Como são os primeiros movimento fetais

Como são os primeiros movimento fetais
Partillhar

Os movimentos do bebé dentro do ventre materno é um dos primeiros sinais de vida do feto. O bebé, que cresce dia a dia no útero, quando alcança certo tamanho, ao se movimentar, bate na parede uterina e é sentido na parte de fora da barriga.

Normalmente os movimentos do feto não são percebidos pela mãe antes da semana 18 de gestação. Especialmente se é o primeiro bebé. Aquelas que já tiveram outras gestações nota esses movimentos antes; algumas garantem sentí-los na semana 16. Mas habitualmente, apesar do desejo de muitas mulheres, o bebé não faz movimentos até a metade ou final do segundo trimestre.

Da mesma forma há uma série de circunstâncias que determinam a frequência ou a intensidade dos movimentos do feto. Em função destas a grávida sentirá melhor o pior. A inatividade da mãe favorece a percepção dos movimentos do bebé; se uma mulher ativa  pode não sentir as pequenas palpitações de princípio. Os movimentos que faz a mãe ao andar, ao correr, ao fazer exercício, ninam o bebé e ele dorme, por isso que se nota menos o bebé, quando se está atica, porque provavelmente ele está dormindo.  Sendo pela primeira vez , como mencionado acima , ou da placenta e a sua colocação no útero são também factores importantes.  Se esta está na parte dianteira, os golpes serão amortecidos e levará mais tempo para sentí-los. O peso corporal da mulher também é determinante, ou situações como fumar, beber, comer certos alimentos, o jejum prolongado, a ingestão de medicamentos, etc, pode aumentar ou diminuir a percepção dos movimentos.

No te puedes perder ...

A 1ª semana de gravidez

A 1ª semana de gravidez

Se tudo correr bem a partir daqui, esta poderá ser a sua última semana de espera. Boa sorte! Como a maioria das mulheres, provavelmente, será mais fértil na metade do seu ciclo menstrual, mais ou menos duas semanas depois de lhe ter vindo o período. A partir deste momento tem 3 ou 4 dias nos quais terá mais facilidades de conceber.

Como são os movimentos fetais?

Em termos gerais, você pode dizer perto da semana 20 semanas o feto faz todos os tipos de movimentos com seu corpo, e a primeira coisa que se sente  é como um pouco de formigamento na barriga ou leves palpitações ou bolhas na parte inferior do abdômen. Pode ser notado ou não. Ou talvez nota-se, mas não identifique como tal, principalmente as mães de primeira viagem.

À medida que passam as semanas as palpitações ficam mais insistente e definidas. Logo serão perfeitamente percebidas.  A partir de então sentirá todos os movimentos.  No entanto, é preciso ter em conta que os bebés não se movem igual, nem no mesmo ritmo. Será sua mãe que observará seus movimentos, para conhecer e poder acompanhar. O importante é que essa atividade não pare.

Além disso, não se pode esquecer que a medida que o bebé cresce e tem menos espaço no útero, por volta da semana 33, a intensidade de sua atividade diminuirá, pela limitação de espaço. Isso pode gerar incômodo em alguns orgãos próximos também.

Quando devo me preocupar?

Uma vez que tenha reconhecido os movimentos, será fácil reconhecê-los. E cada dia que passa serão mais evidentes. No entanto, não convém ficar obsecada. Até a semana 26 ou 28 não é importante controlar os movimentos.

Então, se em 24 horas não sentir nenhuma movimento ou perceber uma mudança de padrão, va ao médico. Se você tiver dúvidas, conte o número de movimentos que o bebé realiza durante  duas horas depois da refeição. Fique deitada sobre o seu lado esquerdo.  Se você contar menos de 10 movimentos nessas duas horas, consulte o médico.

Se você chegou na semana 24 e está preocupada com os movimentos fetais, deveria consultar seu médico.



Fecha de actualización: 13-05-2015

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>