Gravidez e anemia, como ultrapassar este problema

Gravidez e anemia, como ultrapassar este problema
Partillhar

A falta de ferro durante a gestação é muito comum entre as futuras mães, tanto que se conhece como anemia gravídica. O aumento do volume de sangue da grávida e das necessidades de ferro estão por detrás das causas desta doença, que embora não seja grave para o feto pode provocar um parto prematuro e bebés com baixo peso ao nascer, isto para além do cansaço e sonolência da mãe enquanto sofre deste problema. Uma dieta rica neste mineral assegura evitar esta doença.

Porque se produz a anemia?

A anemia é uma doença na qual a quantidade e o tamanho dos glóbulos vermelhos da mulher são inferiores aos valores normais. A causa mais comum desta dolência é a falta de ferro. A função deste mineral é formar parte da hemoglobina, uma proteína dos glóbulos vermelhos encarregue de transportar o oxigénio pelo sangue até aos distintos tecidos da mãe e do bebé, pelo que é fundamental para um bom desenvolvimento fetal e um correcto estado de saúde materno.

Durante a gravidez o corpo precisa de uma maior quantidade de ferro e quando não a consegue produz-se a anemia. Desta forma, é uma doença muito comum entre as grávidas, tanto que é conhecida como a anemia gravídica e é causada por um aumento de 50% no volume sanguíneo da mulher.

Os seus sintomas nem sempre são claros e por vezes confundem-se com outros sintomas comuns na gravidez, como a taquicardia, a fadiga e a má disposição. A anemia leve provoca cansaço, palpitações e sonolência. No grau moderado existe taquicardia, palidez, sudoração e dificuldades em respirar. Com umas simples análises de sangue pode-se tirar as dúvidas, pelo que durante a gestação realizam-se vários exames para avaliar o nível de anemia: uma vez durante a primeira visita pré-natal e de novo entre as semanas 24 e 28.

No te puedes perder ...

Dormir mal, um problema de muitas crianças!

Dormir mal, um problema de muitas crianças!

As insónias são uma doença que pode chegar a desequilibrar completamente a vida de uma pessoa. No entanto, quando é o seu filhote a sofrer deste problema pode ser algo pior. De facto, para muitas pessoas não poder dormir como deve de ser à noite por causa dos seus bebés é uma questão fundamental para planear muito bem o facto de se ter filhos. Por isso, damos-lhe alguns conselhos e regras a seguir para solucionar este problema.

Considera-se anemia a uns valores de hemoglobina inferiores a 11g/dl no primeiro e terceiro trimestre e menos de 10,5 g/dl no segundo trimestre.

A anemia, a menos que seja grave, não é prejudicial para o bebé. No entanto, a deficiência de ferro está directamente relacionada com um maior risco de nascimento prematuro e baixo peso ao nascer.

Tratamento

A solução para este problema é a ingestão extra de ferro através de uma dieta rica neste mineral e de suplementos. A quantidade de ferro recomendada duplica-se durante a gravidez e passa aproximadamente de 18 miligramas para 27 miligramas por dia.

Prevenção

A única maneira de prevenir a anemia é assegurar uma dieta rica em ferro. Alguns alimentos que contêm em quantidade abundante este mineral são:

Carnes vermelhas

Mariscos

Aves (carne escura)

Cereais para o pequeno-almoço, massas e pães enriquecidos

Aveia enriquecida com ferro

Espinafres e outras verduras de folha verde

Figos, passas, etc.

Os alimentos que contêm vitamina C podem aumentar a quantidade de ferro que o corpo absorve. Por esta razão é aconselhável tomar alimentos como laranjas, tomates e morangos. O café e o chá, as gemas dos ovos e o leite evitam a absorção de ferro, pelo que não são recomendáveis para pessoas com anemia (ou pelo menos deve evitar-se o seu consumo).

Cuidado com os suplementos de ferro!

Alguns suplementos de ferro podem produzir acidez, obstipação ou náuseas. Os seguintes conselhos podem ajudar a evitar ou a aliviar estes sintomas:

- Tomar os suplementos com a comida.

- Comece com doses pequenas até chegar à dose recomendada pelo médico. Por exemplo, trate de tomar um suplemento por dia nas primeiras vezes. Quando não sentir nenhum desconforto aumento a quantidade.

- Experimente marcas diferentes para averiguar qual funciona melhor. Assegure-se de falar com o seu obstetra antes de realizar qualquer alteração.

- Não tome os suplementos antes de ir dormir.

- Combata a obstipação aumentando a quantidade de água que bebe e coma mais fibra. A fibra encontra-se nos alimentos integrais, cereais, frutas e verduras.

 
 



Fecha de actualización: 22-09-2008

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>