×
Publicidad

Pós-parto com algum desconforto!

Pós-parto com algum desconforto!

Finalmente o seu filho nasceu! Agora sim comprovou que todas as maravilhas da gravidez têm tanto de realidade como a lenda do canto das sereias. Mas agora já tem o seu filho nos braços e, dessa forma, desfrute do seu olhar inocente, do seu cheirinho a bebé, das suas divertidas caretas... espere... há qualquer coisa que lhe está a causar desconforto? São os pontos da episiotomia!

Publicidade

No te puedes perder ...

Lendas e outros contos chineses sobre a gravidez

Lendas e outros contos chineses sobre a gravidez

A partir do momento em que uma mulher fica grávida e a sua barriga evidencia o seu estado, por uma inexplicável razão, converte-se no domínio público e “vítima” de um sem fim de conselhos, mais ou menos acertados, por parte de todas aquelas pessoas que se cruzam com ela. Se a isto juntarmos os medos e a insegurança que, principalmente nas mulheres que vão ser mães pela primeira vez, podem surgir durante este período, não é de estranhar que os mitos e as lendas que se contam sobre a gravidez sobrevivam no tempo de geração em geração.

 

Y tambien:

Se pensava que os desconfortos e as pequenas dores consequentes da gestação ficaram na maternidade está enganada. O parto traz consigo outras "subtilezas" que reforçam a ideia da existência do instinto maternal porque de outra maneira não iria perceber como é que a raça humana ainda não se extinguiu. Assim prepare-se, porque depois da chegada do bebé irá sentir algumas alterações - tanto físicas como emocionais. A episiotomia, a cicatriz da cesariana, o inchaço do peito... Mostramos-lhe alguns remédios para aliviar estes pequenos desconfortos pós-natais.
 
A episiotomia
 
Durante o parto, sobretudo se for o primeiro, realiza-se uma episiotomia (uma incisão para alargar o canal de saída e evitar que o tecido se rasgue). Um corte limpo feito pelo obstetra sempre será mais de tratar que uma rutura traumática.
 
No entanto, esta pequena intervenção cirúrgica será desconfortante: parte do solo pélvico, a vulva e os músculos perineais foram submetidos a uma incisão e posteriormente cosidos, pelo que será necessário esperar um pouco para que a zona recupere e volte ao normal.
 
Enquanto isso e se sentir os pontos, especialmente ao sentar-se ou colocar-se de pé, deve descansar, não permanecer muito tempo de pé nem fazer movimentos bruscos. A incisão irá cicatrizar entre as 4 e 6 semanas e o incómodo pode parar quando os pontos forem reabsorvidos.
 
Como lhe indicarão no hospital, a episiotomia deve manter-se sempre limpa e seca para facilitar a cicatrização e evitar infecções. Para isso deve lavar os genitais depois de urinar ou de defecar e secá-los bem com uma toalha limpa ou com um secador do cabelo.
 
Para prevenir desconfortos evite a prisão de ventre com uma alimentação rica em fibra. Realize várias vezes ao dia exercícios de Kegel (contraia e relaxe os músculos do períneo como se estivesse retendo a urina).
Em caso de dor recomendamos-lhe tomar banhos sentada com água morna ou aplicar compressas de camomila, infusão de olmo ou até mesmo uma bolsa de gelo. Sentirá alívio no inchaço.
 
Mamilos gretados
 
Uma em cada quatro mulheres padece deste grande desconforto. As pequenas gretas dos mamilos aparecem ao início e as razões são diversas. Uma delas é o tipo de pele, já que as peles claras, por exemplo, são mais frágeis que as peles escuras. A origem também pode estar no uso de soutiens sintéticos, numa higiene dos mamilos insuficiente, numa alimentação muito ácida, numa incorrecta forma de dar de mamar ao bebé, etc.
 
Não deve esquecer-se, para aliviar este desconforto, de lavar os mamilos depois de dar peito ao seu recém-nascido e de secá-los bem. Para eliminar toda a humidade possível, causadora do aparecimento de gretas, utilize também discos absorventes.
 
Para diminuir a dor use uma bolsa de gel ou uma embalagem de ervilhas congeladas e aplique no mamilo. No mercado existe uma ampla oferta de cremes e bálsamos eficazes contra as gretas nos mamilos que podem ser uma grande ajuda.
 
Peitos inchados
 
É normal que sinta os peitos doridos, sensíveis e incomodamente inchados. Estão cheios de leite e prontos para começar a alimentar o seu bebé. O que pode fazer para atenuar este desconforto? Em primeiro lugar deve saber que a situação irá melhorar quando se estabelecer um padrão de amamentação.
 
Para activar a circulação sanguínea pode tomar duches de água quente ou colocar panos quentes por cima. Assegure-se também que utiliza um soutien adequado à amamentação para que lhe seguro o peito firmemente.
O alívio pode conseguir-se exprimindo-os manualmente e colocando o seu bebé a mamar quando este lhe pedir. Procure evitar a bomba para extrair leite.
 
A cicatriz da cesariana
 
É habitual que a cicatriz da cesariana causa algum desconforto durante as primeiras semanas ou até mesmo meses. É a consequência de um parto cirúrgico no qual se realiza uma incisão no abdómen e no útero. Um parto por cesariana requer um período mais longo de recuperação que um parto vaginal.
 
Estará mais vigiada durante a sua permanência no hospital que, dessa forma, será prolongada para os 5 dias. Talvez até que não chegue a casa não esteja consciente do que a cesariana a terá afectado. Não durará muito, mas não se sentirá completamente recuperada até que passe pelo menos um mês.
 
Se foi necessário realizar uma cesariana o seu médico irá dar-lhe instruções para o cuidado que deve ter com a costura. Deverá repousar e tentar não subir escadas ou realizar esforços
como levantar pesos.
 
Secura vaginal
 
Depois da gravidez os ajustes hormonais, para além de desequilibrarem o seu "termostato" interior fazendo-a sentir frio ou calor, podem favorecer a secura vaginal já que a mucosa está irritada e precisa de um tempo para voltar às suas funções. Este problema tem a sua importância na medida em que da sua recuperação depende também o retorno às relações sexuais sem dor.
 
Para conservar a lubrificação na higiene íntima deve fazer-se com produtos específicos, que não contenham sabão e sobretudo não deve utilizar antissépticos (pois estes destroem as defesas naturais deixando a porta aberta às infecções como candidíase ou vaginose. Por isso, é importante lavar-se depois de cada relação sexual.
 
Espasmos
 
O útero volta ao tamanho que tinha durante o quarto mês de gestação justamente depois do parto. Depois serão precisas cerca de seis semanas para que recupere o tamanho que tinha antes da gravidez. No entanto, à medida que o útero reduz o seu tamanho pode sofrer alguns espasmos bastante fortes, parecidos às dores da menstruação, sobretudo ao dar de mamar. Isto deve-se à acção da hormona oxitocina, libertada com a sucção da criança.
 
Esta hormona controla a subida do leite aos peitos, provoca a contracção dos músculos do útero e o fecho das veias que nutriam a placenta. Estas dores podem durar mais ou menos uma semana. No primeiro dia são mais frequentes, depois irão diminuindo até que desaparecem. Estas dores serão mais dolorosas com o segundo filho e posteriores.
 
Plano de recuperação pós-parto
 
Dar à luz é um duro trabalho e os dias posteriores ao nascimento são jornadas marcadas por uma mistura de alegria e esgotamento. O descanso, a alimentação e o exercício serão factores determinantes na hora de iniciar a sua recuperação física.
 
Descanse: O parto provocou numerosas alterações no seu corpo, todas elas controladas por imensos ajustes hormonais. Descansar o suficiente facilita o desenvolvimento de um equilíbrio saudável. Tente dormir a sesta durante o dia para compensar a perda do sono nocturno e aceite a ajuda de familiares e amigos.
 
Alimente-se bem: Uma dieta saudável depois do nascimento do seu filho tem vários objectivos como favorecer a recuperação do seu corpo, recarregar as energias esgotadas durante o parto e ajudar a perder peso. Preste atenção às recomendações do seu médico. Junte alimentos ricos em ferro já que durante o parto existe uma grande perda de sangue. Incluir alimentos ricos em ferro nas suas refeições irá restaurar as suas energias. Incorpore a vitamina C pois é muito saudável para sarar feridas. Faça refeições ligeiras e frequentes, assim estará a favorecer o corpo para que este se livre dos quilos a mais.
 
Faça exercício: Ao princípio deve fazer exercício com calma e fazer suaves exercícios para manter-se saudável e para contribuir para a perda de peso. Durante as primeiras semanas saia para caminhar, depois poderá centra-se no fortalecimento dos músculos abdominais.

Fecha de actualización: 21-05-2008

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.