• Buscar
Publicidad

Reduzir o abdômen depois do nascimento por cesária

Reduzir o abdômen depois do nascimento por cesária

Quanto é que demora a mulher em voltar ter seu corpo depois do parto? Ainda mais por cesária? Existem exercícios para reduzir o abdômen? Vamos resolver todas essas dúvidas para que possas ter uma figura perfeita.

Publicidade

Índice

De volta com a normalidade...

Logo do nascimento muitas mulheres ficam surpresas do seu corpo porque ainda está como se continuassem grávidas. É uma coisa normal, tanto os músculos do útero como a pele demora um tempo em conseguir seu estado habitual (normalmente umas 4 semanas).

Esse tempo, chamado de quarentena, as mudanças hormonais fazem que a parte central do abdômen descreça de tamanho. Cada uma das celular que aumentaram durante a gestação soltam o líquido em forma de urina, secreções vaginais e pelo suor.

Além disso, quando se realiza uma cesária o tempo de recuperação é maior porque se cortaram os músculos anteriores ao abdômen.

Exercícios para tonificar o abdômen

Muitas mulheres conseguem recuperar seu peso anterior mas continuam sem ter a musculatura anterior. Para tonificar o abdômen é muito necessário ser constante e fazer exercício cada dia. Além disso, fazer algum desporto que ajude reduzir gordura, como caminhar, footing, bike, natação...

Exercício de Kegel: ajudam com a tonificação da pélvis. Não deves começar esse exercícios até não ter passado o período de quarentena.

Abdominais: teu médico indicará se estás pronta ou não para fazer os exercícios. Normalmente, não é aconselhável fazer antes dos seis meses mas se é depois de uma cesária podes começar antes.

- Senta no chão com os joelhos flexionados, os pés apoiados no chão e os braços estendidos frente a ti. Inclina-te para atrás.

- Deita com os joelhos flexionados. Dirige a mão direita até o joelho esquerdo e conta até cinco. Faz de novo o exercício com a outra parte do corpo.

- Deita no chão, boca para cima, com os pés separados e os joelho flexionados. Põe as mãos detrás da cabeça e sobe todo o que consigas, mantendo a zona lombar no chão

Deves realizado esses exercícios umas 6 ou 8 vezes, durante 10 minutos ao dia e 4 vezes por semana.

Se eres constante em um mês verás os resultados.

- A bike: destinado trabalhar a zona abdominal. Deita boca para cima e põe os dedos das duas mãos detrás da cabeça. Com os joelhos no peito, levanta as escápulas sem machucar o pescoço. Coloca a perna esquerda em anglo de 45° enquanto dobras o corpo para esse lado, leva o cotovelo esquerdo até o joelho direito. Troca o lado. Continua alternando ambos lados até fazer umas 10-15 repetições.

- A cadeira do capitão: Trabalha os abdominais retos e oblíquos. Senta no chão com uma cadeira nas costas e estica as pernas. Asegurate nas patas da cadeira e contrai os abdominais tanto, que levantes as pernas do chão.

- A bola: Tonificar os abdominais retos. Deita boca para cima com uma bola de exercícios nas costas. Os braços sobre teu peito ou detrás da cabeça. Contrai os abdominais para descolar o corpo da bola, puxa a parte inferior do corpo até a cadeira. Tenta manter a estabilidade.

Dieta de acompanhamento

Embora a dieta é a melhor companhia ao exercício, deverás demorar uns meses para fazer dieta por causa da latancia materna e pelos esforços do parto. Teu corpo deve se recuperar ainda do parto e se adaptar às novas mudanças hormonais.

Quando fores fazer a dieta, nunca deves ingerir menos de 1200 calorias diárias. Uma mulher precisa entre 1800 e 2200, o recomendável é reduzir ao redor de 500 calorias.

Cirurgia estética

Se apesar de fazeres os exercícios, passa o tempo mas não recuperas nada, sempre podes fazer cirugia estética. Não obstante deves saber que não é barato, o preço é ao redor de 4000 € e segundo o Dr. Pere Taverna Muscolas, Chefe do Serviço de Cirugia Plástica da Clínica Cima, não se deve fazer cirugia se se pensa ter mais bebés. Não porque seja ruim para a saúde se não porque voltarás ter a barriga sem tonificação.

O melhor é uma abdominoplastia que consiste em tirar o excesso de pele e gordura e fechar os músicos do abdômen. A cicatriz é muito pequena.

Depois do parto, se deve esperar pelo menos 6 meses, melhor se é um ano.


Smulders, Beatrijs (2010), Posparto seguro y los primeros meses tras el parto, Ed. Medici.

Sanitashttps://wwwo.sanitas.es/sanitas/seguros/es/particulares/biblioteca-de-salud/embarazo-maternidad/posparto/perder-barriga-pstparto.html

Fecha de actualización: 03-09-2020

Redacción: Lola García-Amado

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×