Listeriose e toxoplasmose, cuidados a ter com a alimentação

Listeriose e toxoplasmose, cuidados a ter com a alimentação
Partillhar

Tomar as devidas precauções na alimentação deve ser uma das suas prioridades durante a gravidez. Uma alimentação adequada ajuda em grande parte a não sofrer complicações durante os nove meses e a que o seu filho nasça saudável. Existem estudos que demonstram que algumas infecções, associadas à alimentação, podem provocar má-formações no feto. Entre elas encontram-se a listeriose e a toxoplasmose.

O que é a listeriose?

A listeriose é uma doença provocada por uma bactéria chamada listeria monocytogenes. É uma afecção dos animais transmitida ao homem que, geralmente, prejudica as mulheres grávidas, mais propícias a desenvolvê-la, especialmente no sétimo mês de gestação.

Contágio

A listeria encontra-se no aparelho gastrointestinal do gado, frangos, porcos, patos, etc. A forma de contágio mais frequente é a via digestiva, isto é, através do consumo de produtos contaminados derivados destes animais (normalmente carne pouco cozinhada, alimentos lácteos não pasteurizados ou frutas e verduras em contacto com fezes de animais). A bactéria pode atravessar a placenta e infectar o bebé podendo provocar, na pior das hipóteses, um aborto.

Riscos

Apesar de tratar-se de uma patologia que afecta uma percentagem muito reduzida de mulheres (uma em cada 200) e não apresenta riscos graves, bem pelo contrário, trata-se de um perigo bastante elevado para o bebé. Num terço das ocasiões causa a morte intrauterina, noutra proporção semelhante, hipotrofia e em todos os casos parto prematuro. No entanto, os efeitos desta bactéria dependem da rapidez com que se detecta o problema, já que com um tratamento adequado no momento indicado o bebé tem todas as possibilidades de permanecer saudável.

No te puedes perder ...

O meu bebé com 12 meses

O meu bebé com 12 meses

O bebé já tem um ano de vida, vai crescendo rapidamente e também evolui muito rápido. Começa a mexer-se com independência e a explorar o mundo que o rodeia. Também a sua linguagem evoluiu: já é capaz de pronunciar palavras com sentido e compreende ordens simples. Ajude o seu filho no seu desenvolvimento e estimule o seu crescimento o mais que poder.

Sintomas

A listeriose pode apresentar-se com sintomas parecidos aos da gripe: uma febre alta, muita congestão, dores de cabeça, dores de garganta e mal-estar geral, assim como desencadeamento do trabalho de parto. Estar alerta é fundamental porque quanto mais a infecção sobrevive maior será a probabilidade de morte fetal.

Tratamento

Se suspeita de que padece de listerose e se esta for descoberta a tempo, pode curar-se com antibióticos.

Prevenção

Apesar de se tratar de uma afecção benigna para a mãe, o risco que o bebé corre é suficientemente alto para começar a tomar as devidas precauções na hora de sentar-se á mesa. Evite consumir leite e produtos não pasteurizados derivados deste, como alguns queijos (camembert, queijos azuis, etc.). Ingira apenas aqueles que foram elaborados com leite pasteurizado. Exclua a carne crua ou pouco cozinhada, o que inclua a charcutaria e o presunto curado. Lave muito bem as frutas e verduras, bem como as suas mãos antes de cozinhar ou começar a comer.

O que é a toxoplasmose?

A toxoplasmose é causada por um parasita presente nos excrementos dos gatos e cães e na carne crua contaminada, chamado toxoplasma gondii.

O contágio produz-se através da ingestão de substâncias ou alimentos contaminados pelas fezes dos gatos ou carnes portadoras do parasita.

A toxoplasmose afecta principalmente aquelas mulheres que convivem com gatos antes e durante a gravidez, já que este animal é o principal hospede do parasita causante desta patologia.

Riscos

Tão pouco é uma doença perigosa para a mãe, mas pode acarretar congénitos no feto se esta entra em contacto com o parasita, não apenas durante a gravidez mas também precisamente antes de engravidar.

Durante o primeiro trimestre as possibilidades de que o bebé se contagie são escassas, mas se acontecer os danos provocados são severos (danos irreversíveis no sistema nervosos central, surdez, cegueira, hidrocefalia, microcefalia, atraso no desenvolvimento psicomotor, etc.). À medida que a gravidez avança as probabilidades de contágio são maiores, mas as consequências são menos graves. Assim, no último trimestre o bebé tem grandes possibilidades de ser infectado, mas o dano que a infecção poderá provocar é menor.

Sintomas

A desvantagem da toxoplasmose é que se trata de uma doença praticamente assintomática, ou seja, raramente apresenta sintomas característicos, pelo que a forma de detecção é através de análises ao sangue que irão determinar se existe ou não o parasita. Nas futuras mães os sintomas não são evidentes, mas em algumas ocasiões pode aparecer febre ou uma ligeira inflamação dos gânglios linfáticos.

Tratamento

A infecção da toxoplasmose materna pode-se tratar com êxito através de antibióticos. Quanto mais cedo for descoberta e tratada menor será o perigo de infecção do feto. Em qualquer um dos caos o seu médico será o melhor conselheiro.

Prevenção

Como pode ver, a gravidez não é o melhor momento para ter um gatinho. Se já o tinha tem a desculpa perfeita para não ser você a tratar de trocar-lhe a areia. No entanto, se não tem outro remédio senão ser você a fazê-lo, utilize umas luvas e lave cuidadosamente as mãos depois de mexer no gato. Utilize também luvas cada vez que trabalha no jardim. Ao consumir carne pouco cozinhada corre o risco de expor-se a esta parasita. Dessa forma, assegure-se de que cozinha muito bem os alimentos e que lave muito bem as mãos para acabar com ele.



Fecha de actualización: 10-04-2008

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>