• Buscar
Publicidad

É normal sentir dor no quadril durante a gravidez?

É normal sentir dor no quadril durante a gravidez?

Durante os 9 meses de gravidez as mulheres sofrerão muitas alterações nos seus corpos, desconfortos e dores devido a alterações hormonais e ao crescimento físico que experimentam. A dor no quadril é uma doença bastante comum durante a gravidez, embora existam algumas formas de aliviar esta dor.

Publicidade

Índice

 

Porque é que dói o quadril durante a gravidez?

A dor no quadril começa mais frequentemente no terceiro trimestre de gravidez. Isto acontece porque os tecidos do corpo tornam-se mais soltos à medida que o tempo do parto se aproxima. Este desconforto aparece geralmente ao caminhar ou ao dormir sobre a anca. A acção hormonal, especialmente a relaxina, faz com que as articulações entre os ossos pélvicos amoleçam e os ligamentos da anca se soltem para facilitar a saída do bebé.

Além disso, o próprio peso do útero faz com que a mulher grávida mude de postura, o que a pode levar a adoptar uma postura inadequada. Se o peso for levado para a frente, a curvatura das costas será mais marcada e, para além das dores na anca, terá também dores nas costas. Estas dores são normalmente mais acentuadas de um lado do que do outro porque o próprio bebé tende a suportar a maior parte do seu peso de um lado do que do outro.

Outra das causas desta condição é o aumento da pressão sobre o nervo ciático. Este nervo vai desde a parte baixa das costas até aos pés, se o peso do útero o pressiona demasiado pode derivar em dormência, dor ou sensação de formigamento na anca, nádegas e coxas. Isto é conhecido como ciática e quando o bebé mude de posição e se coloque bem para o parto, a dor será mais leve.

Durante o segundo trimestre de gravidez, este desconforto também pode ocorrer como resultado de dor no ligamento redondo do útero. Este ligamento é um cordão espesso que corre das trompas de falópio à volta do útero e liga o útero à virilha e aos lábios maiores. A função deste ligamento é manter o útero suspenso dentro do abdómen e ligeiramente inclinado para a frente. Durante a gravidez, estes ligamentos esticam-se e afinam-se para continuar a suportar o útero quando está a crescer. Normalmente, os movimentos rápidos ou repentinos provocam a contracção destes ligamentos, resultando em cãibras dolorosas. O desconforto causado por esta condição pode afectar não só a anca, mas também a pélvis ou a virilha.

 

O que posso fazer para evitar a dor no quadril?

Aqui deixamos várias recomendações médicas para ajudar a aliviar as dores no quadril:

1. Massageie a área das costas e da anca.

2. Podem aliviar a dor os banhos de água quente ou, no seu defeito, as compressas quentes na zona com desconfortos.

3. Tente dormir do lado menos doloroso.

4. Participe e peda ajuda nas aulas de ginástica pré-natal para corrigir a postura.

5. Faça exercícios abdominais e exercícios de flexibilidade lombar. O exercício físico em geral a aliviará.

6. A utilização de almofadas para apoiar as pernas, a parte inferior das costas ou a parte superior do abdómen ajuda a aliviar a sensação de desconforto enquanto dorme.

7. Tome vitaminas e oligoelementos para fortelecer o corpo.

8. Também pode utilizar bandas de gravidez que oferecem apoio lombar e diminuem a pressão sobre a pélvis.

 

Pode ser sintoma de alguma coisa grave?

Se esta dor surge antes da semana 37 de gravidez e for acompanhada de pressão ou desconforto na zona pélvica em direcção às coxas, é importante consultar um médico, pois pode ser um sinal de parto prematuro. Outros sinais que podem indicar parto prematuro são:

1. Contracções inesperadas de 10 em 10 minutos ou mais.

2. Corrimento vaginal castanho.

3. Dor ou cólicas abdominais, especialmente na zona abdominal inferior.

4. Dor nas costas que se espalha pela frente e pelos lados do corpo e não pode ser aliviada com uma mudança de posição.

Embora a dor nas ancas normalmente não significa parto prematuro, é importante prestar atenção a todos os sintomas possíveis a fim de os prevenir. Por outro lado, as dores na anca durante a gravidez podem ser classificadas em várias categorias. As dores mecânicas são aquelas que ocorrem na anca após uma actividade física prolongada e intensa e são aliviadas com descanso. Existe também uma dor nocturna que só é sentida quando se deita, pois não afecta durante o dia. A dor inicial é a dor que aparece no início de certa actividade física e desaparece após um curto período de tempo. E finalmente, há a dor reflectida, ou seja, a que aparece devido a outros desconfortos, tais como dores abdominais ou dores nas costas durante a gravidez.

Pode dizer-se que a dor no quadril é apenas mais uma consequência da gravidez e que a maioria das mulheres grávidas irá sofrer dela, em maior ou menor grau. Portanto, é melhor tentar encontrar uma forma que se adapte a você para poder aliviar esta dor.


American Pregnancy Association

Fecha de actualización: 27-05-2021

Redacción: Andrea Rivero

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×