O peso de uma gravidez de gêmeos

O peso de uma gravidez de gêmeos
Partillhar

Se você está esperando dois bebés, três ou mais, é normal que você ganhe mais peso que uma grávida de um bebé só. Mas, este aumento não corresponde unicamente ao outro bebé, mas também a uma placenta extra e mais quantidade de líquido amniótico. Sabe como cuidar da sua alimentação?

Nestes casos o que você come e a forma correta do aumento de peso são essenciais para um desenvolvimento ótimo da gravidez e do parto.

Nessas gestações múltiples geralmente tem mais fome nos primeiros meses, e é frequente engordar mais na primeira etapa,  não significa que você deva comer para 3 ou 4, mas terá que trocar seus hábitos alimentares multiplicando o consumo de certos nutrientes.

Geralmente se recomenda aumentar uns 11 quilos antes da semana 24 e depois subir gradualmente de peso até o final da gravidez.

Embora metade das gestações de gêmeos transcorra sem nenhum tipo de incidência, são estatísticamente mais complicados que as únicas, por isso são consideradas de alto risco e é preciso fazer um controle mais de perto.  Serão feitos mais exames e mais visitas pré-natais, para comprovar que qualquer problema derivado da alimentação,  comprovando o nivel de glicose e ferro principalmente, já que gestantes múltiplos tem mais risco de padecer de diabetes gestacional, redução de crescimento intrauterino, pre-clampsia, anemia...

Necessidades extras das grávidas de multiplos

Logicamente a ingestão de calorias  na gestação de gêmeos deve ser maior.  Esta energia extra não só é necessára para assegurar  o desenvolvumento dos fetos, mas também para lidar com suas atividades diárias.

No te puedes perder ...

A 3ª semana de gravidez

A 3ª semana de gravidez

Apesar de não saber que está grávida, o teu bebé cumpre uma semana de vida e vai continuar a crescer e a desenvolver-se. O blastócito implanta-se no endometrio e forma a placenta, já o líquido amniótico começa a juntar-se formando um saco.

O recomendável é consumir aproximadamente 300 calorias mais ao dia que uma grávida de um só bebé. Ou seja, no total, umas 2.700 ou 2.800 kcal diárias.  No entanto essas quantidades dependem o peso anterior e da atividade física realizada para cada mulher. O ginecologista  e obstetra serão responsáveis por dizer o que cada grávida deve comer.

O aumento da ingestão de proteínas , essenciais para a formação de tecidos de fetos e volume de sangue também é aconselhado . O menu diário não deve faltar , pelo menos, 110 g de proteína no caso de gêmeos duplos  de espera e 150 g eles são trigêmeos.

A gravidez de múltiplos também requer uma hidratação maior. Beber mais líquidos assegura uma nutrição adequada para os bebés.

A gravidez de múltiplos também exigem quantidades adicionais significativas de ferro , pelo menos, 30 mg diários . A anemia por deficiência de ferro é mais comum em gestações múltiplas. Ela provoca cansaço extremo na mãe e suprimento de oxigênio reduzida para o bebê que poderia aumentar o risco de parto prematuro . Suplementos vitamínicos e minerais , provavelmente, serão necessários, à medida que mais quantidades de cálcio, ácido fólico e vitaminas durante a gravidez também serão  necessárias .

Aumento de peso em gravidez múltipla

Para peso normal ( IMC entre 19,8-26 )

 

Aumento Kcal /día

Aumento peso/semana

Aumento total kilos

Gêmeos

600 - 660

700 g

16 – 20 kg

Trigêmeos

1.000

900 g

23 - 27 kg

Único

300

440 g

12 kg

 

 

 

Os desconfortos também se multiplicam por dois

Infelizmente, os níveis elevados de hormônio gestações gemelares realizar efeitos físicos graves.

É normal sentir-se mais cansado durante os primeiros meses e náuseas e vômitos podem ser mais intensos. A azia também é  comum, porque o útero é maior e empurra o estômago. Assim, causa mais desconforto do tipo digestivo.



Fecha de actualización: 20-04-2015

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>