• Buscar
Publicidad

Alimentos abortivos durante a gravidez

Alimentos abortivos durante a gravidez

Não existem alimentos que causem um aborto natural, porém se existem alguns alimentos que podem contagiar listeria, uma doença abortiva. Aliás, existem algumas plantas que é melhor evitar.

Publicidade

Índice

Alimentos que deves evitar

Durante a gravidez não podes consumir carne cru, alimentos lácteos sem pasteurizar ou frutas e legumes cruas sem antes lavar.

Não se podem consumir porque todos esses alimentos podem estar infetados por uma bateria conhecida como listeria monocytose, que causa a famosa infeção da listeriosis. Essa bateria pode atravessar a placenta e infetar o bebé,  provocando entre outras coisas um aborto. Também pode provocar malformações, morte dentro do útero, hipertrofia ou parto prematuro.

Por isso, é bom que durante os meses de gravidez evitares as carnes malfeitas, fiambres não cozinhados, queijos e patê sem pasteurizar. Deverás lavar com um pouco de lixívia alimentaria as frutas e legumes para evitar o contágio de listeria.

Plantas abortivas

É verdade que muitas plantas são perigosas durante a gravidez porque podem causar aborto. Algumas precisam ser consumidas em grandes quantidades, mas outras, são perigosas experimentando só um pouco delas.

- Absinto: tem fortes efeitos, estimula o fluxo sanguíneo na área da pélvis e do útero. Além disso, contém um azeite essencial que provoca o aumento da circulação sanguínea.

Outras plantas com essas propriedades abortivas são a sálvia, a ruda, o boldo ou a milenrama.

- Tanásia: é muito perigosa porque seu conteúdo em thujone é muito alto.

- Noz-moscada: também nada aconselhada por seu alto conteúdo em miristicina, que pode ser tóxico para o feto.

- Sementes de salsinha: seu consumo não é recomendado em mulheres grávidas porque tem apiol, um abortivo, e outros azeites essenciais perigosos. A planta não é perigosa porque apenas contém aceites essenciais, mas melhor não abusar.

- Funcho: também é alto em apiol.

- Arruda: é muito abortiva e tóxica por seu alto conteúdo em vasicina

- Salsão: contém apiol, que em excesso resulta abortivo.

- Fárfara: é uma planta com propriedades abortivas.

- Verbena: também tem propriedades abortivas que estimulam os músculos abortivos.

- Tasrraguillo: utilizada tradicionalmente pelos pastores para conseguir o aborto das cabras.

- Chicalote amarelo: perigosa por seu alto conteúdo em proptopina, um alcalóide com propriedades abortivas.

Plantas aromáticas e especiais: algumas plantas aromáticas e especiais também podem ser abortivas, mas só em quantidades excessivamente grandes.

Açafrão, orégano, cominho, sálvia, romero, lavanda, menta piperita, hissopo ou manjericão.


Glosario

Toxoplasmose

Definição:

Doença infecciosa ocasionada por um parasita (Toxoplasma Gondii) que se encontra na carne crua e nas fezes dos gatos.

Sintomas:

Nos adultos podem ser leves e similares aos que produz a gripe.

Tratamento:

Fármacos.

Federación de Asociaciones de Matronas de España.

Fecha de actualización: 03-09-2020

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×