CUIDADOS INFANTIS

CUIDADOS INFANTIS
Partillhar

Muitas vezes a energia e a inquietude das crianças resultam em quedas ou feridas. Para tratá-las deve contar com um aliado: um estojo de primeiros socorros. Como é que este deve ser? Onde é que deve estar? Aqui damos-lhe várias dicas.

 

Feridas, golpes ou queimaduras estão na ordem do dia quando os seus filhos ainda são pequenos. Este tipo de lesões requer a intervenção dos pais para fazerem os curativos. Normalmente trata-se de uma intervenção simples, mas deve sempre dispor dos materiais de uso habituais para os primeiros curativos.

Um estojo primeiros socorros pode ser de diferentes tipos em função da utilidade: para viagens, para ginásios, para acampamentos, etc. Desta forma, vamos analisar o conteúdo e utilidade para os lugares onde as crianças permanecem mais tempo.

Que objecto é que pode servir para um estojo de primeiros socorros?

Qualquer caixa de metal ou plástico resistente que feche hermeticamente. Deve ser facilmente transportável e não deve esquecer-se onde o guardou. Isto porque deve mantê-lo longe do alcance dos mais pequenos.

No te puedes perder ...

Alergias infantis

Alergias infantis

De acordo com algumas investigações, as alergias infantis duplicaram nos últimos 25 anos. São cada vez mais as crianças que padecem de patologias alérgicas, como renites, asma ou intolerâncias alimentares. Porque é que aumentaram tanto as alergias em relação a outros países menos desenvolvidos?

Onde é que devemos colocar o estojo de primeiros socorros?

A primeira coisa que devemos fazer é perceber onde é que vamos colocar o estojo. Tendo em conta a curiosidade das crianças e o perigo que esta pode trazer, devemos guardá-lo fora do alcance dos mais pequenos (o suficientemente elevado e escondido).

A temperatura e a humidade do lugar onde vai colocar o estojo de primeiros socorros também são importantes. Não deve ser um lugar demasiado húmido nem demasiado seco.

O que é que deve conter um estojo de primeiros socorros?

O conteúdo varia em função do uso, no entanto, os pais e as mães que querem ter um estojo de primeiros socorros adequado para as pequenas lesões dos seus filhos, ficam aqui com algumas dicas:

Material de auto-protecção

- Máscara de protecção;

- Toalhitas de limpeza sem álcool;

- Luvas descartáveis.

Material de curativos

- Gaze;

- Analgésicos usados habitualmente;

- Lenços triangulares;

- Soro fisiológico;

- Tesoura de ponta redonda;

- Gazes próprias para as queimaduras;

- Bolsas de frio;

- Termómetro;

- Lanterna;

- Bloco de notas e um lápis.


Outro dos elementos que pode ajudar muito é uma lista com os telefones de emergência da zona em que reside.

Uso do estojo de primeiros socorros

O estojo de primeiros socorros de casa requer revisões periódicas para comprovar que todos os componentes se encontram em bom estado.

Deve estar sempre preparado para ser usado a qualquer momento. Uma boa forma de perceber o que tem e o que deve repor é fazendo uma lista do seu conteúdo e colocar num lugar visível do estojo. Este pequeno conselho pode ser muito útil para garantir a sua correcta utilização e evitar imprevistos.

Estas recomendações podem parecer muito lógicas, mas nunca é demais recordá-las e, por pressuposto, colocá-las em prática:

- Se nas suas revisões do estojo encontrar medicamentos fora de prazo, deve retirá-los e entregá-los numa farmácia;

- Deve prestar atenção aos medicamentos que lhe receitaram há muito tempo;

- Evite materiais que possam ganhar ferrugem;

- Os medicamentos que inclui no seu estojo de primeiros socorros devem estar na embalagem original. Ao contrário, irá desconhecer para o que é que são usados e a data de validade.

Para além destes conselhos, é importante saber como colocar os objectos dentro do estojo. Desta forma, é recomendável incluir um manual de primeiros auxílios ou ler algo sobre esta matéria.

Deve ter sempre em conta que uma intervenção adequada nos cinco primeiros minutos é fundamental para evitar que se agrave a situação e o estado da criança.

Estas últimas indicações podem, e devem, ser partilhadas com os seus filhos, sobretudo, se são suficientemente crescidos para entendê-las.



Fecha de actualización: 24-12-2009

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>