Gravidez, aprenda a cuidar do peito!

Gravidez, aprenda a cuidar do peito!
Partillhar

Durante a gravidez são várias as alterações que ocorrem nos seios: aumentam de tamanho, aparecem estrias, as veias tornam-se mais azuladas, ficam mais sensíveis, etc. Para evitar futuros problemas e desconfortos, sobretudo na hora de amamentar, cuide muito bem dos seus seios desde o primeiro momento.

Alterações nos seios

O peito é uma das partes do corpo que mais variações sofre ao longo da gravidez e que mais indicações nos dá:

 

- Aumento do tamanho. Nos dias que antecedem a menstruação é muito comum que os peitos inchem e cresçam, mas também acontece o mesmo ao ficar grávida. Dessa forma, é comum que este sintoma de gravidez se confunda frequentemente com a chegada do período. No inicio da gestação acumula-se gordura nos seios e as glândulas mamárias aumentam de tamanho. É possível que às seis semanas as mamãs tenham aumentado consideravelmente de tamanho, inclusive um tamanho ou mais. Durante os três primeiros meses de gravidez os peitos continuam a aumentar preparando-se para a amamentação.

 

- Comichão e aparecimento de estrias. Ao aumentar o seu tamanho consideravelmente, é muito comum que apareçam as temidas estrias e que se sinta comichão na zona.

 

- Sensibilidade ao tacto. Para a maioria das mulheres um dos primeiros sintomas da gravidez é o desconforto nos seios, causado pela maior quantidade de hormonas femininas no corpo: prolactina, oxitocina, hormona lactogéna placental e luteinizante. Tornam-se mais sensíveis ao tacto, doem, incham …

No te puedes perder ...

Desenvolvimento da gravidez desde o primeiro mês: Parte II

Desenvolvimento da gravidez desde o primeiro mês: Parte II

A partir do momento em que fica grávida, o seu corpo começa a passar por uma imensidão de mudanças físicas e psicológicas. Em simultâneo, o seu bebé desenvolve-se dentro de si preparando-se para vir ao mundo. Conhecer todas estas mudanças ajuda a aproveitar mais este período da sua vida e a ter uma gravidez o melhor possível

 

- Veias maiores. Durante estes nove meses o volume de sangue da futura mãe aumenta até cerca de 50%, o que pode provocar que as veias do peito se tornem mais azuladas e se distingam melhor.

 

- Mamilos. Tornam-se mais escuros e notam-se mais.

 

- Aréolas. A pele que rodeia os mamilos também fica mais escura e cresce. As pequenas glândulas da superfície das aréolas elevam-se e tornam-se irregulares. Essas irregularidades produzem uma substância oleosa.

 

- Secreçãode calostro. Embora ainda falte muito para o momento do parto e para começar a amamentação, algumas mulheres começam a segregar calostro (o líquido que nutre o bebé nos primeiros dias depois de dar à luz antes que os seios comecem a produzir leite) a partir das 12 semanas. O calostro pode sair por si só, ao massajar o seio ou durante a excitação sexual. No inicio da gravidez este liquido pode ser espesso e amarelado. Ao aproximar-se o momento do parto torna-se mais pálido e quase incolor.

 

Conselhos

A amamentação, embora a maioria das pessoas pensem o contrário, não é a causa das lesões do tecido das mamas. A gravidez sim, que é quando se produzem as maiores alterações e, dessa forma, a altura de cuidar e mimar os seios.

O cuidado com os peitos durante a gestação ajudará a uma rápida recuperação depois do parto e a aliviar os possíveis desconfortos que originam as alterações hormonais e o seu crescimento. Os seus seios são ser o primeiro alimento do seu bebé e, dessa forma, cuidar deles trará benefícios para os dois. Aqui deixamos-lhe uma lista de conselhos essenciais que deverá seguir durante estes nove meses:

 

- Use um soutien especial. O soutien de maternidade alivia muitos desconfortos musculares. Compre-o preferencialmente em algodão, com alças largas. Inclusivamente para a noite existem soutiens especiais que deverá usar. Se não quer gastar mais dinheiro, pelo menos escolha um tamanho a mais do que usa normalmente para que se adapte ao seu novo tamanho.

 

- Hidratar desde o primeiro momento a pele dos seus seios. Assim evitará o aparecimento de estrias, que podem ser irreversíveis, a menos que recorra a laser. É necessário dedicar uns minutos por dia ao cuidado do peito e aplicar um creme hidratante através de massagens muito suaves. Também pode usar um creme anti-estrias a partir do terceiro mês de gestação. Deve usá-lo duas vezes por dia e até ao fim da gravidez. Depois continue o tratamento até que já tenha recuperado totalmente.

 

- Evite os sabonetes que podem provocar secura nos mamilos e no seu contorno, pois contribuem para criar gretas que são muito dolorosas.

 

- Use almofadinhas protectoras descartáveis ou laváveis se tem secreção de calostro. Deixe secar os seios ao ar duas vezes por dia e, sobretudo, depois de tomar banho.

 

- Tome duche com água morna e ao terminar aplique sobre cada peito água fria. Se não lhe agrada a água fria, pode sempre massajar com um bocado de gelo e assim estará a tonificar a pele.

 

- Se tem mamilos invertidos pode começar a moldá-lo suavemente com os seus dedos para facilitar a amamentação.

 

Atenção: As transformações nos seios durante a gravidez produzem-se em todas as mulheres grávidas, embora umas percebam mais que outras. Mas em situações de normalidade existem sempre alterações. Dessa forma, se uma mulher grávida não nota nenhuma variação no seu peito durante a gestação, deverá consultar um ginecologista pois pode ser um indicativo de algum problema que possa afectar a amamentação.

 

Exercícios para o peito

Nunca é demais que realize simples exercícios ou alongamentos para fortalecer os músculos do peito e assim evitar dores de costas. Realize-os apenas até que sinta uma tensão mediana, depois relaxe à medida que resiste ao alongamento. Nunca salte. Respireespaçadamentee de maneiranatural enquanto alonga.

 

- Exercício 1: Com a cabeça em posição recta e as costas direitas, une as suas mãos atrás das costas e sem deixar cair os ombros para a frente, estique os braços para cima e para trás. Aguente 10 segundos, depois relaxe.

 

- Exercício 2: Para em frente a uma porta, coloque ambas as mãos à altura dos ombros. Mexa a parte superior do seu corpo até que sinta um alongamento cómodo. Mantenha o peito e a cabeça para cima, com os joelhos levemente dobrados. Aguente 15 segundos, depois relaxe.

 

- Exercício 3: Sente-se com caídos de maneira relaxada ao lado. Suba os seus ombros fazendo força. Aguente 5 segundos, depois relaxe-os para baixo.  



Fecha de actualización: 10-11-2008

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>