Ficar grávida as 40 anos

Ficar grávida as 40 anos
Partillhar

A decisão de ser mãe é cada vez mais postergada, uma em cada cinco mulheres tem seu primeiro filho depois dos 40 anos. Estas gestações são consideradas de alto irsco, mas são possíveis e saudáveis se a mãe prepara seu corpo antes da concepção para contar com uma boa saúde física e mental.

Problemas para concepção?

A idade mais fértil de uma mulher é por volta dos 25 anos. A partir dos 35 começa a diminuir  ao mesmo tempo que aumenta o tempo que demora para concepção. Isso acontece porque dimunuiu o número de ovocitos, que envelhecem e porisso que fertilidade é menor.

A idade da mãe também influencia já que apartir dos 40 anos a quantidade e qualidade dos espermatozóides começam a diminuir e esta diminuição aumenta dramasticamente uma vez que se chega aos 50.

 Não obstante a hora de analizar a questão, não devemos considerar somente a idade. É preciso considerar também outras variáveis  de muito peso:  a saúde neste caso deve ser um fator importante, já que uma pessoa de 40 anos com o corpo livre de doenças e maus hábitos tem mais possibilidades de ter uma gravidez de sucesso que uma mulher com alguma doença e hábitos pouco saudáveis.

A frequência das enfermidades genéticas também aumenta com a idade. Se aos 25 anos uma mulher tem uma probabilidade entre 1.250  de ter um bebé com síndrome de Down, aos 40 anos esta probabilidade aumenta de uma a cada 106.

O risco de sofrer um aborto espontâneo também é maior, ais 30 anos as chances são de 12% e aos 40 anos é de 30%. No entanto, o perfeicionamento da medicina e as mudanças socio-culturais incentivam as mulheres que decidem dar à luz depois dos 40 anos .

No te puedes perder ...

Métodos anticoncepcionais durante a amamentação

Métodos anticoncepcionais durante a amamentação

Apesar de ser quase certo que durante os primeiros meses de dar peito é muito difícil ficar grávida, pode-se produzir um parto imprevisto embora ainda não esteja consciente de que lhe voltou o período. Por isso, se ainda não quer ter outro filho, o mais seguro é que procure um método anticonceptivo compatível com a amamentação.

Cuidados com a gravidez

Com esta idade algumas doenças são mais frequêntes como a hipertensão arterial, a diabetes, hipercolesterolemia, alterações da função da tiróide ( hipotiroidismo ou hipertiroidismo ) ou inconveniente para manter um peso saudável . Atualmente é possível usar tecnologias médicas que podem ajudar a diagnosticar doenças, evitar a sua ocorrência antes da gravidez.

Outras doenças tem menor incidência na gravidez nesta idade são a hipertensão arterial, a pré-eclâmpsia ( hipertensão induzida pela gravidez ) ou diabetes gestacional , mas dependem da história anterior da mãe.

Os problemas na placenta, especialmente a placenta prévia, são mais prováveisem mulheres que estão nesta idade: 3 vezes mais frequente que em mulheres com menos de 30 anos.

As possibilidades de ter um parto de cesárea também aumentam com esta idade. De acordo com vários estudos as mães iniciantes de mais de 40 anos tem o dobro de chances das mães de mnos de 30 anos de ter um parto de cesárea. Embora também há opções que consideram que em ocasiões se abusa desta prática e se opta pela cesárea quando não é necessárea, já que se considera que, devido a idade da mulher, é muito pouco provável que tenha mais filhos.

Da mesma maneira que é mais comum ter um parto prematuro. Os estudos indicam que o percentual de partos antes das 40 semanas de gestação gira entorno de 40% para as mães com mais de 40 anos. Além disso, também há o risco de partos normais, de ter filhos com baixo peso ao nascer. A incidência de gêmeos também é maior, tanto por técnica de reprodução assistida, como por natureza, já que os ovários das mulheres mais velhas liberam mais ovocito por ciclo, por isso as probabilidades de um parto prematuro nestes casos também aumentam.

Por tudo isso é fundamental levar uma vida saudável e estar com a saúde perfeita antes de ficar grávida, e ter um controle exaustivo de todo o processo da gestação.

Meses antes da concepção convém ter uma consulta com o ginecologista para descartar qualquer condição prévia , controle de peso e começar a tomar suplementos de iodo e ácido fólico para prevenir defeitos do tubo neural e garantir o desenvolvimento adequado do cérebro .

Deve levar uma dieta saudável rica em vitaminas e minerais . Se você manter um peso saudável antes da concepção e durante a gravidez irá reduzir as chances de complicações na gravidez , embora não permitiram eliminar completamente.

O exercício é essencial para manter seu corpo ativo e seus músculos pronto . Natação, caminhadas , yoga ... Há certas doenças associadas à gravidez , como dores nas costas , o que aumentou com a idade. Mas o exercício vai ajudar a aliviar o desconforto e estar apto para o parto

Em uma vida regrada em todos os seus aspectos, dieta, atividade física, sono e estabilidade emocional , juntamente com a cooperação do casal , é a melhor fórmula para uma gravidez saudável em qualquer idade.

Vantagens e incovenientes de ser a mãe aos 40 anos

Geralmente se escuta que a idade ideal da gravidez se encontra entre os 20 e 30 anos de idade. Na realidade, a idade ideal é aquela em que o casal está o suficientemente maduro para tomar decisão tão importante que é ter um filho. Dia a dia é mais frequemte que os casais, principalmente por motivos de trabalho ou realização profissional, comecem a pensar em ter filhos mais perto dos 40 anos.

As futuras mães de 40 anos contam com mais informação e  exigem aos médicos mais respostas as suas dúvidas. Tendem a ser mais consciente dos riscos inerentes à gravidez e geralmente querem todos os testes possíveis feitas para descartar qualquer problema . Controlam cuidadosamente a sua gravidez e tentar preparar da melhor forma possível para o momento do parto.

A maturidade para lidar com a maternidade é maior.  Se tem mais serenidade e paciência. A estabilidade emocional, familiar e econômica também é maior.

No entanto, as mulheres mais velhas geralmente têm responsabilidades de trabalho , de modo que os desconfortos da gravidez pode afetá-la mais psicologicamente. Este novo estado muda radicalmente seu esquema de vida , assim também ocorre com mais freqüência a depressão pós-parto.

Além da diferença de geração entre mãe e filho poderia implicar uma falta de energia para assumir a função maternal , uma maior distância emocional e órfãos prematuros.

No entanto, a sociedade mudou e esta situação é cada vez mais comum . Para garantir o êxito de uma gravidez nessa idade , você só tem que assumir os riscos , muito cuidado e lidar com as mudanças que representava um bebê na vida de qualquer pessoa.

 



Fecha de actualización: 18-05-2015

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>