A dieta pós parto

A dieta pós parto
Partillhar

Depois de dar a luz, todas as mães desejam voltar a seu peso anterior, mas cada uma  precisa de um plano personalizado de acordo com sua fisionomia, se está dando peito ou não, os quilos ganhados nesses nove meses...E fazer uma dieta sem supervisão profissional pode ser perigoso para sua saúde.

Vá a um especialista

Após dar à luz muitas mudanças experimentadas pelas mulheres : uma vida nova , novos hábitos. Mas há algo que muitas mães querem voltar a ser como antes da gravidez : seu tamanho. Quem faz dieta por conta própria, coloca em risco a sua saúde e da bebé, já que  dimunui as energias da mãe, dificulta a recuperação dos tecidos depois do parto, aumenta os níveis de estresse e afeta o seu humor.

A diretora técnica da Nutrición Center, empresa especializada em assessoramente nutricional, Sara Jiménez,  afirma que “quando acabamos de ser mães não podemos tomar decisões irresponsáveis com nosso corpo como pular refeições ou tentar fazer dieta por nossa conta já que pode comprometer o estado de saúde da mãe provocando desequilíbrios nutricionais. Realizar uma dieta requer a supervisão de um profissional porque não todas as pessoas tem o mesmo metabolismo, nem as mesmas necessidades. Antes de começar, uma nutricionista faz uma avaliação geral de como está a pessoa e a partir daí estabelece uma dieta adequada. Por isso, a dieta que funciona para uma não funciona para outra pessoa, e fazer qualquer regime pode colocar em riso a saúde porque pode não atender as necessidades de cada uma”

Mitos e verdades do pós-parto

Mitos e verdades do pós-parto

Depois de nove meses de espera o seu filho está consigo … E agora? A maioria das mulheres preparam-se arduamente para a gravidez e para o parto, mas uma vez passadas essas etapas começa outra cheia de dúvidas: o pós-parto.

Muitas mães seguem aquilo que ouvem em relação ao que devem fazer. No entanto, grande parte dessas ideias não estão totalmente certas.

Em quanto o melhor momento de começar um plano pós parto, Sara Jiménez explica que a pratica de exercícios físicos pode começar depois d quarentena e a dieta no primeiro momento.

“Na Nutrición Center (NC), acrescenta, nosso departamento de I+D desenvolveu um Plano especñifico Posparto que tem como objetivo favorecer a recuperação saudável depois da gravidez e do parto. Os nutricionaistas avaliam as condições de cada mulher e, com base nas suas necessidades, elaboram recomendações com menus especializados, um tratamento cosmético para devolver a firmeza aos tecidos e uma tabela de exercícios para realizar com o bebé.

Os exercícios, por exemplos, estam adaptados a cada tipo de parto.  O mais importante é reforçar o assoalho pélvico porque a região que mais sifreu na hora do parto. Além disso, a tabela de exercícios de NC inclui um exercício para que o bebé sustente a cabeça, introduzindo uma rotina de exercícios para reforçar o vinculo entre mãe e filho.

Enquanto a dieta, pode se realizar desde o primeiro momento, já que as recomendações irão cobrir todas as necessidades da mãe independentemente  do momento em que se encontre”

Mães lactantes

As mãe que amamentam tem necessidades energéticas diferentes e sua eficácia metabólica aumenta, ou seja, gasta mais energia que uma mãe que não amamenta. Por isso que a dieta de uma mãe que amamenta e uma que não amamenta são diferentes, embora em ambos os casos preicam ser saudáveis e equilibradas.

Para as mães que estam dando o peito, os nutricionistas recomendam alimentos para cobrir os nutrientes necessários e que a saúde do bebé não seja afetada.  Por exemplo, incluindo todos os grupos de alimentos oferecendo uma dieta saudável e variada.

O plano também ajuda a reduzir o contorno e dá mais firmeza a pele com ajuda de um gel anticelulite e gem firmador. O primeiro atua contra celulite e gordura e redefine o contorno porque favorece a circulação e elimina o excesso de  fluido nos tecidos. Já o gel firmador tem um efeito tensor que aumenta a elasticidade da pele e diminui a flacidez, devido a ação de um dos seus componentes, elastina.

No caso de uma mãe que amamenta , os alimentos devem satisfazer as necessidades dos não só a mãe, mas também o bebé. Hoje sabemos que é suficiente para aumentar 100-200 kcal por dia sobre a mãe que não amamente para cobrir todas as necessidades energéticas ( consideravelmente menor do que até recentemente se pensava ). Mas é preciso ter atenção também ao que se come.  É preciso incluir na mesa todos os tipos de alimentos (grãos , frutas, legumes , peixe, carne, ovos , laticínios ...), a base de uma boa alimentação.

Além disso, deverá se ter em conta as necessidades de cada muher, recomendando alimentos para combater a retenção de líquidos, prisão de ventre, problemas na pele, etc.

Mães não lactantes

No caso de mãe que não amamentam, além do assessoramento nutricional que inclui complementos nutricionais de Nc que ajudam a melhorar a recuperação,  aportam energia necessárias e beneficiam  as articulações depois do parto.

No geral,  para ambos os casos, deve-se ter em conta as necessidades básicas de todas as mães neste período , tais como problemas de retenção de água ou de pele , recomendando alimentos que têm melhores efeitos para cada necessidade. Além de orientações gerais , nutricionistas avaliam questões específicas, tais como prisão de ventre , circulação, anemia e insônia , incluindo uma dieta benéfica para combater esses sintomas.

Além disso , o tratamento é complementado por uma tabela de exercícios simples para executar tanto sozinha, e acompanhada por seu bebê. Estes exercícios não só ajudar a recuperar a figura da mulher, mas também evitar mais situações como perda de urina ou relações sexuais dolorosas .

Como temos dito até agora , os alimentos devem ser sempre saudáveis e equilibrados , e claro este alimento servirá como alimentação para seu filho. Nesses momentos as mães precisam se recuperar de gravidez, o parto , e adaptar-se à nova situação , o que não é recomendado para pular refeições ou eliminar certos alimentos , o que poderia pôr em perigo a saúde da mãe .

É verdade que para as mães que não dão peito, pode ser mais difícil perder os quilos ganhados durante a gravidez ( que se acumulam para garantir a amamentação).

Quanto tempo demora para recuperar a forma?

 Essa é a grande questão que todas as mães fazem: Como rapidamente de volta para o meu peso? Mas a resposta não é o mesmo para todos, o tempo de recuperação depende das condições de cada mãe e como se executam. O que garante o plano Posparto é recuperar o corpo da milher de uma forma saudável, sem colocar em risco a saúde e prestando atenção a alimentação e atividade física.

“Além de recuperar a forma física- acrescenta Sara Jimenez- outro objetivo do Plano Pos Parto é que a mulher adquira hábitos saudáveis e se acostume a comer de forma saduável e fazer exercício físico regularmente para melhorar a qualidade de vida. Por isso, o mais conveniente é que, depois de recuperar o peso e a forma física, a mulher mantenha a alimentação saudável e a pratica de exercícios físicos. Não devemos nos esquecer que o padrão de vida saudável será limitado pelos filhos, e uma mãe, sempre querendo o melhor para eles.”

 

 

 

Fonte: Sara Jiménez, directora técnica de Nutrición Center, www.nutricioncenter.es.

Redação: Irene García


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×