Picadas, aprenda a evitá-las!

Picadas, aprenda a evitá-las!
Partillhar

Sempre que chega o Verão é a mesma história: com o calor chegam também as melgas, as abelhas e as medusas. Para além das crianças estarem mais sujeitas a esse desconforto também são as que mais se assustam quando isso acontece. Fique a saber como tratar mas, acima de tudo, como evitar.

Picadas de insectos

As picadas manifestam-se com maior frequência no Verão porque o calor faz com que as melgas, as abelhas, as alforrecas venham à “superfície”. Cada criança pode reagir de maneira diferente a uma picada. No entanto, os sintomas mais comuns são as reacções localizadas na zona da pele afectada: dor, inchaço, dureza e, inclusive, calor onde foi feita a picada. Os riscos mais frequentes da maioria das picadas são as reacções alérgicas e as infecções.

As melgas mais comuns aproveitam a noite para picar. Estas picadas provocam um leve inchaço e fazem alguma comichão. Não necessitam de tratamento e passam umas horas depois.

Tratamento: Apesar de não ser preciso um tratamento específico, para aliviar a comichão pode sempre recorrer a fármacos que refresquem e acalmem a pele (produtos que não contenham álcool nem que alterem o pH da pele, sobretudo nas crianças).

No te puedes perder ...

A 3ª semana de gravidez

A 3ª semana de gravidez

Apesar de não saber que está grávida, o teu bebé cumpre uma semana de vida e vai continuar a crescer e a desenvolver-se. O blastócito implanta-se no endometrio e forma a placenta, já o líquido amniótico começa a juntar-se formando um saco.

As vespas e as abelhas também surgem nesta altura. As abelhas espetam o ferrão e depois morrem. As vespas têm um ferrão que lhes permite picar em diferentes ocasiões. Geralmente só atacam se sentirem que estão em perigo e, quando o fazem, deixam uma grande marca vermelha que rapidamente incha e dói bastante. As pessoas alérgicas a abelhas ou vespas podem ter tonturas, perdas de consciência e vómitos. Apesar disso, as picadas destes insectos não costumam ser muito graves.

Tratamento: Para tratar este tipo de picadas deve tirar o ferrão, lavar bem a zona afectada, desinfectar com um anti-séptico e aplicar gelo ou uma pomada própria para aliviar a dor. Se tiver uma reacção alérgica tem de consultar um médico.

Picadas de Medusas

Apesar de as medusas serem os animais marinhos que mais atacam os seres humanos, existem outros que também podem picar como o polvo, os ouriços ou o peixe-aranha. As medusas produzem um estímulo activando os mecanismos para “injectar” uma substância tóxica dentro da pele. Essa substância provoca um ardor intenso e muita comichão.

Tratamento: Primeiro tem de identificar o animal que causou a ferida. Depois disso lave bem com água do mar tente retirar a substância tóxica. Coloque a zona inflamada em água fria e logo depois em água quente durante 30 minutos. De seguida desinfecte com um anti-séptico. Se a lesão for grave e se apresentar alguma reacção alérgica procure um médico.

Como evitar as picadas

Para evitar este tipo de picadas a Associação Espanhola de Pediatria recomenda:

- Quando as crianças brincarem ao ar livre verifique sempre se não há ninhos de vespas ou exames de abelhas.

- Não deixe que o seu filho ande descalço.

- Evite que as crianças usem sabão, desodorizantes ou champôs perfumados.

- Não vista roupas muito brilhantes ao seu filho.

- Ensine aos mais pequenos que se um insecto se aproximar o melhor é ficarem tranquilos e afastarem-se com calma.

- Não deixe pratos com restos de comida, brinquedos ou cinzeiros no jardim porque se apanharem água pode ajudar ao desenvolvimento de larvas.


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×
*/?>