Praia, o que fazer se o meu filho se perder?

Praia, o que fazer se o meu filho se perder?
Partillhar

Nesta idade é muito fácil que as crianças se percam, especialmente em sítios como a praia ou a piscina. Quem é que já não ouviu, até mais do que uma vez, os nadadores-salvadores anunciarem que uma criança está perdida? Antes que o seu filho também se perca aprenda a evitá-lo e, principalmente, a agir se ele se perder.

O melhor é prevenir …

Durante a infância todos nós já nos perdemos pelo menos uma vez: no supermercado, na praia, na rua, … mas, felizmente, os nossos pais encontraram-nos rapidamente. Mesmo que seja apenas cinco minutos, para as crianças parece uma eternidade.

É quase impossível que não perca o seu filho de vista por breves momentos. Por isso, sempre que sair à rua ou a qualquer lugar público recorde a criança de que não se deve afastar de si. Insista na seguinte ideia “Se te vais embora, fico triste e não sei onde encontrar-te”.

Quando estiverem na praia mantenha o seu filho ocupado perto de si para que ele não tenha a tentação de se afastar. Leve brinquedos que mantenham a criança entretida (baldes, pás, etc.).

A melhor altura para ir com uma criança à praia é ao início da manhã ou ao fim da tarde. Nestas horas o sol é menos perigoso e pode desfrutar melhor da areia e da água. Para além disso, há menos gente na praia e, dessa forma, será mais difícil perder a criança de visão.

No te puedes perder ...

Vista o seu filho com roupas coloridas (fato-de-banho, chapéus, etc.) para que seja mais facilmente identificado no meio da multidão. As crianças devem andar sempre com um papel que diga o seu nome, a morada e o número de telefone. No entanto, como a praia é um sítio complicado para que uma criança tenha um papel consigo terá de optar por ensinar-lhe, muito bem, a dizer o seu nome completo.

Uma ideia útil pode ser ficar perto do posto de socorro ou colocar um balão preso ao chapéu-de-sol para que a criança possa vê-lo quando se afastar.

Como agir se o seu filho se perder?

Apesar de todos os esforços para impedir que uma criança se perca é normal que isso aconteça. Por vezes basta virar-se para tirar o creme da mala e quando se volta já a criança desapareceu. Por muito que procure imediatamente, o facto de a praia estar cheia de gente torna quase impossível encontrar uma criança que nem um metro mede. Nesse momento, por muito que custe, tente sempre manter a calma:

- Primeiro que tudo acalme-se. Depois vá ao posto de vigilância mais próximo e diga aos socorristas o que aconteceu. Eles irão encarregar-se de anunciar com um altifalante que uma criança está perdida.

- Coloque todas as pessoas que foram consigo à praia a procurar a criança. O mais provável é que ela esteja por perto pois, normalmente, quando as crianças percebem que estão perdidas ficam quietas e a chorar.

- Quando encontrar o seu filho não ralhe com ele porque ainda não tem consciência daquilo que fez. Pelo contrário reconforte a criança pois de certeza que passou um mau bocado.

- Já em casa, e mais tranquilos, explique-lhe que não deve afastar-se porque pode voltar a perder-se. Contudo, não lhe meta medo dizendo que alguém o pode levar. A criança ainda é muito pequena e necessita de confiar nos adultos para que se sinta segura e feliz.



Fecha de actualización: 01-08-2008

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>