• Buscar
Publicidad

É normal se meu bebé se mexe muito?

É normal se meu bebé se mexe muito?

Quando engravidamos sentimos preocupações por tudo e é possível que te perguntes se é normal que o bebé faça tantos movimentos. Não é um problema, os movimentos são sempre sinais de bem estar.

Publicidade

Índice

Quando se sentem os primeiros movimentos do bebé?

Os fetos começam fazer movimentos aproximadamente na oitava semana de gestação, embora não será até a semana 18 quando tú percebas esses movimentos. Não obstante, esse momento depende de se a mãe é a primeira vez que tem filhos, do peso, da posição da placenta...

No começo o movimento é mais leve, quase como uma borboleta ou uma corrente que se mexe dentro de ti. Porém, a veces a sua força pode ter machucar um pouco. Acontece porque os bebés se mexem muito dentro do útero. Mexem os braços, as pernas, tampam a cara, têm soluço... Nem imaginas tudo o que podem fazer dentro de ti. Vás perceber que quanto mais tranquila tú estás, mais vai se mexer, por exemplo quando estás a dormir ou depois de comer porque chega o alimento.

Também deves saber que não todos os bebés se mexem do mesmo jeito, tem a ver com uma questão da personalidade futura. Existem crianças mais tranquilas e outras mais nervosas.

Se teu bebé é inquieto e se mexe demais, não deves te preocupar porque não é um signo de alarma. Simplesmente, teu bebé é mais ativo (o qual não significa que quando nasça for dormir ruim pelas noites).

O que sim é preocupante é que teu bebé se mexe muito durante vários dias e do nada um dia deixe de se mexer. Se achas que isso não é normal nele, deita sobre o lado esquerdo, come alguma coisa doce e espera. Se em duas horas ainda não sentes movimentos é recomendável ires a urgência.

Além disso, os expertos recomendam controlar os movimentos do bebé diariamente e se não notas mais dele em 24 horas, também é bom ires ao médico

Por que meu bebé agora se mexe pouco?

- Estado de repouso: pode que teu bebé se encontre em estado de repouso e por isso não sintas tantos movimentos como antes. Nesse caso, a falta de movimentos significa que o bebé está dormindo tranquilamente.

- Final da gravidez: os movimentos do bebé vão mudando segundo a fase da gestação. Os movimentos vão diminuindo porque o espaço se reduz. Ainda assim, os movimentos devem se sentir cada dia.

- Localização da placenta: se nunca tens sentido os movimentos do teu bebé, pode que a placenta não tenha implantado onde normalmente se implanta e por isso não percebes nada. Normalmente, costuma-se implantar na parte traseira e na parte da frente. Se a placenta se implantou na cara anterior ao útero (aquele que está contra teu umbigo) pode ser que a mãe não perceba os movimentos com tanta facilidade, apesar da criança fazer. Essa posição não é perigosa para a gravidez e se pode verificar com uma ecografia.

Como faço para que o bebé se mexa?

Se achas que está há tempo sem se mexer e precisas sentir ele, existem uma série de conselhos para fazer.

- é aconselhável beber um copo de água com açúcar ou uma bebida açucarada e deita sobre o lado esquerdo (nessa postura os nutrientes demorar menos em chegar). Não é imediato, permanece assim durante um tempo.

- é bom sentares na cama ou no sofá e começa fazer toques pelo abdômen (com cuidado) enquanto falas ou cantas.

- é bom pôr música perto do abdômen.

- o melhor é permanecer tranquila para perceberes melhor os movimentos.

- Ilumina tua barriga com luz, se calhar crias curiosidade no bebé.

O mais provável é que tenhas que tentar várias veces essas técnicas antes de obter resultados, tem paciência.

Em que casos a falta de movimentos é um problema?

Embora a redução de movimentos por parte do bebé pode ser totalmente normal, também pode ser por complicações durante a gravidez. Por exemplo:

- Problemas na alimentação da mãe, tanto a obesidade como uma nutrição ruim.

- tensão sanguínea inadequada, tanto hipertensão como hipertensão arterial.

Articulo relacionado: O que fazer com um bebé ansioso?

- influência renal.

- envelhecimento na placenta.

- uso de álcool ou tabaco.

- desprendimento da placenta.

- interrupção da circulação umbilical (acidente no cordão umbilical).

- redução do líquido amiotico.

- incapacidade do bebé para manter suas funções vitais de forma adequada.


Natalben, "Movimientos fetales en el segundo trimestre del embarazo" https://www.natalben.com/dolor-en-el-embarazo/segundo-trimestre-embarazo-feto

Huggins-Cooper, Lynn (2005), Maravillosamente embarazada, Madrid, Ed, Nowtilus.

West, Zita (2007), El cuidado del bebé antes del nacimiento. Ed. Pearson Alhambra.

Fecha de actualización: 03-09-2020

Redacción: Ana Ruiz

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×