A 35ª semana de gravidez

A 35ª semana de gravidez
Partillhar

Falta cada vez menos para o tão ansiado momento e deverá ir preparando todas as coisas para o parto, isto antes que o cansaço e o peso a impeçam de fazê-las. O bebé aumenta o seu peso de forma rápida para ter as maiores defesas possíveis ao nascer.

No te puedes perder ...

A 9ª semana de gravidez

A 9ª semana de gravidez

O bebé está agora com cerca de 3,8 cm e está a ganhar cada vez mais a forma humana, embora se note que a cabeça é enorme em relação ao corpo. Tem períodos de sono e outros em que está desperto. Você pode começar a ter problemas de estômago, azia, obstipação, gases, etc.

 

O seu bebé está entre os 2,4 e os 2,7 quilos e mede entre 40 a 45 centímetros. Agora começa o período de aumento de peso mais rápido do bebé, entre 250 e 350 gramas por semana.

Os seus rins estão totalmente desenvolvidos e o seu fígado pode tratar alguns resíduos. A maior parte do seu desenvolvimento básico físico está completo – passará as próximas semanas a ganhar peso.

A sua pele estica e o lanugo começa a cair. Quando o bebé está desperto os olhos estão abertos e poderá diferenciar entre luz e a escuridão. As pupilas dos seus olhos já podem detectar luz contraindo-se e dilatando-se segundo seja necessário.

Como está tão incómodo já não se movimenta tanto, mas continua a dar pontapés.

Alterações na mãe

O mais provável é que desde que começou a sentir o seu bebé se sinta mais unida a ele e que tenha mais consciência dos cuidados que há que ter durante a gravidez. Este laço fortalecerá ainda mais depois de o bebé nascer e à medida que vai crescendo.

É possível que esteja nervosa e ansiosa com o nascimento, aproveite esta energia para ir adiantando algumas coisas que não terá tempo de fazer quando o bebé nascer.

O seu útero cresceu aproximadamente 15 vezes o seu volume original. Se pudesse espreitar para dentro dele veria muito menos liquido amniótico e muito mais bebé. O seu útero aperta os seus órgãos internos e, por isso, agora tem que urinar mais frequentemente, notará ardor de estômago e outros problemas digestivos.

Já lhe custa muito a mover-se. Se tem dificuldades em realizar algumas actividades, peça ajuda a outras pessoas.

O seu médico provavelmente irá querer vê-la a cada semana até que dê à luz. Contará os movimentos fetais e fará um rastreio do nível de actividade do seu bebé. Entre esta e a 37ª semana de gravidez fará um exame para comprovar se tem uma bactéria chamado estreptococo do Grupo B, uma bactéria que pode encontra-se no aparelho digestivo de qualquer ser humano.

A única forma de saber se existe colonização vaginal por esta bactéria é através de um cultivo de secreções na entrada da vagina e da região perianal. Esta bactéria, geralmente, é inofensiva em adultos, mas se a tiver e passar para o bebé durante o parto pode causar-lhe complicações (como meningite, uma pulmonia ou uma infecção de sangue). Cerca de 10% das mulheres grávidas têm a bactéria e não o sabem. É importante ser precavida.

Também é um bom momento para realizar o plano de nascimento: quem estará presente, que técnicas de controlo de dor que prefere, preparar a mala para si e para o bebé, etc.



Fecha de actualización: 25-07-2007

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>