O cansaço depois da chegada do bebé: aprenda alguns truques para controlar o stress

O cansaço depois da chegada do bebé: aprenda alguns truques para controlar o stress
Partillhar

O bebé já nasceu e você não consegue ter tempo nenhum para si. Entre as fraldas, os biberões, os banhos... de si depende agora uma criança. Não podemos negar que ter um bebé pode ser stressante e a sua condição física e mental irá reflectir-se nele. Como sabe, quanto mais continuado for o seu sono, mais centrada estará e mais fácil será para si o dia-a-dia. Foque-se na unidade familiar e não se distraia com coisas que não interessam. Recorde-se dos mecanismos de controlo de stress que praticou durante a gravidez, serão igualmente uteis agora!

Como a maioria das mães, estará preocupada com o facto de tentar perceber as necessidades do seu bebé. No entanto, é normal que esteja confusa na hora de satisfazer as suas necessidades de calor, amor, comida e troca de fraldas. Se está nervosa e angustiada será mais difícil tratar destas coisas, mas verá que com o tempo irá ganhando mais confiança. Os bebés são animais de costumes: gostam da regularidade. Uma rotina de alimentação e sono não só irá manter o bebé feliz, como a si irá mantê-la muito mais tranquila. As técnicas de relaxamento servirão para recarregar energias e manter a calma. Lembre-se que se está cansada e stressada mais difícil irá parecer o facto de ter de tomar conta do seu bebé. Tome atenção, oferecemos-lhe uma série de conselhos para aumentar a sua dose diária de energia.

Dormir. É muito fácil de dizer mas um pouco mais difícil de o fazer quando se tem uma pequena e insaciável boca que depende da sua atenção 24 horas por dia. Tente encontrar tempo para dormir e descansar. O sono para além de ser essencial e reparador, permite-lhe libertar a tensão acumulada durante o dia. Evite o chá, o café e as bebidas estimulantes ou com cafeina que a impeçam de dormir. Não tente combater o sono se os seus olhos teimam em fechar antes das dez da noite, porque depois irá custar muito voltar a acertar o sono. Se já deu peito aproveite para dormir quando o seu bebé também adormecer. Adapte o seu horário de sono ao do bebé. Estas pequenas sestas ajudam a recuperar um pouco do sono de cada dia.

No te puedes perder ...

A 28ª semana de gravidez

A 28ª semana de gravidez

Já está na recta final da gravidez! Entra agora no terceiro e último trimestre e o seu corpo e o do bebé vão ultimando os últimos detalhes para o nascimento. Os órgãos do bebé completam o seu amadurecimento e este já tem cerca de 65% de possibilidades de sobreviver se nascer antes do tempo.

Dividam tarefas. Já sabe que o stress é um devorador de energia. Estranha fadiga, ansiedade e, inclusive, depressão. Se trabalha pode acabar por levar o stress para casa, o que dificulta enfrentar as tarefas domésticas. Para além disso, não parece que vá desaparecer quando o seu filhote gritar desconsolado. Projectar o seu stress no seu companheiro ou no bebé apenas irá piorar as coisas. Reparta as tarefas com o seu marido. Não seja sobreprotectora e deixe que lhe deem uma mãozinha. Não tente fazer demasiadas coisas ao mesmo tempo, apenas irá fazer com que se sinta frustrada e esgotada. E esqueça o trabalho, também mentalmente, assim que atravessar a porta da sua casa.

As massagens trazem uma sensação de bem-estar absoluto. As massagens tailandesas, por exemplo, drenam os tecidos maltratados pelo stress e diminuem os efeitos de contaminação no seu corpo. Para além disso, aliviam as tensões musculares e ajudam a conciliar o sono.

Faça exercício. Realize uma actividade física regular que não seja muito difícil e que não lhe tire muito tempo: ginásio, corrida, natação... tudo é bom para eliminar as toxinas e o stress acumulado.

As vitaminas devem ser prioridade absoluta na sua dieta. Os kiwis, os citrinos, a alface, o repolho e o pimento são uma fonte extraordinária de vitamina C, são antioxidantes e facilitam a absorção de ferro. Os espinafres são ricos em vitamina E, o que permite ao seu organismo defender-se da poluição atmosférica.

Os minerais são fundamentais para o seu organismo e pode ingeri-los com uma alimentação saudável e equilibrada. As mulheres são mais propensas a perder ferro, especialmente depois do parto devido às grandes perdas de sangue. O ferro é essencial para o nosso corpo já que permite uma boa respiração das células. Sabia que o magnésio funciona como um verdadeiro anti-stress? Para além disso estimula as defesas imunitárias. Para ajudar o corpo a assimilá-lo melhor é importante comer cereais integrais como o arroz, frutos secos, soja, peixe, verduras verdes, etc. Tenha atenção à composição da água mineral engarrafada e escolha aquelas que tenham quantidades altas de magnésio. O chocolate também contém este mineral, já tem a desculpa perfeita!

Deixe-se surpreender pelas terapias alternativas, como a acupuntura, a fitoterapia, a hemeopatia, a aromoterapia, a cromoterapia, etc. A acupuntura, por exemplo, mais impressionante que dolorosa, cura os males originados pela fadiga (stress, ansiedade, má digestão...) graças à estimulação dos pontos de energia que recorrem ao seu corpo. A homeopatia irá ajudá-la a combater os pequenos males causados pela rotina diária: a angústia, as constipações, a fadiga, a ansiedade... A fitoterapia, menos conhecida, consiste na utilização das plantas para fins terapêuticos, com a sua ajuda pode lutar contra o nervosismo, a ansiedade, a angústia, etc. A valeriana, o lúpulo, a erva-cidreira, a flor de laranjeira, entre outros, existe uma infinidade de plantas contra os males que causam a fadiga.

Falta de energia

O cuidado do bebé coloca à prova todos os pais. O pequeno será sem dúvida a vossa prioridade principal e, dessa forma, é simples que acabe por absorver toda a vossa energia emocional e física. Nos dias posteriores ao parto pode sentir-se em baixo ou até mesmo melancólica. A melancolia do bebé, ou baby blues, são as variações de humor provocadas pelas alterações hormonais. É normal e o habitual é que esta etapa na qual tão depressa está triste como está eufórica não persista mais do que a primeira semana, no entanto precisará de apoio para ultrapassá-la.

Este sentimento pode ser um sinal que indique a sua necessidade de ajuda e tempo para acostumar-se a ser mãe. O nível das suas hormonas era muito alto durante a gravidez e depois de dar à luz esse mesmo nível diminui drasticamente e o seu organismo pode ter dificuldades em ajustar-se a ele. Isto, inevitavelmente, causa um efeito nas suas emoções ao qual se une o esgotamento depois do parto, a falta de sono e o cansaço pelo cuidado do bebé. Pelo que não é de estranhar que os seus níveis de energia psíquica e física estejam muito fracos.

O que fazer

- Guarde algum tempo para si. Pense que apenas durará uns dias e que é absolutamente normal o que lhe está a acontecer.

- Deixe que a sua família a ajude.

- Expresse tudo aquilo que lhe preocupa, fale dos seus sentimentos e apoie-se no seu marido.

- Tente limitar o número de visitas e dê prioridade às responsabilidades.



Fecha de actualización: 12-02-2008

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>