Como conseguir que não minta?

Como conseguir que não minta?
Partillhar

Todos os pais desejam que os seus filhos não lhes mintam, que confiem neles e lhes digam sempre a verdade. Para conseguir isto, há que incutir certos hábitos de conduta e dar o exemplo às crianças desde pequenas.

Mentir é uma parte natural do desenvolvimento mental da criança e certas mentiras são positivas, mas se o seu filho é muito pequeno, é perigoso que se dê conta que alterando a realidade obtém um beneficio, porque assim aprende a dizer mentiras para evitar as suas responsabilidades, e em adolescente enganará para provar os seus próprios limites.

Até aos 3 anos as crianças não mentem embora digam coisas que não são verdade, pois se são para elas isso basta. Entre os 3 e os 5 anos a mentira não se produz de forma consciente, mas sim como elemento constituinte dos seus jogos e histórias fantasiosas; não há que dar-lhe demasiada importância, salvo que se estenda ao seu comportamento habitual ou se se converta em forma por excelência de obter o que querem. A partir dos 5 anos começam a mentir de forma consciente, quando já podem distinguir a diferença entre o que é certo e o que não é, embora não tenham claro que mentir que é algo incorrecto. As mentiras podem produzir-se tanto por insegurança e falta de auto-estima – que se tenta ocultar através da mentira – ou para provar e ver as reacções dos adultos e comprovar até onde podem chegar. Em alguns casos, trata-se de uma forma de obter afecto.

No te puedes perder ...

Alguns truques para passar o meu filho do berço para a cama

Alguns truques para passar o meu filho do berço para a cama

Fazer com que as crianças deixem o berço pode parecer fácil, mas para alguns pais essa situação converte-se num verdadeiro desafio. Assim que se aproxima este momento, provavelmente, surgem-lhe várias perguntas em torno do tema para conseguir mudar o seu filho para uma cama da maneira mais eficaz.

Se mente frequentemente, a primeira coisa que deve fazer é averiguar o porquê desse comportamento, para além de seguir uma série de regras:

- Dar o exemplo: é difícil pedir-lhe que não minta se o fazemos de forma habitual. Frases tão comuns como “Se for para mim ao telefone diz que não estou!” podem confundir a criança se a recriminar por dizer algo parecido.

- Crie um clima de confiança que sirva para a criança ter segurança de que pode contar tudo com tranquilidade e sem medo.

- Explique claramente a diferença entre a verdade e a mentira. Isto é especialmente importante quando ainda são muito pequenos.

- Felicite a criança quando diz a verdade, principalmente se a mesma leva ao risco de ser castigada.

- Quando a criança mentir explique-lhe com calma que errou.

- A criança nem sempre tem de ser castigada por mentir. Tende saber sempre as razões do seu filho para ter mentido. Isso só aumentará a confiança e ao mesmo tempo a liberdade e autonomia.

- Liberte-se de atitudes neuróticas, não esteja sempre a pensar se o seu filho está a dizer a verdade ou não. Confie nele e transmita-lhe esse sentimento de confiança, vai ajudar a criança a dizer sempre a verdade.



Fecha de actualización: 25-11-2009

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>