Estudo demonstra que as crianças estão cada vez mais afastadas da dieta mediterrânea

Estudo demonstra que as crianças estão cada vez mais afastadas da dieta mediterrânea
Partillhar

Especialistas do Comité de Nutrição da Associação Espanhola de Pediatria (AEP) alertam de que a alimentação das crianças está cada vez mais afastada da dieta mediterrânea e denunciam que a oferta dietética dos colégios nem sempre segue as guias de alimentação recomendadas para a infância.

No te puedes perder ...

A 39ª semana de gravidez

A 39ª semana de gravidez

O teu bebé está pronto para nascer! Pode ser que esta seja a semana tão esperada, mas se não for de certeza que falta muito pouco para ver o seu bebé. Tem de estar muito atenta aos sintomas do parto, como o rebentamento das águas ou a perda de um corrimento mucoso.

Segundo assinalou a AEP, estima-se que cerca de 20 por cento da população escolarizada, numero que aumenta para os 35 por cento no caso dos pré-escolares, realizam a principal refeição no centro escolar.

Neste sentido, o coordenador do comité, o Dr. Jaime Dalmau, indicou que “os menus escolares não incorporam verduras, hortaliças, frutas e peixe nas quantidades recomendadas e, pelo contrário, têm excesso de gorduras na preparação dos mesmos, e indicou que “hoje em dia são muito poucas as crianças que seguem uma alimentação ajustada às recomendações”.

Este especialista afirma ainda que a dieta ideal nas crianças entre os dois e os 14 anos deveria incluir o consumo dos lácteos e duas peças de fruta por dia, a ingestão diária de verduras ou saladas, peixe três ou quatro vezes por semana, sendo mais recomendado o consumo de peixe que o de carne e os legumes, pelo menos duas vezes por semana.

No entanto, alerta para o facto de as crianças preferirem as massas e arroz e recusarem as verduras, peixe e legumes, pelo que se consome fruta mas apenas uma peça por dia, comem verduras e hortaliças mas em percentagens muito abaixo do recomendado, exagera-se na carne e nos enchidos e substitui-se a fruta por produtos lácteos quando deveriam ser complementários.



Fecha de actualización: 29-10-2009

Redacción: Irene García

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.

×


×
×
×
*/?>