• Buscar
Publicidad

Tudo preparado para a chegada do bebé

Tudo preparado para a chegada do bebé

Por volta do sétimo mês de gravidez deveria começar a preparar tudo o que é necessário para a chegada do seu bebé. Não se deve esquecer que os partos não são pontuais e podem adiantar-se ou atrasar-se e, por isso, nunca é de mais preparar-se cedo para evitar o stress de última hora.

Publicidade

Índice

 

Preparando tudo o necessário para os primeiros dias do bebé

Tenho a certeza que já entrou em todas as lojas de artigos para bebés que puder com a intenção de apanhar todos os pequenos artigos em exposição. É fácil cair na tentação, mas terá de refrear os seus impulsos porque corre o risco de comprar mais do que o seu pequenino realmente precisa. Tenha em mente que quando nascer, ser-lhe-á dada muita roupa, para não mencionar que em breve não serão úteis, uma vez que crescerá mais rapidamente do que pensa.

A melhor maneira de acertar é pensar nas roupas durante os primeiros dias. Se não quiser que uma grande parte da roupa do seu bebé não seja utilizada, preste atenção. Dizemos-lhe o que realmente precisa, para que saiba aquilo que não precissa.

 

O que levar para o hospital onde irá dar à luz?

Ao preparar as coisinhas do bebé, não se esqueça de ter em conta o seguinte:

- Que tem roupas simples e confortáveis e suficientemente largas para adaptar-se ao grande crescimento do bebé nos primeiros meses.

- As roupas devem ser feitas de tecidos naturais, uma vez que os artificiais não absorvem a humidade.

- Evite decorar as suas roupas com laços ou fitas, pois isto poderia restringir os movimentos do bebé.

Embora a preparação do enxoval dependa do hospital (as regras variam seja público ou privado) e da época em que se vai dar à luz, como regra geral não se deve esquecer:

Enxoval (para 3-4 dias de internamento hospitalar).

√ 12-24 fraldas descartáveis

√ 6 camisolas de algodão ou batiste

√ 2 pijamas

√ 3-4 bodies

√ 6 cuecas de pano

√ 6 casaquinhos de lã

√ 3 botinhas ou 3 pares de meias

√ 6 babadores

√ 3 mantinhas

√ 1 xale

√ 1 casaco

√ 1 gorro

Articulo relacionado: Como preparar-se para a gravidez

√ 1 ou 2 chupetas

Higiene pessoal

√ 1 pente ou escova macia

√ 2 esponjas

√ 1 sabão para bebé

√ 1 creme de bebé

√ 1 óleo de bebé

√ 1 caixa de cotonetes

√ Tesoura com uma ponta arredondada especial para bebés

√ Toalhetes de limpeza

Transporte

Para além das roupas e artigos de higiene pessoal, há outras coisas a considerar. Quando tiver a alta precisará de ter uma cadeira de automóvel para transportar o seu recém-nascido para casa. Assegurar que o seu bebé está seguro no carro é vital, mesmo em viagens curtas. Para tal, certifique-se de que a cadeira auto é adequada ao seu tamanho (grupo 0) e que está em conformidade com os regulamentos actuais.

 

Como deve preparar a sua casa para a chegada do bebé?

Uma vez que saia do hospital, a última coisa que quer fazer é ir às compras. Portanto, prepare o essencial para que o seu bebé tenha tudo o que precisa quando chegar a casa.

Berço

√ 1 berço

√ 1 colchão firme

√ 4 conjuntos de lençóis

√ 4 resguardos absorventes

√ 1 manta de berço

√ 1 colcha

√ 1 protector de berço

Mini-berço

√ 1 mini-berço

Articulo relacionado: Obesidade e gravidez

√ 1 colchão firme

√ 2 conjuntos de lençóis

√ 2 resguardos absorventes

Carrinho de passeio

√ 1 manta para carrinho de bebé ou saco

√ 1 colcha

√ 1 xale

√ 1 bolsa para transportar as necessidades do bebé (muda de roupa, fraldas, biberões...)

√ protector para a chuva

Higiene pessoal

√ Gazes esterilizadas

√ Banheira de plástico

√ 2 toalhas de banho macias e fofas (melhor se tiverem capuz)

√ 2 toalhas pequenas

√ 1 pente ou escova macia

√ Tesouras com pontas arredondadas

√ Termómetro de banho

√ 2 esponjas naturais (um para quando mude as fraldas e outro para o resto do corpo).

√ Champô e gel de lavagem suave para bebés

√ Leite hidratante

√ Óleo para bebés

√ Creme para o traseiro do bebé

√ Colónia especial para bebés

√ Toalhitas para bebés

√ 1 aspirador nasal para bebés

√ Cotonetes

√ Fraldas para recém-nascidos

Roupa

√ 5 ou 6 bodies

√ 3 suéters

√ 3 casaquinhos

√ 3 pijamas

√ 6 botinhas ou 6 pares de meias

Alimentação

√ 1 biberão

√ 1 aquecedor de biberões

√ 1 esterilizador

√ 1 bomba de leite

√ tetina para mamilos

√ 2 chupetas

√ Almofada de aleitamento materno

 

Dicas para fazer as compras certas

- As camisolas devem ser feitas de algodão muito fino, uma vez que estão em contacto com a pele delicada do bebé. É aconselhável que tenha velcro ou botões na parte de trás.

- A saia é uma peça de vestuário muito prática quando se muda o bebé.

- Tenha cuidado para não misturar a roupa do bebé con a roupa de adulto, especialmente na máquina de lavar.

- Se ainda não tiver uma almofada de aleitamento, talvez seja altura de comprar uma. Não só será mais confortável quando alimentar o seu bebé, como também tornará o seu descanso durante as últimas semanas de gravidez muito mais fácil.

- Mesmo que pense que vai amamentar, não faz mal ter biberões só por precaução. Há provavelmente alturas em que não poderá alimentar directamente o seu bebé, por isso é melhor tirar o seu leite e deixá-lo pronto a dar ao seu bebé. Seria melhor se tivesse mais de um biberão, para que seja mais conforátavel e não tenhra de estar a esterilizar constantemente.

- Quanto aos produtos de higiene que utiliza com o seu bebé, devem ser especiais para a pele dos bebés, uma vez que é mais delicada. É também melhor se forem produtos naturais.

- Quando lavar a roupa do seu bebé à mão, use sabonetes neutros e esqueça substâncias branqueadoras, pois podem irritar a sua pele delicada.

- Temos frequentemente a tendência de vestir demasiado ao bebé. Para verificar se o seu bebé está suficientemente quente, as suas mãos e pés devem estar quentes, mas ele não deve suar. Quando o fazem, é um sinal de que estão con demasiada roupa, o que o deixará desconfortável.


Centro de preparação ao parto Valle36.

Fecha de actualización: 10-02-2021

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×