Hidropsia fetal na categoria de: Obstetricia

Definição:

Edema fetal generalizado habitualmente produzido por uma doença hemolítica. Acumulam-se quantidades anormais de líquido em duas ou mais áreas do corpo de um feto ou recém-nascido.

Tratamento:

Medicamentos para induzir o trabalho de parto e parto prematuro do bebé ou transfusão fetal intrauterina. O tratamento para um recém-nascido pode abarcar: a transfusão directa de concentrado de eritrócitos; aspiração com agulha para extrair o líquido adicional à volta dos pulmões e a área do ventre; medicamentos; um respirador para o bebé.

Sintomas:

Inchaço do fígado. Palidez. Problemas respiratórios. Hematomas ou manchas similares a hematomas e de cor púrpura na pele. Insuficiência cardíaca. Anemia severa. Icterícia severa. Inchaço total do corpo.

0 Comentários

Escreva o seu comentário

Nós usamos cookies para melhorar a qualidade do serviço , medir a audiência e oferecer publicidade que podem ser de interesse . Se você continuar a navegar entendemos que você aceitar a nossa Política de Cookies.