Dieta para grávidas com sobrepeso

Dieta para grávidas com sobrepeso
Partillhar

A obesidade aumenta o risco de algumas doenças como preclampsia, diabetes gestacional, infecções pós-parto, etc. Assim como outras complicações para a saúde do bebé.

A gravidez não é o melhor momento  para começar um regime de emagracimento. A mãe necessita dos nutrientes adequados para garantir o desenvolvimento do bebé. Por isso, uma gestante não tem que restringir a ingestão de calorias, já que um déficit de nutrientes tem como consequência, entre outras coisas, a alteração do desenvolvimento neural do feto.

O melhor seria que a mulher emagreça antes de ficar grávida,  sempre seguindo um restrito controle médico e conselhos de um nutricionista. Não se deve fazer nenhuma dieta milagrosa , já que estas dietas contribuem para perda de  nutrientes essenciais.

Além disso, é recomendável fazer algum tipo de exercício físico, tanto antes da gravidez, quanto durante os 9 meses. Aliás, perder alguns poucos quilos poderá contribuir para redução de riscos de complicações durante a gravidez.

Uma vez que tenha engravidado, é necessário controlar ao máximo o aumento de peso e a dieta, para não engordar mais de 8 quilos e que a maior parte deste ganho seja no último trimestre, para que seja direcionado ao crescimento do bebé.

Os alimentos básicos deste caso são:

- Frutas, frescas e da temporada, lavadas e com pele

Alimentação infantil: comer com as mãos!

Alimentação infantil: comer com as mãos!

Quando o bebé faz os sete ou oito meses a sua alimentação já será composta por alimentos sólidos. Dessa forma, quando tiver entre nove a 12 meses provavelmente quererá começar a comer sozinho, mas como até aos 15 meses, no melhor dos casos, será incapaz de manusear a colher correctamente, é o momento de oferecer-lhe comida para petiscar com as mãos de forma a ajudar a criança a participar activamente no processo de alimentação.

- Verduras e hortalizas, pelo menos uma porção por dia ( as saladas é uma boa opção)

- Leite , de preferência desnatado ,  rico em cálcio .

- Cereais ,com moderação, preferencialmente integral

- Legumes, combinados com vegetais, em quantidade e frequencia estabelecida na dieta. Esqueça o chorizo e a linguiça.

- Carnes bramcas e na chapa, no forno ou  na grelha. Diga adeus as carnes com gordura e evite os óleo


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×