×
  • Buscar
Publicidad

Gravidez: o que deve e o que não deve comer - Parte II

Gravidez: o que deve e o que não deve comer - Parte II

Durante a gravidez, a alimentação tem um papel essencial, uma vez que contribui para uma boa saúde física e psicológica e assegura o crescimento e correcto desenvolvimento do seu bebé. O seu corpo precisa de muita energia e deve alimentar-se bem para cobrir todas as suas necessidades e as do seu bebé. A quantidade de energia necessária aumenta aproximadamente 10%, mas cada mulher tem uma determinada corpulência e o seu próprio metabolismo. Uma alimentação equilibrada evita alguns problemas que se agravam durante a gravidez, tais como a fadiga, a prisão de ventre, o excesso de peso, a anemia, a descalcificação, etc.

Publicidade


Nem um quilo a mais

Pode aumentar a sua ingestão calórica sem problemas em 200-300 calorias por dia e aumentar o seu peso em 9-15 quilos. No entanto, estas cifras, mais do que representarem um peso ideal, representam uma média estatística, dependendo de mulher para mulher.
Mesmo não sendo a gravidez o momento ideal para fazer dieta, deve esquecer-se do mito de “comer por dois”. Quando a gravidez estiver mais adiantada, provavelmente não será capaz de ingerir muita quantidade de cada vez, por isso deve comer menos mas com mais frequência.
Se decidiu que a gravidez não vai terminar com a sua linha e quer ter uma gravidez saudável e em plena forma, saiba que não é uma batalha perdida. Siga estes conselhos para decidir o rumo da sua gravidez.

Antes da concepção do bebé, pode ter uma ideia da quantidade de quilos que pode ganhar. Se é bastante magra e o seu índice de massa corporal não passa de 26, pode permitir-se engordar até 16 quilos durante a gravidez.

No te puedes perder ...

A alimentação e o sono, aprenda a conciliar as duas coisas!

A alimentação e o sono, aprenda a conciliar as duas coisas!

Em algumas ocasiões a hora de dormir converte-se num verdadeiro pesadelo para muitas crianças que não conseguem conciliar o sono. Se para além disso a alimentação também não for adequada, dormir será ainda mais difícil. Dessa forma, oferecemos-lhe uma série de alimentos para que a criança possa dormir melhor.

Y tambien:


Calcule a sua massa corporal:

Calcula-se com a seguinte fórmula, a partir do seu peso e estatura:

Peso / (estatura) ² = IMC


20= Peso ideal

Entre 20 e 26= Peso normal. Deve aumentar entre 11 e 16 kg.
 
< 20= Magra. Deve aumentar entre 12,5 e 18 kg.
 
> 26 = Excesso de peso. Deve aumentar entre 6 e 11,5 kg.
 

Nem todas as mulheres grávidas são iguais na balança. Algumas mulheres apenas aumentam 7 quilos e outras, mesmo que acumulem 12, perdem-nos ao dar à luz. Em qualquer caso, os médicos têm em conta outros factores que podem favorecer o aumento de peso: excesso de peso, idade superior aos 35 anos, tendência para engordar, ter uma vida sedentária, não fazer exercício, desejo de não amamentar...

Organize a sua alimentação

Não tem que fazer uma dieta estrita de alface e peru para não ganhar quilos a mais na gravidez. O que também não quer dizer que se renda perante o primeiro donut de chocolate que lhe põem à frente.

Em ocasiões, por não engordar demasiado, algumas futuras mamãs reprimem-se ao comer, provocando carências no feto e aumentando o risco de partos prematuros. Basta adoptar alguns princípios simples para uma alimentação equilibrada que responda às necessidades do momento.
Para que não se sinta frustrada e desamparada perante um prato quase vazio, consulte um nutricionista, ele ensinar-lhe-á os hábitos saudáveis e ajudará a escolher os alimentos que melhor se adaptem às suas necessidades e as alternativas a tudo o que faça pôr em perigo o seu peso ideal. Se não pode evitar esses alimentos, provavelmente será necessário que pratique um pouco de exercício para estabilizar o seu peso. Evidentemente não terá que correr uma maratona, mas poderá por exemplo caminhar, nadar, ou realizar exercícios aptos para grávidas, no mínimo três dias por semana. Assim, não terá que renunciar ao croissant do pequeno-almoço.

 

 

 

FONTES: Pais por primeira vez; Miriam Stoppard. Maravilhosamente grávida; Lynn Huggins-Cooper. Pregnancy and birth; Kaz Cooke. Guia para uma alimentação saudável e www.todopapas.com


Fecha de actualización: 09-07-2008

Redacción: Irene García

Publicidade

TodoPapás es una web de divulgación e información. Como tal, todos los artículos son redactados y revisados concienzudamente pero es posible que puedan contener algún error o que no recojan todos los enfoques sobre una materia. Por ello, la web no sustituye una opinión o prescripción médica. Ante cualquier duda sobre tu salud o la de tu familia es recomendable acudir a una consulta médica para que pueda evaluar la situación en particular y, eventualmente, prescribir el tratamiento que sea preciso. Señalar a todos los efectos legales que la información recogida en la web podría ser incompleta, errónea o incorrecta, y en ningún caso supone ninguna relación contractual ni de ninguna índole.