• Buscar
Publicidad

Quando fazer uma amniocentese

Quando fazer uma amniocentese

A amniocentese é um teste de diagnóstico pré-natal, cujo principal objetivo é detectar a presença de anomalias no bebê que vai nascer.

Publicidade

É realizada através da extração de uma pequena quantidade de fluido amniótico, que é analisado a procura de anomalias cromossómicas no feto. Esta amostra é coletada numa seringa depois de passar através da parede abdominal da mãe com uma agulha, especificamente na área entre o umbigo e o púbis. A punção e ajudada com um ultra-som para guiar a agulha e garantir que não toca o feto ou a placenta. O processo completo leva poucos minutos.

Articulo relacionado: A 9ª semana de gravidez

Normalmente e feito por conselho médico quando há um risco de falha, descoberta por um diagnóstico que combina a idade materna, idade gestacional, medida da translucência nucal e marcadores séricos.

Articulo relacionado: A 10ª semana de gravidez

O momento ideal para fazer a amniocentese é entre as semanas 15 e 18 da gestação, devido a que antes não há líquido amniótico suficiente para fazer um análise de forma apropriada e também os riscos são maiores. (Não se esqueça que a amniocentese é uma prática invasiva que  conta com um risco de  aborto  de até 1%). Embora seja habitual fazê-lo após a verificação da semana 20, por conselho do obstetra.

Após a amniocentese é geralmente recomendado para mulheres grávidas um período de descanso de 48 horas.

O tempo de espera para obter os resultados dependem do laboratório ou o centro médico onde você realize o teste, embora geralmente o resultado é comunicado dentro de um prazo de 20 dias e 4 semanas após a punção. No entanto, em alguns centros, podem dar um primeiro resultado nas 72 horas seguintes, com elevada fiabilidade.


Fecha de actualización: 22-06-2014

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×