Como se identificam os bebés na maternidade?

Como se identificam os bebés na maternidade?
Partillhar

Já toda a gente se deve ter questionado sobre qual será o protocolo utilizado nas maternidades para identificarem os bebés e para que não possam existir trocas. Para se evitarem possíveis erros todos os hospitais seguem regras de identificação que tornam uma troca praticamente impossível.

Protocolo de identificação

Hoje em dia é quase impossível que se confundam dois bebés recém-nascidos e que alguém saia do hospital com um filho que não é o seu. Assim que nasce é colocada uma espécie de pulseira no bebé, onde é escrito o nome da mãe. O mesmo se faz com a mãe, que deve ter uma pulseira com o nome ou alguma identificação do filho.

Se forem gémeos ou trigémeos faz-se a mesma coisa. Dessa forma, a mãe coloca uma pulseira de identificação por cada um dos seus filhos.

Várias Associações de pediatria reconhecem a importância de se colocar uma pulseira no recém-nascido assim que nasce. Para além disso, essas mesmas pulseiras devem ser colocadas correctamente para que não se abram com os movimentos das crianças. Esta identificação deve manter-se durante todo o tempo em que o bebé estiver no hospital.

No te puedes perder ...

Depois da separação, como explicar ao meu filho que tenho um namorado?

Depois da separação, como explicar ao meu filho que tenho um namorado?

Como se sentiria se tivesse 5 anos e ao chegar a casa a sua mãe lhe dissesse "Filho, este vai ser o teu novo papá"? Esta é a questão que muitos pais fazem quando decidem iniciar uma nova relação de casal e enfrentam a ideia de como apresentarem os seus filhos a uma nova pessoa que vai fazer parte da sua vida.

Também é aconselhável que a mãe e o filho entrem em contacto o quanto antes, inclusive na sala de partos, deixando o recém-nascido sobre o abdómen da mãe. Esta medida não só facilita o reconhecimento dos filhos por parte dos pais como também aumenta o vínculo afectivo entre ambos.

Existem hospitais na Europa, mais avançados tecnologicamente, onde já são utilizadas as impressões digitais para identificar os bebés e para impedir que existam trocas.

 



Fecha de actualización: 12-08-2008

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>