Estudo demonstra que valores como a amabilidade fazem com que as crianças cresçam mais felizes

Estudo demonstra que valores como a amabilidade fazem com que as crianças cresçam mais felizes
Partillhar

Conseguir que os nossos filhos cresçam mais felizes passa por incentivar neles valores espirituais, como a alegria de viver ou a importância da amizade. Assim o demonstra um estudo realizado por investigadores da Universidade da Colômbia Britânica, no Canadá, e publicado na revista “Journal of Hapiness Studies”. Em concreto o trabalho dirigido pelo doutor Mark Holder, as crianças que sentem qua as suas vidas têm um sentido e que acreditam em valores, como a amizade, são mais felizes.

A investigação dirigida por Holder analisou um total de 320 crianças com idades entre os 8 e os 12 anos, procedentes de quatro escolas públicas e de dois colégios religiosos. Os menores completaram seis questionários diferentes para medir o seu nível de felicidade, espiritualidade, religiosidade e os seus comportamentos. Os pais também foram interrogados sobre a felicidade e carácter dos seus filhos.

Os autores descobriram que as crianças que diziam ser mais espirituais eram também as mais felizes. Em particular, valores pessoais como a alegria de viver e comunidade, como a qualidade e profundidade das suas relações, foram importantes índices para distinguir os vários níveis de felicidade entre as crianças.

Também o comportamento dos menores for um valioso indicador da sua felicidade, já que as crianças mais felizes eram também as mais sociáveis e as menos caladas. A relação entre a espiritualidade e a felicidade mantinha-se forte, inclusivo quando os autores tinham também em conta o comportamento da criança. “Aumentar os valores pessoais pode ser a chave da relação entre a espiritualidade e a felicidade”, indicaram os autores que afirmam também que incentivar a amabilidade com os outros e os actos altruístas pode ajudar a tornar as crianças mais felizes.

No te puedes perder ...

Os animais de estimação e as crianças!

Os animais de estimação e as crianças!

 

Ter um animal de estimação em casa pode ser bom tanto para as crianças como para as famílias em diferentes aspectos, mas também pode originar certos riscos, como as alergias ou as infecções. Tome nota das regras para desfrutar ao máximo da convivência com um animal de estimação.

 

 



 

 


0 Comentários

Escreva o seu comentário

iniciar sessão inscrição
×


×
×
×
*/?>