postais de Natal

Postais de Natal
Partillhar

Não sabe como enfrentar todos os gastos natalícios no meio desta crise económica? Propomos-lhe originais e divertidos trabalhos manuais para decorar a sua casa neste Natal sem ter que gastar muito dinheiro. Para além disso, irá poder passar um bom bocado com os seus filhos enquanto protege o meio ambiente reciclando objectos já inutilizáveis. 

No te puedes perder ...

Reducaçao postural na gravidez

Reducaçao postural na gravidez

O corpo de uma mulher grávida muda muito rapidamente, a lordose fisiológica (curvatura anormal da espinha dorsal) da parte inferior das costas torna-se uma hiperlordose durante a gravidez devido à posição que a mulher tende a tomar. O aumento do intestino produz um deslocamento anterior do eixo de gravidade do corpo, o que faz com que ele seja compensado por meio de um aumento da base de sustentação (separação dos pés) trazendo os ombros para trás e a cabeça para a frente.

Embora se vá perdendo o costume de enviar postais a felicitar as festas aos nossos familiares e amigos, pode aproveitar este ano para surpreendê-los com bonitos cartões feitos por si e pelos seus filhos.

Materiais: cartolinas de cores diferentes, folhas de papel, papel de alumínio, marcadores, cola, tesouras, marcadores de purpurinas.

Como se faz?

Desenhe numa folha a plante do desenho que quer que decore os seus cartões: estrelas, pinheiros, bolas de adorno, Pai Natal, etc. Depois recorte o desenho e em cima do papel de alumínio faça tantos recortes dessa forma como os que precisar. Tenha cuidado a recortar – o papel de alumínio rasga-se facilmente. Cole os desenhos de papel de alumínio nas cartolinas que foram previamente cortadas à medida que deseja (tenha em conta que deve caber num envelope). Para terminar, contorne o desenho com um marcador de purpurina. Agora só tem que escrever na parte de trás da cartolina a mensagem de felicitação. Agora sim, o postal está pronta a enviar!



Fecha de actualización: 11-11-2008

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×
*/?>