• Buscar
Publicidad

É normal ter bolinhas na língua?

É normal ter bolinhas na língua?

As bolas ou grãos  que às vezes saem na língua geralmente aparecem por causa de uma alergia alimentar, um trauma, uma lesão ou uma infecção. Não é um problema sério, mas pode ser chato, então tens que saber como tratá-lo.

Publicidade

Índice

Por que essas bolas aparecem na língua?

Já notaste ultimamente que tens uma espécie de bolas ou espinhas na língua? Um tipo de pequenos inchaços irritantes que não conheces muito bem porque estão lá. Esses grãos geralmente não causam mais do que um leve desconforto na área em que surgem e não são perigosos para a saúde ou causam complicações, mas mesmo assim é conveniente saber por que eles aparecem e os tratam.

Além disso, há momentos que causam feridas ou bolhas, a causar mais desconforto e dor.

As principais causas de aparecimento dessas bolinhas são:

1- Alergias alimentícias. Se comermos um alimento ao qual somos alérgicos, nosso sistema imunológico reagirá tentando expelir esse elemento através da pele, e por issso que são criadas estas bolinhas na língua.

2- Traumatismo ou lesão na língua. Uma ferida causada, por exemplo, por uma mordida ou por comer alguma comida dura, pode causar uma lesão na língua que incha-se.

3- Consumo excessivo de alimentos gordurosos. O excesso de gordura pode causar uma obstrução dos poros da língua, fazendo com que as bactérias se acumulem e se reproduzam mais facilmente, causando o aparecimento dessas bolinhas.

4- Vírus. Alguns vírus, especialmente herpes, causam essas espinhas ou protuberâncias na língua.

5- Fungos. Existem também fungos que podem colonizar a língua e causar o aparecimento de pequenas protuberâncias, como a cândida. A candidíase oral causa o aparecimento de grãos brancos ou avermelhados na língua.

6- Consumo de frutas ácidas: o consumo da ananás ou dos morangos pode provocar a aparição dessas bolinhas na língua.

7 -Tabaco: nalgumas pessoas, o tabaco pode provocar também a irritação da língua gerando as bolinhas.

8 - Pouca higiene: uma péssima higiene bucal faz com que as baterias da boca tenham um ambiente ideal para o crescimento bacteriano.

9 - Problemas no estômago: em muitas ocasiões as bolinhas da língua podem ser por problemas no estômago. Esses problemas podem ocasionar acidez, a qual causa um excessivo calor na boca e cria um ambiente adequado para as baterias.

10 - Falta de vitamina: as vezes a falta de vitamina (vitamina B) pode causar a aparição de bolinhas na boca.

11- Câncer de língua: não é muito comum, mas existem casos nos quais essas bolinhas podem indicar um câncer. É importante que se as bolinhas não desaparecem passadas as duas semanas, for no médico.

Embora a aparição de bolinhas na língua não represente problemas graves para a saúde, podem ocasionar incômodos.

- aftas na língua.

- irritação ao contato dos dentes com a língua.

- perdida do sabor dos alimentos.

- dor com a ingesta de alimentos picantes ou quentes.

- dor quando escovas tuas boca.

Como tratam-se?

Essas bolas podem aparecer em pessoas de qualquer idade, embora sejam mais comuns em crianças, já que as lesões são mais comuns.

A primeira coisa é não tocar os granitos ou tentar explorá-los porque, se estourarem, as bactérias acumuladas no interior podem se espalhar para outras áreas, dificultando o problema.

Tente comer uma dieta saudável e variada, evitando gorduras. Uma dieta equilibrada ajudará a fortalecer nosso sistema imunológico para lutar contra as bactérias nas pelotas. Além disso, evite bebidas carbonatadas e álcool.

Normalmente, as bolinhass desaparecem sozinhas depois de alguns dias, mas se elas o incomodarem muito ou se houver mais, vá ao médico para uma avaliação. A depender da causa, decidirá o tratamento, embora possa escolher um antibiótico oral ou tópico.

Outras dicas que podem ajudár a eliminar as bolinhas ou grãos são:

Gargareja com água tibia salgada cerca de 3 vezes ao dia. Além de reduzir o desconforto, evitará que a infecção aumente.

Gargareja com enxaguatório bucal para eliminar bactérias.

Mastiga as folhas de hortelã fresca antes de dormir.

- Prepara uma pasta de bicarbonato de sódio e peróxido de hidrogênio e aplique-a na parte afetada da língua.

Leite com magnésio pode reduzir a dor se for forte. Molhe uma bola de algodão neste líquido e aplique duas vezes por dia na língua.

- Às vezes essas pelotas surgem de uma deficiência de vitamina B, portanto a ingestão de alimentos ricos em vitamina B pode aliviar esses desconfortos.

É só uma bolinha e está embaixo da língua

Se é só uma bolinha embaixo da língua as causas são mais comuns:

- Cálculo de glândula saligal.

- Infeções virais como a parotidite.

- Síndrome de Sjögren.

- Aftas embaixo da lingua.

- Leucoplasia oral.

Aqui te falamos alguns conselhos para previr qualquer problema na língua e na boca.

- Escovar os dentes pelo menos 3 vezes durante o dia.

- Utilizar fio dental pelo menos uma vez ao dia.

- Visita teu dentista cada 6 meses ou antes se sentes algum problema dental.

- Evita alimentos que sejam muito açucarados.

- Quando escoves os dentes não esqueças escovar também a língua.

- não bebas bebidas com gás ou que sejam ácidas, pois podem estragar o esmalte dos dentes e provocar cáries.

- para uma boa estética, evita consumir alimentos que pintem os dentes.


Glosario

Herpes

Definição:

Lesão cutânea inflamatória caracterizada pela aparição de pequenas vesículas agrupadas. Apresentam-se em duas variedades: A herpes tipo I, a mais comúm, produz lesões dolorosas à volta da boca; o herpes tipo II, o Herpes Zóster, afecta, sobretudo, adultos e é mais frequente na região genital.

Sintomas:

Aparição de aftas, perda de apetite se é tipo I.

Tratamento:

Comprimidos que têm a capacidade de diminuir notávelmente a duração dos síntomas. Também se pode aplicar uma pomada.

Blog EnFamilia de la AEP: "Herpes zóster", https://enfamilia.aeped.es/temas-salud/herpes-zoster

Fecha de actualización: 19-08-2020

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×