Dieta para a pré-eclâmpsia

Dieta para a pré-eclâmpsia
Partillhar

A pré-eclâmpsia é un dos transtornos da gestação que afeta cerca de 15% das grávidas, caracterizado pelo aumento da pressão sanguínea que, se não for controlada devidamente, representa um sério risco para o bebé que pode variar de parto prematuro  até a morte fetal.

Como em qualquer gravidez, uma boa alimentação pré-natal cheio de vitaminas, antioxidantes, minerais e grupos alimentares básicos é importante. É também essencial diminuir os alimentos processados, açúcares refinados e suspender cafeína, álcool e qualquer remédio não prescrito pelo médico.

Além disso, se você detectar pré-eclâmpsia, você deverá ter  um controle extra sobre sua dieta, especialmente beber muita água e minimizar a quantidade de refeições de sal , uma vez que o sal aumenta a tensão. No entanto, não eliminá-lo completamente de sua dieta porque o sal a grávida necessita do sal para manter o fluxo de fluidos de seu corpo.

Segundo um estudo recente publicado pela revista American Journal of Hypertension, a fibra também ajuda no controle da tensão. Aumentar a quantidade de fibra na alimentação durante os primeiros meses de gravidez reduz o risco de desenvolvimento de pré-eclâmpsia nos meses seguintes.

Tudo preparado para a chegada do bebé

Tudo preparado para a chegada do bebé

Até ao sétimo mês de gravidez deveria começar a preparar tudo o que é necessário para a chegada do seu bebé. Não se deve esquecer que os partos não são pontuais e podem adiantar-se ou atrasar-se e, desta forma, nunca é de mais precaver-se para evitar o stress de última hora.

Outro estudo do Centro Médico Sueco de Seattle, nos Estados Unidos, revela que incrementar a ingestão de fibra uns 5 gramas por dia - o equivalente , por exemplo, duas fatias de pão- antes e durante os primeirs meses de gestação pode diminuir cerca de 14% a possibilidade de padecer desta doença.

Os alimentos ricos em fibras podem ser encontrados em cereais, leguminosas e frutas e verduras como espinafre , acelga , cenoura, kiwi , pêra, maçã e damasco.

Além disso, omega -3 , especialmente ácidos graxos EPA e DHA ajudará a levar uma dieta e controle da pressão arterial saudável.

 


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×